RUANDA REGISTRA RARO NASCIMENTO DE GÊMEOS DE GORILA-DAS-MONTANHAS. (comentado)

População mundial de espécie ameaçada de extinção é de 780 animais; registro é apenas o 5º do tipo no país.

Filhotes gêmeos de gorilas-das-montanhas nasceram em um parque nacional de Ruanda, uma ocorrência considerada rara pelos grupos conservacionistas. Este é apenas o quinto registro de nascimento de gêmeos na história da subespécie no país e, até então, o caso mais recente havia ocorrido em 2004, segundo o grupo conservacionista The Gorilla Organization.

A espécie ainda é tida como ameaçada de extinção, apesar do recente crescimento na sua população em parques nacionais na África. Estima-se que menos de 800 gorilas-das-montanha vivam livres na natureza.

“É muito raro ouvirmos falar de gêmeos gorilas, portanto estamos muito felizes com a notícia”, diz Emmanuel Bugingo, porta-voz da entidade em Ruanda.

Crescimento
Ian Redmond, presidente da Aliança Ape, coalizão internacional de entidades que trabalham pela defesa e conservação de macacos, diz que ‘gorilas fêmeas têm geralmente apenas um filhote a cada quatro anos, uma das razões pelas quais os animais são tão vulneráveis’.

O gorila-das-montanhas (Gorilla beringei beringei) é uma das duas subespécies doGorilla beringei (gorila-do-oriente), encontrado nas montanhas do leste da República Democrática do Congo e em regiões próximas a Ruanda e Uganda. AGorilla beringei graueri, a outra subespécie, é mais numerosa, com cerca de 5 mil indivíduos.

No ano passado, uma contagem revelou que a ameaçada população de gorilas-das-montanhas aumentou significativamente nos últimos 30 anos, subindo de 250 para 480 na região de Virunga Massif, onde vive a maioria dos gorilas de montanhas, em parques dos três países.

Existem ainda cerca de 302 animais, de acordo com o censo de 2006, vivendo no parque de Bwindi, em Uganda.

Fonte: http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2011/02/ruanda-registra-raro-nascimento-de-gemeos-de-gorila-das-montanhas.html

.

Resenha do autor

Os gorilas são divididos em 2 espécies, cada qual com suas subespécies. A espécie Gorilla gorilla compõem as subespécies Gorilla gorilla gorilla e Gorilla gorilla diehli. Eles estão distribuídos em países como a Nigéria, Camarões, Gabão, Congo, Angola e Republica da África central. Estas espécies estão separadas umas das outras por mais de mil quilômetros. Os gorilas diferenciam-se dos humanos em apenas 1,8%.

O filme INSTINTO – Antony hopkins faz o papel de Ethan Powell, que foi viver com os gorilas em Ruanda.

Os Gorilla beringei são divididos em Gorilla beringei beringei e Gorilla beringei graueri. Estão distribuídos em Ruanda, Congo e Uganda. São animais  imponentes que vivem em bandos até 40 indivíduos. São vegetarianos, comendo até 30 quilos de plantas por dia, podendo alcançar até 2 metros de altura em sua vida adulta pesando por volta de 200 quilos. Em cativeiro podem chegar até 300 quilos pois há comida em fartura e se exercitam pouco. Assim, eles atingem a idade adulta e ja podem se reproduzir, alcançando a maturidade sexual em 7 anos, entretanto, os machos se tornam adultos somente aos 18 anos. Sua gestação demora 9 meses, como nos humanos. Para tal evento, os machos preparam uma cama de galhos para fêmea.

Em uma de suas viagens o Dr. Ethan Powell (Anthony Hopkins), um famoso antropologista, desaparece. Ele é encontrado em Ruanda dois anos depois, mas antes de ser detido ele mata três homens e fere dois. Após algum tempo o governo americano consegue sua custódia e ele passa a ser analisado pelo Dr. Theo Calder (Cuba Gooding Jr.), um psiquiatra que considera este caso uma oportunidade rara. Mas por algum motivo o Dr. Powell não fala uma única palavra, mas aos poucos esta barreira é quebrada e o médico aprende muito sobre controle e dominação e alienação. O filme é simplismente fantástico do ponto de vista social.

Depois de dar a luz a fêmea larga a cama feita pelo macho e vai cuidar de sua cria. Os gorilas quando se sentem ameaçados andam de forma bípede na direção do seu alvo e bate as mão no peito como no filme King Kong. Raramente atacam, principalmente humanos. Já houve relatos de uma mãe irresponsável que derrubou seu filho dentro da jaula do gorila. Mais do que depressa o gorila assustado correu em direção a criança e a pegou.

Assustadas as pessoas obsevaram o gorila levar o pobre bebezinho na canto da jaula e ficar acariciando, cuidando como seu próprio filho.  E depois entregou o bebezinho tranquilamente para os tratadores. É comum este tipo de atitude em primatas. Esses comportamentos podem ser lidos no livro Eu, primata do primatologista especializado em comportamento Frans de waal. Um excelente livro que demonstra como nosso comportamento é bastante semelhante ao dos outros primatas, podendo ser interpretado como herança do ponto de vista evolutivo.

Quanto a anatomia dos gorilas, todos são animais de postura bruta, com a região superciliar é sobressaltada, parecendo ser maior devido a espessura da pele e dos supercílios grossos. Seus olhos são pequenos e castanhos, o nariz achatado alargando-se para ambos os lados. A sua boca é larga apresentando lábios espessos, semelhantes ao dos homens, assim como suas orelhas.

Para ver um gorila andando de forma bipede: http://www.youtube.com/watch?v=ad7qzI03fqE

Scritto da Rossetti
Palavras chave: Rossetti, gorila, biologia, primatas, ruanda

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s