ANTENA QUE BUSCA ETS É DESATIVADA. (comentado)

Se o ET telefonar para a Terra, ele receberá um sinal de “desconectado”. Sem dinheiro para pagar suas despesas operacionais, o Instituto Seti, na Califórnia, Estados Unidos, desligou a tomada do famoso Allen Telescope Array, um conjunto de antenas de rádio que vasculha os céus buscando sinais de civilizações extraterrestres.

Em uma carta enviada a doadores na sexta-feira, o presidente executivo do Instituto Seti, Tom Pierson, disse que, na semana passada, o conjunto de antenas foi colocado em “hibernação” por falta de apoio governamental adequado.

O momento não poderia ser pior, se queixam cientistas do Seti. Após anos de contemplação, astrônomos anunciaram recentemente que 1.235 novos possíveis planetas foram observados pelo Kepler, um telescópio montado em um satélite espacial.

Os cientistas acreditam que dezenas desses planetas devem ser do tamanho da Terra – e alguns estarão na “zona habitável”, aquela na qual as temperaturas são apropriadas para a existência de água líquida.

“Há uma enorme ironia”, afirmou a diretora do Instituto Seti, Jill Tarter. “No momento em que descobrimos tantos planetas para olhar, não temos os recursos operacionais para ouvi-los.”

O astrônomo sênior do Seti, Seth Shostak, disse que a suspensão do projeto seria o mesmo que deixar as caravelas portuguesas “Santa Maria, Pinta e Nina ancoradas… Nosso negócio é explorar”.

O financiamento do Seti sempre foi um problema para os cientistas. O que está faltando agora, porém, é financiamento para sustentar os custos rotineiros da operação das antenas. Seriam necessários US$ 5 milhões nos próximos dois anos. / MCT. TRADUÇÃO DE CELSO PACIORNIK 

Fonte: http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20110427/not_imp711328,0.php

 .

Resenha do autor

Embora eu seja bastante cético quanto a existência de vida inteligente fora da Terra é fundamental a busca dela. Este laboratório fazia exatamente isto, enviava sinais ao espaço esperando receber algum sinal padronizado de volta.

Durante muitos anos no passado a paleontologia era vista pela ciência com os mesmo olhos nos vemos a ufologia hoje. Mas ate agora nenhuma evidencia foi encontrada confirmando a existência de vida inteligente fora da Terra.

A ufologia continua sendo uma pseudo-ciência assim como o criacionismo ou qualquer outra coisa parecida enquanto não deixar de pensar no sobrenatural, ou seja, naves, contatos imediatos de terceiro grau e coisa do tipo.

Variedades de uma experiência cientifica (esquerdo). Revista UFO em evidência no texto (direita)

Enquanto a paleontologia apresentava alguns fósseis ela foi se demonstrando como uma ciência verdadeira e intimamente ligada ao pilar da biologia, A ufologia sequer tem um exemplar que possa a encaminhar ao caminho da ciência verdadeira. A busca destes tipos de forma de vida é fundamental como diria Carl Sagan que diga-se de passagem era cético quanto a existência de vida inteligente fora da Terra.

Carl Sagan deve estar se revirando no tumulo. Isso porque a revista UFO anoXXV numero 145 no ano de 2008 publicou um texto sobre o Instituto Carl Sagan falando sobre as idéias deste respeito cientista.

Olhem que coisa absurda: Pagina 6, primeiro parágrafo sétima linha.

“O instituto Carl Sagan, em homenagem a um dos mais brilhantes do nosso tempo, um cientista que, até sua morte em 1996, dedicou-se incansavelmente a busca por outras formas de vida no universo, certo de que elas existem aos milhares e desconfiado de que algumas delas já nos visitam nestes veículos que chamamos de disco voador”

Absurdo! Carl Sagan buscava realmente vida em outros planetas, mas nunca acreditou em discos voadores e seres de inteligência superior.

Em Variedades de uma experiência científica (representado acima) de Carl Sagan ele deixa isso bem claro. Eis alguns trechos do livro de Carl:

Pagina 145 capítulo 5 Folclore extraterrestre, implicações na evolução da religião:

“A busca por vida extraterrestre é uma daquelas circunstâncias em que tanto o sucesso como o fracasso seriam um sucesso de todos os pontos de vista”

A respeito das pirâmides do Egito na página 147:

“… quando lemos Heródoto, que fez alusão as técnicas egípcias de construção de pirâmides notamos que existe uma explicação totalmente natural e coerente”.

Pagina 149:

“… quanto mais tivermos a tendência de presumir que a solução virá de fora, menos será a nossa probabilidade de resolver nossos problemas sozinhos”.

Veja o que Carl Sagan dizia sobre os contatos imediatos pregados pela Ufologia, pagina 150:

“ Não basta que centenas de pessoas o tenham visto independente como uma luz no céu. Uma luz no céu pode se qualquer coisa. Tem que ser muita mais concreta, muito específico”

“… Se apenas uma pessoa visse isso, já que o gato não estaria disponível para dar um depoimento confirmatório, também não se trataria de um caso convincente”.

Carl Sagan também fala das fraudes com balões de ar quente, das fraudes com incubadoras de pintinho descritas como discos voadores por Adamski em 1940.

O caso do México em que todo o exercito chamou de OVNI um silo de sementes de um agricultor. Ele também cita o pré-conceito e do pós-conceito das pessoas em chamar OVNIS de fenômenos não descrito pela ciência, assim como o planeta Clarion e seus anjos. Claramente ele chama tudo isto de pseudociência.

Sagan afirma que a maioria das pessoas que pensam assim tem ou já tiveram envolvimento com pseudociência, clubes de óvnis, de espiritismo e dianética (ramo da cientologia), assim como existem outras formas de pseudociência que Dawkins cita em “O capelão do diabo” como a quiromancia, cristalomancia, no Wikipedia ainda encontramos teologia, revelações, espiritualidade, profecias e etc.

Mas o que é pseudociência?

A pseudociência nunca assume que é pseudociência porque na maioria das vezes busca fins lucrativos enganando as pessoas. A pseudociência nunca pode ser aplicada a um critério ou uma metodologia cientifica porque geralmente assume-se que é algo acima do que a cabeça do homem pode entender. A ufologia é assim, os seres extraterrestres estão sempre acima de nós, sempre somos menores do que deuses, basta olhar as musicas de igrejas que ressaltam a inferioridade do homem “sou pequeno demais

De forma mais simplória existe alguns tópicos que representam claramente as principais características da pseudociência:

  • Ao aceitar verdades sem o suporte de uma evidência experimental;
  • Ao aceitar verdades que contradizem resultados experimentais estabelecidos;
  • Por deixar de fornecer uma possibilidade experimental de reproduzir os seus resultados;
  • Ao aceitar verdades que violam falseabilidade;
  • Por violar a Razão de Occam (o princípio da escolha da explicação mais simples quando múltiplas explicações viáveis são possíveis); quanto pior for a escolha, maior será a possibilidade de errar.

 Scritto da Rossetti

Palavras chave: Rossetti, Netnature, OVINS, UFOS, Carl Sagan.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s