ORIGEM DA VIDA.

Aristóteles propôs que a vida surgia espontaneamente. As pessoas acreditavam nisso como uma manifestação divina, pois só um ser onipotente poderia dar vida a uma matéria inerte. Isto fez de Aristóteles um representante de Cristo na Terra em assuntos naturais e a igreja partindo disso utilizou para se promover. Louis Pasteur mostrou que essa idéia estava errada, demonstrando que apenas a vida gera vida.

A igreja católica quis enforcar Galileu porque ele dizia que a Terra girava em torno do Sol. Tempos mais tarde foi provado que ele estava certo. Giordano Bruno não teve a mesma sorte.

O que será que vai acontecer se um dia a ciência provar outras teorias como de onde veio a vida?

As vezes fico confuso com as pessoas, muitas vezes acho que as pessoas acreditam mais na ciência do que na religião, ora penso o contrário. Mas isto depende do ângulo em que se olha a questão. Quando se trata de doenças as pessoas acreditam na medicina. Quando se trata da origem do homem, as pessoas escolhem a igreja. Mas as pessoas nem imaginam que o desenvolvimento da medicina é baseado na evolução humana e de primatas em geral.

O mais interessante de se analisar religiões é que todas têm o mesmo fundamento idealista, ou seja, todas afirmam que uma forma de energia superior deu origem a vida. Independente se essas religiões brigam ou não entre si, a vida é vista como uma manifestação imaterial, a alma, ou seja, a matéria de nosso corpo é algo inerte e muitas vezes parece ausente de qualquer forma vida. Mas podemos ver que com a ausência de matéria de nosso corpo não há vida. E todo mundo treme diante da morte. Assim como todas as religiões acreditam em plano após a morte. Uns acreditam no nirvana, no paraíso, purgatório, reencarnação e etc.

A minha proposta hoje aqui é mostrar o surgimento da vida do ponto de vista das ciências naturais, usando a biologia e a química.

Biologicamente tudo começou a 4, talvez 4,5 bilhões de anos atrás com as condições físicas que a Terra oferecia. E com o aparecimento das primeiras substâncias essenciais para o surgimento da vida, as substâncias orgânicas.

Existem diversas substâncias que atuam como relógios, um grupo da Universidade de Oxford descobriu locais na Groenlândia que datava 3,7 bilhões de anos, entretanto, na Austrália o zircão foi datado em 4,3 bilhões de anos. Esse material é essencial não somente para determinar a idade dos continentes, mas quando a vida começou.

Alguns registros mostram que as algas azuis surgiram a 3,5 bilhões de anos, mas como os registros de vida foram destruídos por diversas alterações geológicas talvez a vida tenha surgido a 4,2 bilhões de anos atrás, e a formação da atmosfera permitiu que ela saísse da água e ganhasse os continentes.

Algas azuis, ou Cianobactérias, podendo também ser chamadas de Bactérias Cianoficeas.

O manto foi o principal agente liberador de gases para atmosfera, todo o argônio-40 e xenônio-129 liberado naquela época permanece na atmosfera até os dias de hoje. Curiosamente cerca de 83% da atmosfera é formada por gases que foram liberados no primeiro milhão de anos da terra, o restante foi sendo liberado lentamente durante os últimos 4,4 bilhões anos. Nesta época a amônia, metano, dióxido de carbono, enxofre também estava presente na atmosfera, entretanto o oxigênio ainda não estava presente.

No arqueozóico o Sol ainda não estava trabalhando a todo vapor, mostrando apenas 75% do seu poder. Com temperaturas tão baixas poderia ser impossível surgir a vida. Parece que o metano e a amônia por serem capazes de reter radiação infravermelha criaram um cobertor natural que manteve a Terra quentinha durante alguns milhões de anos. O manto emitiu gases que inclusive trouxeram água par a superfície. Os ácidos da atmosfera desgastaram rochas formando carbonato.

O controle climático da Terra pode ser explica de duas formas distintas.

Segundo James C. G. Walker e seus colegas da Universidade de Michigan o dióxido de carbono da atmosfera se misturou a água e caiu em forma de chuva originando acido carbônico dissolvendo a superfície e demonstrando os minerais, portanto com menos dióxido de carbono menos efeito estufa. A outra proposta descrita pelo famoso James E. Lovelock diz que as bactérias aumentam o conteúdo de dióxido de carbono que dissolveria a superfície. Independente disto, o oxigênio surgiu na Terra a 2 bilhões de anos atrás e a atividade fotossintética era responsável por apenas 20% do oxigênio da Terra. A concentração de oxigênio da Terra só alcançou os níveis que temos hoje a 1 bilhão de anos atrás.

O oxigênio é tão importante nem podemos imaginar.

A radiação ultravioleta quebra o oxigênio, que pode voltar a formar outro oxigênio (O²) ou pode formar o O³, a nossa camada de ozônio, que absorve a radiação. De fato a vida não poderia ter existido sem oxigênio, não pelo fato de necessidade para suas reações metabólicas, mas por atuarem como a matéria prima que formou o maior campo protetor do planeta.

As substâncias orgânicas são aquelas que a sua composição principal é o carbono, a unidade básica para a vida. Outros elementos combinaram-se, como o oxigênio e hidrogênio formam a água como já mencionamos, ou com o nitrogênio, enxofre e outros.

As combinações podem ser diversas, mas o carbono sempre é o elemento básico para tal formação, dentre eles se destaca a mais comum de todas as formações, os hidrocarbonetos. Podemos então destacar que qualquer forma de vida que se encontre em nosso planeta a sua forma básica será o esqueleto de carbono, tanto as bactérias que chegaram a Terra pegando uma carona com meteoros (considerando que a teoria da panspermia esteja correta).

A oxidação de hidrocarbonetos em água da atmosfera terrestre a bilhões de anos atrás permitiu também a formação de álcoois, aldeídos, cetonas, ácidos e outras substâncias simples que são essenciais para o surgimento da vida. Nesse momento destacam-se muitos elementos importantes para a vida, o nitrogênio que representa uma fundamental importância na síntese de moléculas biológicas como aminoácidos, ácidos nucléicos, metano, hidrogênio. Diversas reações ocorrendo entre hidrocarbonetos e seus derivados oxigenados com amoníaco também permitiram que surgissem as primeiras moléculas formadas por átomos de carbono, oxigênio, nitrogênio, hidrogênio e permitiram diversas outras combinações, ou seja, os oceanos foram os principais agentes fundamentais que permitiram a formação das primeiras moléculas que tornar-se-iam mais tarde alguma forma de vida primitiva.

Na verdade existem várias teorias quem tentam mostrar como a vida teria surgido, desde o gelo, outros planetas e etc. A idéia principal é que inicialmente haveria ocorrido uma reação de hidrogênio, água e outras substâncias orgânicas que teria dado origem aos primeiros aminoácidos, (moléculas orgânicas simples, unidades básicas das proteínas) e posteriormente albuminas e gorduras.

Nos mares haveria ocorrido a formação das primeiras moléculas complexas conhecida como a sopa primitiva dos oceanos formada principalmente por derivados de fosfato que teriam dado origem as primeiras moléculas de nucleoproteínas e formariam às primeiras formas celulares primitivas.

Titã, satélite natural de Saturno. Em foco os lagos de metano.

Em Titã além de metano há nitrogênio e hidrocarbonetos que já sabemos que é essencial para a vida, lá acreditasse que a água da superfície escoou para dentro do solo entrando em contato com hidrogênio e carbono gerando o metano em excesso que hoje condensa e precipita. A água de Titã hoje apresenta-se líquida a -180C devido a presença de amônia e não se descarta a possibilidade de ter havido vida lá. Em Marte suspeitasse da presença de microorganismos produzindo metano em aquíferos subterrâneos ou de fumarólas (fontes hidrotermais) provenientes de atividades geológicas, já que a sua quantidade é muito pequena.

Fonte: Scientific American
Scritto da Rossetti

One thought on “ORIGEM DA VIDA.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s