“NÃO É PRECISO UM DEUS PARA CRIAR O UNIVERSO”, DIZ STEPHEN HAWKING

Em seu mais recente livro, “The Grand Design’ (“O Grande Projeto”, em tradução livre), o cientista britânico Stephen Hawking, afirma que “não é preciso um Deus para criar o Universo”, pois o Big Bang seria “uma consequência” de leis da Física.

Professor Hawkings

“O fato de que nosso Universo pareça milagrosamente ajustado em suas leis físicas, para que possa haver vida, não seria uma demonstração conclusiva de que foi criado por Deus com a intenção de que a vida exista, mas um resultado do acaso”, explicou um dos tradutores da obra, o professor de Física da Matéria Condensada David Jou, da Universidade Autônoma de Barcelona.

Há 22 anos, em seu livro “Uma Breve História do Tempo”, Hawking via na racionalidade das leis cósmicas uma “mente de Deus”. O cientista inglês acredita agora que as próprias leis físicas produzem universos sem necessidade de que um Deus exterior a elas “ateie fogo” às equações e faça com que suas soluções matemáticas adquiram existência material.

Assim, aquela “mente que regia nosso mundo” se perde na distância dessa multiplicidade cósmica, segundo o tradutor.

Hawking admite a existência das equações como fundamento da realidade, mas despreza se perguntar se tais equações poderiam ser obras de um Deus que as superasse e que transcendesse todos os universos

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/830401-nao-e-preciso-um-deus-para-criar-o-universo-diz-stephen-hawking.shtml

4 thoughts on ““NÃO É PRECISO UM DEUS PARA CRIAR O UNIVERSO”, DIZ STEPHEN HAWKING

  1. A claro, ele só é o Einstein do momento. Não se escreve que seu livro sagrado foi escrito por humanos e a Bíblia mesmo diz Nescio o homem que crê em outro Homem. Cuidado com o que você cita

  2. “leis da física” ou “deus” criando o universo dá na mesma. De onde vieram estas leis da física ? A questão continua a mesma. Só ele não se dá conta.

    Filosoficamente ele é infantil. Seu livro “Uma breve história do tempo” é o maior arrazoado de equívocos que já vi, contendo inúmeros erros de geometria elementar.

    Recomendo enfaticamente que pessoas sem conhecimentos de geometria evitem ler este livro, e por consequência, o “The grand design” que até eu vou evitar para não ter mais um ataque de pânico técnico. Carlos

    ps – se não quiser publicar isto, tudo bem, compreendo.

    • Opa, pode ficar tranquilo Carlos, seus comentários são publicados, pode deixar. Publico até os comentarios das pessoas que me chamam de idiota ou que esnobam minhas críticas rsrsr.
      Então, eu não lia proposta do Hawking então nem posso dizer a fundo do que se trata. Mas me parece que as leis da física são consequencias e não algo criado com a finalidade de…, ou com a intenção de…
      A gravidade é a consequencia da presença de massa, a presença de massa ocorre devido a existência do vácuo, o vácuo é a interação entre matéria e antimateria. Se essa interaçao ocorre, existe a aniquilaçao de ambos, que é a liberaçao de energia, eletrons a materia basica para a vida, sem a necessidade de um ente sobrenatural…
      Creio que seja um grupo de consequencias como um efeito domino em que só estamos vendo a ultima peça caindo, de algo que começou muito antes da nossa visão poder alcançar onde esta a primeira peça e como ela caiu, se foi um vento aleatório ou um dedo gigante.
      Não manjo muito de geometria e nada parecido, pelo contrário, tive bastante dificuldade de calcular ângulo zenital e um bando de cálculos de astrofísica de um curso de Bioclimatologia que faço na Geografia da USP, mas a capela de San marco é um exemplo que eu curto.
      Três cúpulas próximas umas das outras acabam gerando em seu centro um triângulo. Isso foi criado intencionalmente ou é só o subproduto ou a consequencia da existência de cúpulas próximas. Na natureza existem exemplos de estruturas anatomicas que na verdade existem porque são subprodutos de outras caracteristicas dos animais. São resquicios.
      Eu por opção me foco na proposta dos físicos, porque a física assim como qualquer outra ciência é um processo dinâmico, as verdades são dinâmicas mudam constantemente com o objetivo de sempre melhorar, portanto amanha pode surgir algo novo. O misticismo se foca numa verdade absoluta, a verdade de séculos antes de messias por exemplo, portanto é um processo estático na historia da humanidade. É a pregaçao segundo uma verdade antiga que quando olhada sob a otica do contemporânea não faz mais sentido. É como arrastar a sua esposa pelo cabelo igual o desenho dos homens das cavernas só que em pleno centro de São paulo, acreditando que realmente eles faziam isso e que esse é o jeito certo de demonstrar seu amor pela mulher.
      É ilógico…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s