POSSESSÃO DEMONÍACA OU DO ESPÍRITO SANTO? TANTO FAZ.

Até que ponto a possessão é sobrenatural? Cientistas vêm demonstrando através do estudo de pessoas que meditam e que tem uma comunhão forte com Deus e a possessão, a oração, a capacidade de falar em línguas e a possessão demoníaca na verdade são a mesma coisa.

Durante anos vemos filmes falando do exorcismo, sobre a capacidade que o sobrenatural tem de alterar a estrutural anatomica e fisionômica das pessoas possuídas, das pessoas que entram em comunhão com Deuses e falam a língua dos anjos. Até que ponto isso é verdade e até que ponto isso é sobrenatural?

É preciso separar as lendas da possessão demoníaca dos fatos. Sempre ouço dizer que ocultistas como Aleister Crowley levitava quando entrava em linha direta com Satã e que as pessoas são capazes de fazer voodoo, além de outras lendas. De fato, as vezes entramos em locais onde visualmente não nos sentimos bem, ou a vontade.

Um evangélico geralmente não entra em um terreiro de umbanda porque sente um clima pesado. Mas o umbanda é só mais uma religião dentre tantas outras, que inclusive tem o mito da criação bastante semelhante ao dito em Gênesis.

Satanás ou Satã vem do hebraico e é um termo originário típico da tradição judaico-cristã que via de regra é aplicado à encarnação do mal em religiões monoteístas e derivam de uma raiz semítica cujo significado é ser hostil, acusar ou adversário, opostos ou opositor espiritual.

A idéia de um individuo sobrenatural antropomorfizado faz parte da criação do homem. Da mesma forma que os deuses evoluíram desde o paleolítico ate hoje a idéia também é aceita no caso de demônios. Os deuses mais antigos eram forças da natureza, animais, posteriormente como nos egípcios eles se tornaram metade animal e metade humano, as famosas quimeras (centauros, fauno, Poseidon). Alguns lugares ainda vemos, basta ver Ganesha.

Ele é o primeiro filho de Shiva e Parvati. Ganesha é então considerado o mestre do intelecto e da sabedoria. Ele tem cabeça de elefante com uma única presa e um rato sempre próximo. É habitualmente representado sentado, com uma perna levantada e curvada por cima da outra. O rato ou mushika representasabedoria, talento e inteligência e da ignorância, afinal vive no esgoto onde predomina as trevas e que teme a luz do conhecimento.

No monoteísmo os deuses são exclusivamente humanizados. Digo deuses porque estou me referindo a Alah, Jafet e Deus/Jesus e seus sucessores.

De fato se nos focarmos nas religiões abraamicas vemos que na verdade o monoteísmo esta disfarçado. Embora Deus seja a máxima ordem no cristianismo, experimente falar mal de Jesus perto de um cristão, ou de Santo Expedito para os católicos brasileiros, ou Gauchito e Gilda  dançarina de cumbia, ou Jesus Malverde (santo dos narcos [santo dos traficantes do México]) e Niño fidencio. Todos esses são santos renegados pela igreja católica, mas que regionalmente são venerados regionalmente. Experimente falar mal de Maomé perto de um muçulmano, ou até mesmo de um Aiatolá xiita, do Shabat para um judeu.Na verdade são religiões que adoram diferentes castas sagradas.

O cristianismo ainda te tem a particularidade de ver em Jesus a face de Deus. Afinal a face de Deus foi negada a Moisés (ou Moshé) quando ele pediu a Deus que mostrasse a face após pegar as tabuas no monte Sinai.

Supostamente a idéia do inimigo foi modificada de várias formas até chegarmos a um satanás humanizado que atua diariamente em sua vida tentando te arrastar para o lodo.

A idéia do exorcismo é utilizar a palavra de Deus como ferramenta para expulsar a dominação do demônio sobre a vida de uma pessoa.

Em um estudo sobre possessões antropólogos, neurocientistas e psicólogos chegaram a conclusão que o ritual de exorcismo pode ser perigoso quando uma pessoa sofre de algum problema psiquiátrico ou neurológico e é tratado espiritualmente ao invés de ser tratado da forma correta. Que na verdade não passa de uma forma de mascarar um problema sem a noção de sua existência.

Atualmente a igreja católica tem de se certificar de que aquele caso de possessão não passe de uma doença psiquiátrica como síndrome de Tourette ou epilepsia (do grego possessão), distúrbio bipolar (alteração repentina de humor), transtorno de múltiplas personalidade. Existem casos, como na Ucrânia onde um garoto foi morto durante um ritual de exorcismo.

A razão pela qual as pessoas se tornam possuídas é basicamente aquela pela qual elas se sentem em comunhão com Deus.

Ao acreditar que sua vida esta em cacos devido a presença de um demônio em seu corpo, voce apresenta um estimulo muito forte para que adquira múltiplas personalidades que representem inconscientemente o papel de um demônio.

Basta o estimulo certo, que é dado na igreja quando o pastor diz que você esta possuída e te bombardeia com estímulos sensoriais dos mais diversos possíveis e estimula áreas cerebrais como o lobo parietal superior, responsável pelos processos de sociabilidade e raciocínio lógico.

Quando estudava neurociência na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo eu e outros pesquisadores estimulávamos crises epilépticas em ratos usando estímulos sonoros.

No livro O gene de Deus escrito pelo neurobiólogo Dean Hamer de Harvard trata da questão espiritual com grande classe.

Dr. Dean Hamer é um geneticista que, no momento dessa edição, em 2005, ocupa o cargo de diretor da unidade de estrutura e regulação genética no Instituto Nacional do Câncer americano.

Para Hamer a espiritualidade é uma das heranças genéticas fundamentais, na verdade um instinto, assim como quando um bebe sabe que se sugar o seio da mãe sairá leite. A espiritualidade é um complexo de diferentes origens nos quais certos padrões genético que são geneticamente determinados por reações e estados de consciência que se entrelaçam com linhas sociais, culturais e históricas. Assim, a espiritualidade por ser quantificada através da escala de autotranscedência.

Ele identifica três características na espiritualidade e na verdade me focarei em apenas uma.

ESQUECIMENTO: A noção de espaço e tempo se esvaece, as preocupações e problemas pessoais desaparecem. Estado de fluxo que acontece com pessoas dedicadas a uma atividade estimulante e que exija concentração e empenho. Isso ocorre em comunhão com Deus, mas pode ocorrer em uma possessão demoníaca.

IDENTIFICAÇÃO TRANSPESSOAL: Conexão com o universo e com tudo que há nele, animado, inanimado, humano e não-humano.

MISTICISMO: Pessoas fascinadas por coisas que a ciência não conseguem explicar. A monoamina codificada pelo gene VMAT2 canaliza o sangue até o Córtex, que é responsável consciência, aquilo que é real e o que é imaginário, e conforme o sangue a quantidade de serotonina sobe fazendo a mente confundir o real com o imaginário, surgindo assim aquilo que chamamos de crença ou espiritualidade, que pode ser medida pela escala de autotranscedência.

Se estamos falando da capacidade de criar ilusões individuais e coletivas que sustentem a nossa crença aqui temos evidencias tanto neurofisiológicas quanto genéticas.

Aqui vemos que o mecanismo que gera personalidades que interpretam inconscientemente o papel de uma possessão podem ser desenvolvido, basta que o estímulo visual possa ser expresso e que a pessoa aceite ele, ainda mais por pastores e padres que tem a fama de ser carismáticos.

Geralmente vemos pessoas possuídas apresentarem histórias alegóricas a respeito da vida. De fato, em um estado de inconsciência ou até mesmo de consciência é possível expressar falsas memórias criadas pelo nosso próprio cérebro. De fato alguns experimentos foram feitos e cerca de ¼ das pessoas que passaram por experimentos apresentaram memórias sobre eventos passados, mas que curiosamente nunca haviam acontecido, inclusive memórias relacionadas a possessões demoníacas em que o experimentador perguntou junto a um familiar da pessoa cobaia sobre a lembrança de que um parente foi possuído pelo demônio quando a cobaia ainda criança. O adulto dizia que se lembrava de que quando era criança viu um parente qualquer ter uma possessão demoníaca quando na verdade o episódio nunca havia acontecido.

A idéia da falsa memória pode estar relacionada também com o processo de possessão.

Mas o que tudo isso tem a ver com a comunhão com Deus. Bem, o mecanismo neurofisiológico que gera a possessão satânica é o mesmo que gera o estado de comunhão com deus e a suposta capacidade de falar a língua dos santos, que na verdade não é língua alguma.

O maior dano causado por esse misticismo explosivo chamado exorcismo realizados pela igreja católica e evangélica pode ser a custo de vidas de pessoas com problemas sérios e que acreditam que possam ser curados pela fé por esses “curandeiros”de deus e também os danos materiais pelo charlatanismo.

Eu tenho caso de parentes que foram visitar lideres religiosos famosos da TV e que foram tratados como lixo, na qual o assistente desse líder ofereceu uma toalhinha molhada com o suor do líder religioso por trezentos reais.

É bastante evidente que essas formas de trabalho geram lucros. Basta olhar a situação da Igreja da Graça, da Igreja do Malafaia na qual passou por uma vergonhosa experiência recentemente (Dízimo na pressão – https://netnature.wordpress.com/2011/02/27/dizimo-na-pressao-com-resenha/), o patrimônio da Igreja Universal do reino de Deus e de seus descendentes, a Igreja Mundial do Poder de Deus, na qual Waldomiro Santiago criou após sérios desentendimentos com Edir Macedo.

Hoje o patrimônio de Waldomiro foi até tema da Istoé. Comprou uma antiga fábrica comprada por R$ 60 milhões em 60 parcelas de R$ 1 milhão e fundou a igreja que vemos os milagres acontecer. Hoje ele mora em condomínio de luxo em Barueri, na Grande São Paulo, e tem três carros importados blindados, uma Land Rover, um Toyota e um Peugeot, além de motoristas e seguranças particulares, helicópteros e um jato particular também. A Igreja Mundial tem inaugurado um novo templo por semana e arca com despesas mensais de R$ 40 milhões. Venceu na vida para quem só tem o ensino fundamental e trabalhou na roça a vida toda

Na índia existe um grupo de pessoas que desvendam casos deste tipo. Em uma situação experimental um desmistificador de mitos religiosos criou uma situação bastante inusitada. Ele se apresentou como um exorcista e conseguiu convencer uma tribo no interior da índia a exorcizar uma mulher numa comunidade bastante simples de gente humilde e aparentemente ignorante. Ele previamente preparou dois cocos. Um côco ele usou uma injeção e injetou um liquido vermelho semelhante a sangue, em um outro fez um furo escondido nas rebarbas e fios do coco na qual inseriu pétalas de margarida. Então vestiu uma peruca, colocou uma roupa de curandeiro e se apresentou para a tribo que trouxe a mulher possuída.

O homem pois a mão da possuída sobre um crânio e disse a ela que o espírito maligno iria ser absorvido pelo crânio, então fez um ritual criado na hora e quebrou o coco com o liquido vermelho. Enquanto isso afirmava que o coco estava jorrando sangue de demônios. No final do ritual quando a mulher não estava mais possuída ele quebrou o segundo como e jogou as pétalas na cabeça da mulher dizendo que ela estava liberta.

Após toda a apresentação ele retirou a peruca e explicou o que foi feito, relevou o segredo e disse que a manifestação satânica não existia, que a cura literalmente foi psicossomática e que eles não acreditassem mais nos milhares de curandeiros indianos que viviam viajando pelo país curando doentes e pedindo dinheiro em troca disto.

Dito isto, a população ficou em choque e passou a ser cética a estes charlatanismos. De fato este é trabalho feito por algumas pessoas na índia, mas que ainda precisa crescer mais.

Scritto da Rossetti

Palavras chaves: Rossetti, Netnature, Possessão, Oração, Neurociência.

28 thoughts on “POSSESSÃO DEMONÍACA OU DO ESPÍRITO SANTO? TANTO FAZ.

  1. Caro Rossetti, voltei e ainda nao desisti de vc!
    Espero que esteja bem!
    Esta sua critica mais parece um compendio, por isso vou comentando-a por partes, para melhor expor minhas ideias.
    Agora, um geneticista, um homem de ciencia, se arroga a falar de transcendencia! Eu eim! Transcendencia no sentido estrito da palavra e com o sentido que o dito geneticista fala no texto, e um tema de estudo da Teologia e de estudiosos da espiritualidade ligados a um determinado sistema doutrinario. Pelo jeito, tem macaco querendo pular pro galho alheio!
    Eh Eh…E como transcendencia e um atributo, um estado que para as pessoas de fe, e conseguido ao se por sob o Poder Divino, o Dr Hamer como um bom ateu que e, se e que se pode assim dizer….fala de uma “auto-transcendencia”, termo “criado” por ele e que observando-se bem qual a sua ideia ao proferi-lo, seria um estado no qual a transcendencia( que seria mediado por Deus) teria sua geracao no proprio homem , um dom que o proprio homem gera, e que o doa as geracoes vindouras atraves da hereditariedade….Mas qie salada de maionese eim?! Sera que o Dr Hamer ja conseguiu de codificar isso e demonstrar o gen da transcendencia tambem?!?!?.Nao existe maior soberba intelectual que o ateismo pratico!!!

    sistema doutrinario. Tem gente querendo pular pro

    • Trocando em miúdos, ele acredita que a sensação de transcendencia pode ser explicada como uma manifestaçao do sistema nervoso. A epilepsia que foi considerada possessão demoníaca é exatamente isso, alias, a palavra epilepsia vem do grego e significa possessão. Hamer tenta afirmar que a sensação de comunhão com Deus, o universo e etc e tal é resultado da açao de monoaminas no cérebro. Hamer é polêmico, ele é um dos responsáveis por ter tentado provar que existe um gene gay, o gene Xq28. Depois foi acusado de usar uma metodologia não convencional e por isso abandonou o projeto do gene gay

      • Bem, eu tambem acredito que durante a sensacao de transcendencia, fenomenos fisico-quimicos se estabelecam, mas isto nao explica o ” ponta pe’ inicial” nao e’ mesmo? O que sera que motivou o surgimento em um dado momento de todas essas ” monoaminas” como ele teoriza. Sim, porque elas nao ficam agindo continuamente, senao viveriamos num estado de extase ( transcendencia) continua!
        Entao, o que sera deu o VERDADEIRO INICIO do processo? Eu sei. Dr Hamer nao sabe nao…ele e ateu…ss evangelhos e nos escritos sagrados biblicos , tanto Jesus Cristo quanto os Apostolos dele deixam claro por seus depoimentos, o que eram casos de

      • Ao que aprece existem determinadas situações em que despertam essa atuação das monoaminas. Rituais, um contexto, estimulos visuais auditivos fazem parte de um elenco que vai criar uma sensação e uma interpretação daquilo. No livro ele faz um paralelo com alguns rituais religiosos e até uma tomografia de monges para saber como atua determinadas areas do sistema nervoso central durante o processo de meditação.
        Fique tranquila, entendi o sentido o que voce esta dizendo!!!

      • Rossetti, esta sua pagina esta dando muito problema de conexao e epor isso q oque eu escrevi ficou meio sem sentido. Juntou um trecho com outro e eu nao consegui apagar. Eu havia terminado dizendo q Dr Hamer e ateu , depois disso , esqueca.

      • Agora continuando, depois do Dr Hamer ateu…Vc falou da epilepsia tida como um estado de possessao pelos gregos, ja estudei isso, faz parte da historia da medicina, mas por outro lado nos evangelhos e nos escritos sagrados biblicos, tanto Jesus Cristo quanto os apostolos dele, fazem uma distincao bem clara do que eram casos de doenca, de disturbios nervosos dos casos de possessao diabolica supondo-se dessa forma, que eles tinham uma nocao clara de cada situacao. Nao ha nehuma mescla para os dois casos, quem ler a Biblia vera um relato inconfundivel de estado de doenca e de um estado de possessao.

      • Bom, não sei como fariam isso naquela época, ainda mais porque até hoje há uma grande confusão até pra se identificar casos de suposta possessão e pessoas com esquizofrenia. As pessoas ainda confundem esquizofrenia com possessão. Eu particularmente não encontrei até hoje um exemplo de possessão, e ao que aprece grande parte dos mecanismos que podem causar a sensação de euforia e comunhão com o universo ou Deus podem também estão ligadas a sensação de possessão. Por exemplo, casos de possessão (sob a perspectiva religiosa) não fazem parte do diagnostico da psicologia. Até mesmo o vaticano só se manifesta a respeito de casos de possessão depois que a ciência e a psicologia se manifestarem, exatamente para não tratarem uma desordem mental como um caso de problema espiritual e acontecer o mesmo com o menino da Ucrânia!!!

      • Bom dia Rosseti. Respondendo aqiela sua duvida: como poderiam difenciar casos psiquiatricos de casos de possessao a epoca do minusterio de Cristo, respondo:
        A par da espiritualidade q possuiam outorgada aos apostolos pelo proprio Cristo, e evidente que para terem tal seguranca na distincaodos casos, eventos tao radicais e tao inusitados se fizeram presentes, nao deixando sombra de duvida

      • Porque não acontecem hoje? Porque Deus não se manifesta a humanidade como fazia no velho testamento? Porque o demônio sempre se manifesta em corpo de terceiros? Houve mesma a ressurreição de Cristo? Jesus andou realmente sobre as águas. Gostaria de ver uma pessoa possuída levitar, se manifestar de forma sobrenatural como fez Simão Mago na bíblia. Um milagre como a cura espontânea da Síndrome de Down ou a cura de amputados. Manifestação de cólera mudança de expressão fácil, tonalidade de voz é normal nesses estados. Da mesma forma que há relatos de eventos sobrenaturais na bíblia, há também em outros livros sagrados e não ha critérios que façam um pessoa acreditar que um determinado livro da bíblia deva ser interpretado literal e outro metafórico. A grande maioria das pessoas com quem converso, especialmente os criacionistas faz uma interpretação literal de gêneses e simbólica de apocalipse, mas ambos os livros tem passagens igualmente alegóricas. Qual é o critério para aceitar uma como literal e outra alegórica? O que significa a ressurreição de cristo por exemplo? até que ponto sabemos se isso é literal ou um simbolismo? Até que ponto podemos afirmar que Jesus realmente foi tentado pelo satanás? Ou que ele realmente existiu na forma de Jesus O cristo. Os teólogos hoje distinguem o Jesus da bíblia (Jesus O cristo) do jesus histórico aquele cuja a arqueologia e a historia apresenta um jesus humano. A fé é a unica coisa que motiva as pessoas a crer nessas passagens que são sagrados. Se alegorias da bíblia servem como evidência de manifestação sobrenatural o evangelho apócrifo de Judas também o faz, só não é aceito pela maioria porque o Concilio de Nicéia determinou as bases do cristianismo que a humanidade tinha que acreditar. Na verdade o que existe hoje é um Constantinismo e não o cristianismo como o que Jesus pregou.
        O que levanto aqui é que determinadas características que aparentemente podem simbolizar uma possessão por um espírito maligno ou falar em linguas dos anjos pode ser simplesmente manifestações do sistema nervoso diante de estímulos específicos. Que cristão nunca sentiu uma “energia” pesada ao passar em frente a uma casa de umbanda. Alí dentro é a casa do satanás ou apenas mais uma religião africana? A energia que sentimos sentimos mesmo ou porque fomos condicionados a acreditar na ideia de que umbanda e satanismo são sinônimos.
        Somos condicionados socialmente a expressar certos sentimentos que são meramente pessoais e não precisamente sobrenaturais. Porque quem NÃO acredita em deus ou demônio nunca manifesta essas entidades?
        Será que a crença em determinados fenômenos não leva as pessoas a se comportarem de acordo com o que elas acreditam? Eu conheci um caso de uma mulher evangélica que tinha surtos e começava a falar em outras línguas. Os membros da igreja diziam que era possessão demoníaca, outros diziam que era língua dos anjos e um grupo de pesquisadores encontrou padrões linguísticos de povos javanês.
        Desculpe me estender demais!!!

      • Bom dia, Rossetti.
        Respondendo ao seu questionamento: ” Como poderiam diferenciar naquela epoca ( epoca de Cristo ) casos de possessao de casos de esquizofrenia ou melhor ainda, casos de epilepsia, sobretudo a do tipo psicomotora que mais se confunde com estados de possessao, respondo:
        Alem da espiritualidade q possuiam e q lhes fora outorgada pelo proprio Cristo, p/ q tivessem tal seguranca na distincao dos casos, eventos tao radicais e inusitados devem ter se manifestado, nao deixando sombra de duvida aos apostolos. Continuo em outro bloco devido a conexao.

      • Continuando: Estes mesmis eventos ocorrem tb nos dias de hoje. Alem desses casos classicos de possessao, existem outros em q a pessoa e tb portadora de uma patologia psiquiatrica de base, o que seria, como vc mesmo disse, um elemento complicador para a confirmacao de uma caso de possessao e ao mesmo tempo, um elemento tb facilitador a possessao, ja que esta pessoa em questao, perdeu seu livre arbitreo, sua capacidade de reagir, sua critica esta abalada, tornando-se assim facilmente dominavel.
        Tais eventos de que falei chamam a atencao por nao levarem a NENHUMA EXAUSTAO,q ocorreria usualmente apos extremada intensidade fisica em individuos normais ou psiquiatricos. Uma hiperatividade ou um frenesi tal q ultrapassa qualquer estado encontrado na epilepsia, no alcoolismo ou qualquer outro estado de excitacao. Uma pessoa possessa tb se livra daqueles q poderiam conte-la , com extrema facilidade e sem qualquer demonstracao de esforco ou forca muscular, notadamente nos levaria a pensar q outrem esta agindo no lugar dela.O poder q promove um individuo possesso e’ muito superior a forca puramente humana. Outra caracteristica que chama a atencao e’ o ODIO VIOLENTO pelos seres humanos, aos circunstantes inclusive, pai, mae, irmaos, causando dano fisico, psicologico e moral p/ o individuo ou p/ as pessoas e coisas ligadas a pessoa possessa. Vitimas de possessao podem sofrer quedas perigosas sem qualquer fratura ou contusao. Seu peso pode tornar-se desproporcional de uma hora p/ outra e sua fisionomia tornar-se bem distinta de uma pessoa normal ou psiquiatrica, independente de seu condicionamento fisico e de seu tipo de personalidade. Suas acoes chamam a atencao pelo fato de ocorrerem espontaneamente, sem nenhum esforco, pela intensidade e por uma AUTONOMIA ABSOLUTA.
        Exemplos de alguns eventos observados e nao explicados pela ciencia:
        Telecinesia ou seja a capacidade de mover objetos a distancia apenas com o olhar ou por um ato da vontade.
        Revelacao de fatos passados e presentes sem nunca ter visto a pessoa ou coisa que esta sendo analisada pelo possesso. A pessoa possessa fala da vida de pessoas qie nunca viu e nem teve contato antes.
        A levitacao – permanecer elevado acima do solo.
        Falar em linguas estranhas e as vezes uma modificacao na voz, tao absurda e as vezes assustadora, q nao poderia ser reproduzida por nenhum ventrilogo , e que surge repentinamente em alguem que anteriormente apresentava voz normal e que nunca experimentara qualquer treinamento vocal.
        Estes alem de outros aspectos, sao observados exaustivamente antes de se chegar a uma conclusao final deu caso de possessao. A Igreja exigira em principio provas de que nao se trata pura e simplesmente de um caso somente psiquiatrico e so a partir dai nomeara um exorcista , o qual atraves de sua experiencia definira se o caso em questao se refere a um estado de Infestacao demoniaca, Obcessao demoniaca ou se e realmente, possessao demoniaca.A Igreja neste sentido e muito severa em sua analise e e a primeira a exigir a presenca de um psiquiatra no caso , assim como tambem se cercara de todos os elementos necessarios pata a sua elucidacao, sejam eles, o historico do paciente, eventos ocorridos no passado, possiveis vicios, hereditariedade p/ doencas e comportamentos, entre outras coisas.
        A Igreja como instituicao fidedigna que e precisa zelar nao so por sua reputacao como tambem pelo zelo aos seus fieis catolicos. Um rito de exorcismo se processa com o sigilo e a discricao necessaria que o caso importa. Pela Igreja, ninguem ficara sabendo e nada sera proclamado a nao ser as pessoas diretamente envolvidas no caso. Este fato e importante para o conhecimento de todos, ja que na atualidade, inumeros ” exorcismos” vem sendo veiculados pela internet e pela midia escrita e falada, sem falar das inumeras publicacoes contendo “relatos de exorcismo”, “modalidades de exorcismo”,… que absolutamente nao sao dignos de confianca e nem tao pouco contemplam a veracidade dos fatos.

      • Esqueci ainda um detalhe importante em pessoas possessas: O AVERSAO ABSOLUTA e EXTREMADA as COISAS SAGRADAS. E uma caracteristica muito presente nesses casos. Possuem ainda uma DISPOSICAO FISICA e PSICOLOGICA inalteravel e que nao se abala absolutamente com nada: E’ so observar o comportamento de um ” incorporado” em sessoes espiritas sejam elas quais forem. Alguem “incorporado de um””santo””podera beber um litro inteiro de cachaca e permanecer exatamente com a mesma disposicao de antes de bebe-lo! Tambem um medium ou canalizador( expressao usada por alguns exotericos ) podem permanecer horas a fio ” escrevendo mensagens de seus guias” sem dormir as vezes mais de um dia , mantendo uma disposicao invejavel! Eu particularmente ja pude presenciar isso.

      • Rossetti, vc achou q o seu texto ficou extenso…O meu ficou “gordo” e minha conexao nao e boa, estou digitando de celular…por isso vai ter q ser “a prestacao”..em capitulos…paciencia! Espere q eu conclua tudo e depois se quizer, faca sua replica, treplica, quatreplica,…ih ih..
        Respondendo a sua pergunta: Por que Deus nao se manifesta a humanidade como fazia no Antigo Testamento?
        Na verdade, Deus no A.T. se manifestava apenas ao povo eleito e mesmo assim pela boca dos profetas. Ainda hoje e assim , os profetas de hoje sao aqueles q seguem a Jesus Cristo e a sua Igreja , tendo como seu representante na terra o Papa.
        Naquela epoca , Deus falava aos profetas suas mensagens que entao eram transmitidas ao povo. Ai alguem dira: “Como saber se estas mensagens sao realmente de Deus? Nao poderiam ter sido ” criadas ” pela mente fertil desses profetas? “….NAO…porque tais mensagens eram comprovadas como Divinas pelo CUMPRIMENTO das profecias. O povo nao era bobo, nao era ingenuo a ponto de embarcar numa canoa furada! Os TESTEMUNHOS FORAM TESTADOS E CONFIRMADOS.
        Vou procurar responder as suas indagacoes da forma mais suscinta possivel e obedecendo as minhas limitacoes – ainda nao sou teologa! rsrsrs…

      • Agora vem o seu questionamento: como PROVAR ISSO e AQUILO, como TER CERTEZA de que ISSO ocorre DESTA MANEIRA e nao DAQUELA, e se CRISTO EXISTIU e se fez ISSO ou AQUILO realmente e …nhem….nhem… nhem…nhem….Bem, se vc coloca as coisas dessa forma , posso te devolver as mesmas assertivas: Como provar q Durckein era mesmo filosofo e q realmente escrevera tudo o q lhe e atribuido hoje? Sera q Platao realmente existiu da forma q e descrito? E Karl Max, foi realmente o dito grande teorico do comunismo ou sera que foi mais um safado que se apropriou das ideias pensantes de algum aluno brilhante? Alexandre, o grande… realmente existiu o personagem ou seria mais um conto infanto-juvenil? Sera que ele tem registro em cartorio?!………
        Logicamente, todos eles existiram muito embora para isso twnhamos apenas os relatos historicos. Nenhum deles deixou ” identidade” para comprovar, nao e mesmo? Mas nem por isso os negamos. Sabemos q eles existiram!
        Portanto, se enveredamos por esta sua linha de raciocinio, NADA , nem NINGUEM podera ser comprovado! Seria melhor pegar todos os livros, inclusive “aqueles” tipo…”Historia da Filosofia” do Reale,…eeeeee’…aquele porrilhao de volumes ( eu tb tenho ) e ir jogando tudo no vaso…e ir dando a descarga….Certo?

      • Existe uma diferença entre um relato teológico alegórico com expressões sobrenaturais e argumentos filosóficos!!! Não nego que Jesus tenha existido e tenha expresso uma linha de pensamento filosofico teológica, a questao é; os relatos sobrenaturais de fato ocorreram? ou eram meras construçoes interpretativas da época? E como interpretamos essas liçoes biblicas literais ou metaforicas.
        Karl marx, platao e todos esses filosoficos tem livros escritos ou sao mencionados por segundos ou terceiros pela sua filosofia, sua forma de pensar e nao ha relatos sobrenaturais. Existe uma diferença grande entre uma descriçao moral, desenvolver uma linha de pensamento sistematica e metodica que é a filosofia quando comparada com um relato sobrenatural. Sem duvida a bíblia poderia ter seu valor moral, mas sobrenatural eu duvido muito!!!
        Por exemplo, sabemos pouca coisa sobre Sócrates, o que sabemos dele é a respeito do que platao descrevia então trabalhos com o que sabemos de socrates e pelo seu relato a partir de platão podemos ter uma ideia sobre dialética socrática. Como podemos ter certeza de que jesus andou sobre as aguas, ou que Jonas vive realmente um bom tempo dentro da barriga de um grande peixe?

      • Depois vem a outra questao:” Por que o Genesis ( criacao ) e sempre entendida ipse leteris pelos criacionistas e o so o Apocalipse e entendido simbolicamentw?”
        Olha, eu em particular nao percebo esta disposicao dentro da minha Igreja.Acredito q esta tendencia seja mais observada entre os evangelicos. Acho que o unico aspecto que “pega” em relacao a Criacao e a ” coisa do macaco”. Eu particularmente, nao me acho parecida com ele nao!!! Ih Ih Ih…
        O Apocalipse e realmente um livro cheio de simbolos, isso nao se pode negar! Todaa linguagem esta impregnada de “figuras”: Sao os SELOS q vao sendo”quebrados”, um a um; sao as TROMBETAS, q vao sendo “soadas”, uma apos outra!….
        O Apocalipse e una mensagem sobrenatural velada em simbolos passado-presente-futuro, correspondente a um tempo indefinido que separa a Ascensao de Jesus de sua Vinda Gloriosa ( retorno a nos ).

      • É porque não somos descendentes dos macacos, essa é um reductio ad absurdum. O homem nao descende do macaco. Dizer que o homem descende do macaco nos faz pensar que um casal de saguis transou e nasceu um alemaozinho de olho azul. A biologia diz que o homem é um primata e que tem um um ancestral comum com primatas de grande porte, ou símios (antropóides). O que a biologia mostra é que geneticamente, morfologicamente, etologicamente e paleontologicamente ha indicios fortes de que somos um tipo de primata que compartilha um ancestral comum com os chimpanzés. Esse ancestral viveu a cerca de 8 milhões de anos. Exatamente por isso vc nao se acha parecida com o primata, porque biologicamente temos nossos atributos específicos como espécie embora ainda (biologicamente) sejamos claramente primatas.
        Existe uma difrença grande entre um macaco e um antropóides, assim como um gato é diferente de um tigre de bengala. Nào posso culpar vc por pensar deste jeito pela forma com que a midia e ops veiculos divulgam as descobertas cientificas a respeito da evoluçao humana.

        Concordo com vc em relação ao literalismo dentro dos evangélicos, mesmo pq a igreja catolica “aceita” a evolução e a aceita como origem do homem, embora deixe claro que o que caracteriza o homem em si é o seu espirito, ou seja, o homem passa a existir pela presença de seu espirito, que é dado por Deus. Essa é uma interpretaçao teológica que a mim apensar de não acredita não me ofende ou me faz não gostar deles. É a teologia catolica e não me importa como eles interpretam. Ha uma aceitaçao da evoluçao na igreja católica, agora o literalismo dos evangelicos, em especial adventistas e o uso do criacionismo para avalia-lo tem apanhado muitos nos debates que acompanho. Essa semana discuti pelo facebook com o Marcos eberlin, quimico defensor do designer inteligente que até agora não me apresentou uma refutaçao cientifica coerente, a respeito da evoluçao dos morcegos e lepidopteros porque designer inteligente não é ciencia. Suas apresentaçoes sao meramente especulativas.

        Quero deixar claro que as pessoas tem o direito de acreditar no que bem entendem e expressao sua visão religiosa. Nào tenho problema nenhum com a rleigião das pessoas. A questão a tentativa de cientifizar as passagens biblicas teológicas. Isso é incompativel pela metodologia e pela identidade que a religiao e a ciencia tem sob sua forma de construir conhecimento. O texto sobre possessao demoniaca ou espirito santo não é intensão de destruir a interpretaçao que a religiao da a determinados fenomenos, mas que ha determinadas coisas que não parecem ser expressões demoniacas!!! E que a crença deve ser baseada pela fé!!!

      • Bom dia, Rossetti
        perdoe-me por te-lA tratado como homem, pois pelo visto, vc e mulher- scritto dA Rossetti. Desculpe, so agora percebi isto!
        Vc fez a observacao de que ” a fe e a unica coisa que motiva nessas passagens biblicas” e vc esta CERTA, mas EM PARTE. Ha uma ressalva. Entao reformulando o q vc disse, nos Cristaos afirmamos que ” O Cerne de toda a revelacao e a Fe em JESUS.CRISTO”. Entretanto esta nao e uma FE CEGA, mas patenteados pelos escitos sagrados q vem sendo confirmados atraves dos seculos, pela confirmacao das profecias, pelos estudos de todos aqueles ramos da cultura envolvidos na analise dos fatos historicos, mas principalmente temos a seguranca das palavras proferidas pelo proprio Deus , na pessoa de Jesus Cristo e nos foram passadas por homens da confianca DELE , que receberam dons DELE para isso e para outras coisas ( curas, exegese,..) , que pregavam con FIDELIDADE os ensinamentos e as mensagens Divinas ( 1cor, 15/3 ) = ” Eu transcrevi aquilo que recebi “. Esses apostolos que viram Jesus face a face, que foram testemunhas de sua vida publica, de seus milagres, de sua morte e ressurreicao ,que o tiveram consigo como a um irmao ( o Emanuel = Deus conosco ), nao iriam ou nao teriam a coragem de cometer a torpeza de corromper as palavras DELE. Tinham consciencia de sua responsabilidade, fe e determinacao para testemunha-la. Se isso nao bastasse , ainda a consciencia clara de que se ” um til ou virgula fosse retirado das palavras de Deus, tb seus nomes seriam retirados do Livro da Vida”. Por isso tinham um serio compromisso com a mensagem! “Assim demos ainda maior credito as palavras dos profetas, a qual fazeis bem em atender, como uma lampada que bulha em um lugar tenebroso ate que desponte o dia e a estrela da manha se levante em vossos coracoes. Antes de tudo, sabei que NENHUMA PROFECIA DA ESCRITURA E DE INTERPRETACAO PESSOAL, porque jamais uma profecia foi proferida por efeito de uma vontade humana. Homens inspirados pelo Espirito Santo falaram da parte de Deus” ( 2Pe 1,19-21)
        Desde os primordios, a Igreja tem se servido das ciencias , da historia, arqueoligia, antropologia, geografia, paleontologia, numismatica, iconografia, Direito Romano, entre outras ciencias para a analise e estudo das escituras e que eu saiba so tem encontrado confirmacoes.

      • CarA Rossetti,
        acho q vc esqueceu, mas eu havia lhe pedido um tempo para responder a todos aqueles questionamentos q vc fez em um unico bloco. Vc ha de convir q uma coisa e formular uma questao e outra e ter q responde-la argumentando-a, e bem mais extenso e complicado, certo? Entao volto a lhe pedir q me deixe encerrar aquela parte sem fazer novos questionamentos, td bem? Rsrsrsrs………..Mas respobdo a aquelae problema q vc levantou, em aceitar o relato sobrenatural, da dificuldade de ser aceito.Tudo bem, mas comecemos pelos relatos filosoficos . Vc falou da importancia deles, tao transcritos, tao estudas ao redor dos tempis….Certo, mas o que haveria de tao especial neles? Na verdade um leitor desavisado ao le-los os acharia exyremamente rudimentares p/ nossa epoca! Dizer que o PRINCIPIO de tudo foi a AGUA, ou o FOGO,ou o AR, ou mesmo a mistura de dois deles , podera parecer arcaico e desnecessario! E evidente q ha una sabedoria por tras de tudo isso. Deus se manifesta ao homem de diversos modos e no decorrer dos tempos foi guiando-os, iluminando-os, a uns de uma forma mais presente, a outros, nem tanto. Mas, entao, assim como os escritos filosoficos foram passados ate os nossos dias por um e por outro, assim tb as escrituras sagradas foram tb passadas a nos…. Entao ……E a mesma coisa!…..e a mesma coisa………..chegamos a um concordancia.
        Agora, o que haveria de tao indigesto em se apoiar , acontecimentos sobrenaturais transcritos? Sera q seriam tao fantasiosos assim, teriam alegorias tao extravagantes a ponto de rirmos do absurdo?! Nao e bem isso que vejo, pelo menos na maioria das passagens biblicas. Entao acho q o problema maior, o CERNE do problema esta no VER para CRER.
        Se um paralitico, sabidamente paralitico por TODA a comunidade que o conhecia, que viu seus musculos atrofiados, que viu suas deformidade ,que foram testemunhas de sua impotencia para andar , de una hora para outra, descrevem com singeleza q esta mesma pessoa apos uma fala de Cristo , larga as muletas e COMECA (talvez c/ um andar cambaleante) a andar, seria assim tao formidavel ao nosso criterio tao racional e pratico? Seria esse evento uma demonstracao assim tao absurda p/ os nossos olhos ou TALVEZ haja em nos uma inepcia em aceitar tais eventos. Acredito numa deficiencia humana em “”VER”” certas coisas! TOutra coisa a O grande problema e que nao fomos “testemunhas oculares” dos mesmos, mas e o que esta em derredor?….e as circunstancias e principalmente quais foram as consequencias do evento?….Pense nisso! Termino com um pensamento de seu amigo Aristoteles: ” A Verdade esta sempre diante de nos e nos por ela circundados e iluminados: a nossa inteligencia e que DEVE HABITUAR-SE A VE-LA, assim como os nossos olhos devem habituar-se a VER a luz que nos circunda e nos inunda.”
        Ps: desculpe a cone, talvez apareca alguma frase “trepada”. Eu as vezes digito sem poder ver o q estou escrevendo pq o estou fazendo por um celular. Abrcs!

        parte sem fazer novosquestionamentos, td bem? Rsrsrsrs……
        Mas apenas respondendo a ” dificuldade em se patentear eventos

      • Claro, concordo que muitos dos conceitos usados pelos filósofos de antigamente eram e ainda são errados. Alias, os filósofos não diziam que tudo era feito de terra, fogo, agua, e ar mas que as propriedades, ou a essência das coisas parece ser feita de coisas similares a esses elementos, e o que caracterizava as coisas era a forma que elas tinham. Concordo que muitas dessas ideias foram essencialmente derrubadas, como a geração espontânea etc e tal. Mas sem elas não haveríamos chegado onde chegamos, o fato de alguém lá atras a 2600 perguntar porque somos o que somos? porque perguntar o porque das coisas. Se há um Deus? Se a alma é eterna? o que determina o sucesso de uma colheita? Porque algo existe ao invés do nada? tudo isso faz parte da historia, da nossa historia, é nosso patrimônio. Ainda sim a maioria dessas perguntas continua em aberto e discutir elas requer conhecimento do campo da filosofia da ciência, da religião etc e tal. Por exemplo, Willian Craig usa o argumento da causa primeira de Al Ghazali. Entretanto, este ja foi refutado muito antes do próprio Craig usa-lo. Beltrand Russell, Sartre e o próprio argumento pode servir como um convite ao ateísmo se analisado com um pouco mais de profundidade. O argumento em si nem cristão era, era islâmico. Sem recorrer ao passado, não ha progresso na ciência, na filosofia e etc
        Outros conceitos usados pelos filósofos ainda sim estavam certos, como a ideia de Aristarco e Hipátia de que a Terra gira em torno do sol, a classificação biológica do Aristóteles é usada na biologia até hoje embora revisada continuamente. As ideias de Platão (que eu particularmente não curto e acho um saco) foram fundamentais para a a reflexão de Kant sobre o mundo intelectual e o mundo aparente, o conceito de Demócrito e leucipo a respeito do átomo….Sem duvida Platão foi historicamente uma referência a humanidade. Alias, sua linha de pensamento é o que fundamenta o cristianismo graças a Agostinho.
        Isso são indagações que puderam ser testadas pela humanidade, agora a descrição sobrenatural da bíblia ou de vedas, Alcorão, Torah, Bagavad gita não da pra se ter certeza se é um relato histórico ou uma interpretação teológica em tempos distintos de sociedades distintas. Para os teólogos são descrições teológicas, alias, acho que aqui ;e onde encontrados a diferença entre o pastor que pastoreia suas ovelhas e do teólogo que estuda o papel da religião em um período de tempo da historia da humanidade e como ele influenciou historicamente os povos que sucederam.

        Não sei se um paralítico seria um bom exemplo, mas alguém com síndrome de down deixar de portar a síndrome seria um bom exemplo de milagre. Mas mesmo uma manifestação física de Deus não seria algo sobrenatural. Uma manifestação divina de Deus só mostraria que ele faz parte da natureza do universo e não é algo separado dele, portanto trocando em miúdos ele seria algo natural e o sobrenatural não existiria, com a equivalência de que se estamos discutindo se deus existe ou não, então ele passa a existir ja que se não existisse não questionaríamos sua existência. Sinistro…rsrsrsrs
        Eu acho que é preciso diferenciar a fé da necessidade de encontrar evidencias que sustentem a ideia de um Deus. Se por um lado achamos que determinados fenômenos podem fomentar a crença em uma divindade, há outros que não, embora a religião tem uma característica bastante interessante (como ressalta o filosofo e historiador leandro Karnal). Quando mais voce bate na religião e critica ela, mas ela cresce e ganha adeptos. Quando digo que a fé é cega estou dizendo que determinadas passagens bíblicas não podem ser testadas e acreditar nelas e uma opção pessoal. Mesmo pq a ideia dos livros religiosos não é servir como um relato histórico do passado mas como agir moralmente diante de determinadas situações. No caso da bíblia, contextos de 2 mil anos. Alias, galileu fez essa distinção de forma esplêndida ” a ciência explica o que é o céu, a religião como vai para o céu”. Uma separação clara do céu físico como fenômeno natural do céu paraíso das religiões. Eu perdi essa fé, não consigo mais ter confiança nos relatos bíblicos em passagens que se referem a deidades por diversos motivos. Não nego que haja passagens bíblicas que sejam interessantes de serem seguidas se cooptadas corretamente para o contexto atual.
        Não creio que haja tantas afirmações assim, pela datação dos textos bíblicos, pela própria descrição teológica de especialistas em fazer uma distinção entre Jesus o Cristo e Jesus de Nazaré, a abordagem histórica, a arqueologia bíblica e por ai em diante.
        Ah, e eu sou homem sim, Scritto da Rossetti é uma assinatura em italiano!!! rsrsrsr
        Obrigado pelo papo cabeça e deixo vc com as considerações finais!!!

      • Vc acha mesmo q Hitler era apenas um “desajustado”, um desses q podemos “ajustar” com alguma terapia ou tratamento????
        Vc poderia me enumerar, nao muitos, mas apenas UM que se igualasse a ele em maldade, perversidade, desregramento, ou que tenha causado tanto maleficio ao mundo ate o momento presente?!
        Poderia indicar uma “figura” tao SINISTRA quanto ele em toda a nossa historia???
        Quando falam de Hitler os unicas “imagens” q vem a minha cabeca sao as de pessoas sendo “assadas” em fornos, experiencias ” Frankstein” com cerebros de prisioneiros, com criancas, grandes monturos de esqueletos de pele e ossos q um dia foram humanos sendo arremessados em grandes crateras abertas por nao haver covas suficientes q o acomodassem! Imensas areas do globo totalmente devastadas, inteiramente destruidas, familias inteiras desagregadas, como nunca antes se viu em nenhuma guerra!!!
        Um assassino em potencial que conseguiu mover e dominar multidoes, “cerebros renomados”, autoridades, durante 5 anos influenciou e conseguiu feitos q NENHUM ser humano conseguiria! Por mais articulada e inteligente que fosse a sua psicose! Nao conseguiria tais intentos sozinho! Acredito sim, numa ” forca” agindo atraves dele! E essa e tb a opiniao de muita gente que estuda o ” fenomeno Hitler”!

      • Não que seja possível ajustar um cara como hitler, um cara sádico como ele talvez não tivesse cura, ainda mais pelo histórico familiar de sobrinhos e primos com problemas mentais, mas não me parece ser problemas espirituais. Napoleão, a guerra de taiping matou quase o triplo do que o holocausto. São pessoas que são desajustadas psicosocialmente e arrrumam motivos religiosos ou politicos ou economicos para fazerem o que quiser. A história é cheia de pessoas sanguinárias!!!

      • Me perdoe, mas Napoleao nai fez nem 1/10 dos estragos e das barbaries de Hitler! Sua influencia foi mais concentrada em algumas partes da Europa e ainda acabou levando ” aquela coca ( c cedilha ) na Russia !
        Com esta sua resposta, sem argumentos, p/ mim ficou claro que tem uma concepcao fechada em relacao a possessao, vc simplesmente nao aceita e nao esta aberta a argumentacao. Isto se deve a sua dificuldade natural em aceitar o mundo espiritual…alguem ja disse ” para aquele que cre, nenhuma explicacao e necessaria. Para quem nao cre , nenhuna explicacao e possivel”…se nao me engano, e de Victor Hugo.
        Existe ainda uma outra passagem que nao me lembro de quem e , no momento, so sei que e de um autor inspirado da Igreja . Esta passagem, na realidade era um debate entre algumas pessoas, quando surgiu a questao da fe de ateus e agnosticos. Colocou-se a seguinte questao: ” mas o que se poderia fazer? Se ELES NAO CONSEGUEM ter fe e ate sofrem por isso?! Ao que o exegeta respondeu:” NAO A TEM porque NAO PEDEM, se o fizessem, se surpreenderiam”. Entao , se o individuo mais incredulo se dispusesse ao simples ato de humildade de se por na presenca de Deus e pedir : Senhor, eu nao tenho fe, se vos realmente existis, da-me fe para crer. E tao simples , tao facil e pode valer uma vida! Deus a abencoe!

      • E para confirmar esta minha opiniao, te faco uma ultima pergunta: Se em nenhuma dessas situacoes q te falei seriam casos de possecao, entao em que situacoes poderia-se afirmar ser possessao?

      • Ótima pergunta, difícil de responder por sinal. Eu desejaria ver algum fenômeno físico inconsistente com as leias da natureza, algo como levitação, demonstração de sobrenaturalidade passiva de ser testava e provada como inconsistente com as leis da natureza!!!

    • Por que a possessao so se manifesta no corpo de 3°s? .. Cuidados com essas expressoes definitivas: sempre…toda…so assim… So assado…
      Nao e verdade q o estado de possessao deminiaca ocorra sonente no corpo. Existe uma forma insidiosa, as vezes ate mais perigosa q e quando existe uma dominacao sobre a mente , a personalidade. Alguem negaria que Hitler, Mussolini, Nero, eram possessos? E nao esquecamos da passagem biblica dis evangelhos que narra a “entrada” dos demonios numa manada de porcos que a seguir se precipitaram desfiladeiro abaixo!

      inacao da mente , do personalidade de determinado individuo. Quem poderia negar que Hitler, Mussolini , Nero

      • Hitler era possesso? Acho que ele era socialmente ou biopsicossocialmente desajustado!!! Não me parece ser possessão senao daqui a pouco tudo vira possessão.

  2. Rossetti, penso que desta vez vc se superou! Achei o titulo desta resenha por demais rude, indigesto, abominavel mesmo para aqueles que nao tenham nenhuma conviccao religiosa. Da mesma forma, e abjeto e ofensivo para as pessoas de fe. Tambem nao vejo qualquer paralelismo entre possessao diabolica e comunhao com o Espirito Santo, porque ambas as condicoes se anulam mutuamente. Entretanto, este tema pretendo abordar numa proxima oportunidade, pois como eu ja falei, trata-se de uma resenha enorme e que pede uma reflexao paragrafo por paragrafo….rsrsrs…E’eeee meu caro Rossetti, vc ainda vai ter que me aturar!!!! Vou aproveitar o espaco que vc , meu irmao ateu ou agnostico oferece ao dialogo e colocar um pouco do que aprendi em minha existenciaate o momento. Sou uma pessoa de ciencia tambem, mas nao me ative so a ela, transcendi! Saudacoes e ate breve!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s