PERDA DE DNA FEZ PÊNIS DO HOMEM FICAR SEM ESPINHO. (comentado)

Graças à perda de um fragmento de material genético, o homem escapou de ter espinhos no pênis feitos do mesmo material das unhas, a queratina, como têm os chimpanzés e outros mamíferos, como os gatos.

Os espinhos queratinizados aumentam a sensibilidade táctil do pênis e tornam o coito mais rápido, embora possam machucar a fêmea. Para sorte das mulheres, o pênis do homem é liso.

Esse tipo de pênis sem “acessórios” costuma estar vinculado a espécies monogâmicas e tende a prolongar a relação sexual, criando um maior vínculo entre os parceiros.

A equipe de 13 pesquisadores coordenada por Gill Bejerano e David M. Kingsley, da Universidade Stanford, na Califórnia, resolveu procurar diferenças no material genético do homem, do chimpanzé e de outros macacos.

Eles queriam achar sequências de DNA que eram mantidas nos chimpanzés e noutros animais, mas deletadas do genoma humano. Foram encontradas 510 regiões deletadas, com fragmentos de DNA capazes de influenciar genes próximos, mas que, com uma exceção, não trazem o código para produzir proteínas.

Uma dessas perdas de DNA eliminou do genoma humano uma sequência ligada a um gene capaz de estimular a produção tanto dos espinhos no pênis como de vibrissas, os “bigodes” de cães e gatos que servem de sensores de tato.

CRÂNIO

Pênis liso, sem bigode de gato e também com cérebro maior: uma outra deleção próxima a um gene supressor de tumores foi correlacionada com o aumento de regiões do cérebro humano.

Chimpanzé e homem têm 96% do genoma em comum. Por isso, descobrir o que há de diferente ajuda a explicar o que significa ser humano em termos de anatomia, fisiologia e comportamento.

O pênis com espinhos é comum em espécies nas quais fêmea e macho têm parceiros múltiplos. Serviriam para remover o sêmen do macho rival ou para machucar a fêmea e impedi-la de querer copular com outro a seguir.

Já na espécie humana, os traços sexuais evoluíram de modo a favorecer a monogamia e a cooperação na criação das crianças.

O homem não tem dentes caninos maiores, como muitos animais; os testículos têm tamanho moderado (embora o pênis humano seja o maior entre os primatas, mesmo comparado ao do gorila); a ovulação não tem sinais exteriores.

A equipe também pesquisou o genoma de uma espécie humana extinta, os neandertais. Como era de se esperar em um ser tão próximo evolutivamente do Homo sapiens –virou clichê dizer que, com terno e gravata, um neandertal não seria notado no metrô–, essa espécie também tinha as deleções genéticas ligadas ao aumento do cérebro e à perda de espinhos penianos.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/886672-perda-de-dna-fez-penis-do-homem-ficar-sem-espinho.shtml

.

Resenha do autor

Creio que a semelhança entre o homem e o chimpanzé seja maior, o caso tanto perdemos fragmentos de DNA e genes controladores de outros genes quanto ganhamos estruturas novas. Por exemplo, os chimpanzés tem aquela estrutura genital rosada no traseiro, isso é uma característica exclusiva deles, pois surgiu após a separação com o ancestral comum ao dos homens.

São perdas como esta e ganho de outras estruturas que nos diferenciam de outros animais, obviamente que o titulo da reportagem é bizarro, mas se isso realmente for comprovado será mais uma característica que entra no repertório da evolução. O que veremos agora é um bando de sites criacionistas falando que o pênis humano tinha espinhos e coisas bizarras assim, bom, o criacionismo por si só apresentar-se de forma bizarra, porque a evolução não poderia ter pitadas assim.

Scritto da Rossetti
Palavras chave: Rossetti, Netnature, evolução, pênis, neanderthal

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s