LULA-GIGANTE DETÉM O TÍTULO DE MAIOR OLHO DO MUNDO. (comentado)

Ela tem em média 20 metros de comprimento e pesa mais de uma tonelada. Dificilmente se contesta que a lula-gigante é um animal colossal, mas sabe-se que existem alguns ainda maiores ou mais pesados, como baleias e elefantes. Mas mesmo estes monstros do reino animal não podem competir com a lula-gigante em um quesito: o tamanho do olho.

A foto acima mostra um pote de vidro com um exemplar do olho desse animal. Chega a medir mais de 25 cm de diâmetro, o que equivale a um prato de comida. E esse tamanho todo não é por motivo banal: como o animal vive em mares de grande profundidade e escuridão, onde nenhum raio de sol é capaz de penetrar, o olho tamanho família o ajuda a achar comida e abrigo.

Apesar do tamanho, a estrutura ocular da lula-gigante é muito parecida com a dos seres humanos: compõe-se de íris, pupila e retina, como a nossa. Essa característica é uma das poucas bem conhecidas sobre a lula-gigante, um animal cujos hábitos ainda são em parte um mistério para a ciência. [MSN]

Fonte: http://hypescience.com/lula-gigante-detem-o-titulo-de-maior-olho-do-mundo/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+feedburner%2Fxgpv+%28HypeScience%29

.

Resenha do autor

As pessoas que não sabem nada sobre evolução poderiam dizer que a evolução não existe porque criaria olhos semelhantes em animais distintos. Mas a semelhança entre estruturas pode ser explicada na evolução com o estudo da analogia e das homologias.

Existem exagerados estudos sobre esses processos.

Olhos de lula gigantes podem ser semelhantes ao de seres humanos mesmo que não hajam parentes entre si. Ictiossauros e golfinhos tem a sua morfologia muito semelhante entretanto um é réptil e o outro um mamífero. Asas de morcego servem para voar assim como as de pássaros e de insetos. Esponjas do mar tem proteínas bastante semelhantes a do homem.

Nenhum desses exemplos tem parentesco em comum, mas são excelentes exemplos de que a evolução cria e recria aparatos semelhantes.

A perereca-de-marsúpio (Gastrotheca microdisca) endêmica da Mata Atlântica emite um som agudo semelhante a batida em um ferro (ver reportagem na integra – http://www2.uol.com.br/sciam/reportagens/ferreiros_da_mata_atlantica_imprimir.html). A perereca de marsúpio faz isso no mesmo local onde uma araponga (Procnias nudicollis) faz também o mesmo barulho. Estudos publicados inclusive na Scientific american mostram que a vocalização destes dois organismos co-evoluiram em uma região geográfica específica da Mata Atlântica. Note que a perereca tem marsúpio e não tem parentesco com cangurus.

Araponga e Perereca de Marsúpio

Não há misticismo, nem nada de sobrenatural. O que responde essas perguntas é a evolução, a natureza, os fenômenos naturais.

Antes das pessoas atribuírem os acontecimentos do seu cotidiano ao sobrenatural certifique-se de que ele não faz parte do natural.

Para as pessoas que adoram estudar o olho, eu proponho que leiam este artigo: Olhos de criatura marinha condizem com a teoria da evolução – https://netnature.wordpress.com/2011/03/10/olhos-de-criatura-marinha-condizem-com-teoria-da-evolucao-com-resenha/ Embora eu não concorde que a evolução seja uma teoria. Alias, é bem evidente que não seja mais.

Ah, a Lula tem o titulo de maior olho de animal que ainda esta vivo. Pois perderia fácil para um Ictiossauro.

Scritto da Rossetti

Palavras chave: Rossetti, Netnature, Lula, Olho, perereca.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s