BACTÉRIAS MAIS ABUNDANTES DA TERRA DERAM ORIGEM ÀS MITOCÔNDRIAS. (comentado)

Há bilhões de anos atrás, um evento evolutivo surpreendente ocorreu: certas bactérias se tornaram obrigadas a viver dentro de outras células, iniciando uma cadeia de eventos que resultaram na mitocôndria, uma organela encontrada em todas as células eucarióticas.

Ainda mais surpreendente foi o que um estudo recente revelou: pesquisas fornecem fortes evidências de que a mitocôndria compartilha um ancestral comum com uma linhagem de bactérias marinhas conhecidas como SAR11, o grupo mais abundante de microorganismos na Terra.

Os resultados apresentados parecem fazer sentido: a fisiologia da SAR11 a torna mais suscetível a ser dependente de outros organismos e, com base na sua abundância contemporânea no oceano, a linhagem ancestral pode ter sido também abundante no antigo oceano, aumentando o encontro desta linhagem bacteriana com o anfitrião da simbiose original.

A fim de entender a história evolutiva da SAR11, pesquisadores compararam o genoma da mitocôndria de grupos diversificados de eucariontes com o genoma de linhagens de SAR11. Esta abordagem forneceu uma análise filogenética altamente sofisticada e completa destes genomas.

Além de descobrir a ligação evolutiva entre as mitocôndrias e a SAR11, a avaliação baseada na diversidade filogenômica deste grupo (ou seja, uma avaliação com base em todo o genoma, ao invés de um único gene) deu um apoio substancial para propor uma nova família de bactérias.

A implicação é que a linhagem de bactérias marinhas muito abundantes, a SAR11, contém uma quantidade significativa de diversidade genética, que indica a diversidade potencialmente significativa do seu metabolismo.

Os pesquisadores continuarão a estudar a SAR11 e sondar seus genomas para entender melhor o seu potencial metabólico e descobrir como elas se tornaram tão bem sucedidas em todo o oceano.[ScienceDaily]

 Fonte: Hypescience

 .

Resenha do autor

Segundo o botânico alemão Schimper em 1883 os eucariotos teriam surgido de endossimbioses múltiplas. Acompanhando a reportagem, a proposta mais aceita é que no caso da mitocôndria um protozoário primitivo fagocitou uma bactéria aeróbica e por algum problema enzimático a associação teria sido vantajosa para ambos, o fornecimento de energia para o protozoário e a proteção a bactéria que ficou conhecida como mitocôndria. As bactérias fagocitadas foram reduzindo, diferenciações de lamelas formam ganhando invaginações da membrana plasmática até se transformarem nessas estruturas nas quais conhecemos hoje.

Essa teoria foi formalizada por Altmann em 1890 e em seguida Mereschkowsky em 1905 afirmou que um procedimento semelhante teria ocorrido com os cloroplastos. Pode-se dizer que as plantas eucariotas podem ser fruto de uma polissimbiose, ou seja, formado por organismos quadrigênomicos, um genoma nuclear do organismo fagocitante e mais três genomas bacterianos: aeróbicos, cianobacterias e espiroquetas. As células clorofiladas teriam surgido de forma autógena, com mudanças graduais em um processo evolutivo lento. As primeiras algas a surgirem foram as Cianobacterias e Proclorofitas estritamente procariotas, posteriormente com a origem dos eucariotos surgiram os outros grupos de algas que são estritamente eucariotas.

Para saber mais sobre a evolução das mitocôndrias, cloroplastos e principalmente das plantas vale a pena ler EVOLUÇÃO DAS PLANTAS: O COMEÇO DE TUDO. (parte I), EVOLUÇÃO DAS PLANTAS: GANHANDO A TERRA, MAS NÃO EM TOTALIDADE.(Parte II) e EVOLUÇÃO DAS PLANTAS: INDEPENDÊNCIA E RADIAÇÃO. (Parte III)

Scritto da Rossetti

Palavras chave: Netnature, Rossetti, Mitocôndrias, Cloroplasto, Evolução, Cloroplastos.
About these ads

2 comentários sobre “BACTÉRIAS MAIS ABUNDANTES DA TERRA DERAM ORIGEM ÀS MITOCÔNDRIAS. (comentado)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s