UM EXEMPLO DE CONCEPÇÃO ERRADA SOBRE EVOLUÇAO E ATEÍSMO.

Para os ateus é o cúmulo da ironia. A evolução, o processo que acreditam ser o único responsável por criar a humanidade, parece estar a discriminar os não-crentes e a favorecer os religiosos. Esta é a conclusão de um estudo realizado por Michael Blumer, um pesquisador da área das ciências sociais da Universidade de Jena, na Alemanha, divulgado recentemente no jornal inglês The Sunday Times. A investigação, que estudou 82 países, sugere que, em escalas de tempo evolutivas de centenas ou milhares de anos, as pessoas com fortes crenças religiosas tendem a ter mais filhos (média de 2.5 crianças), ao contrário dos ateus (média de 1.7 crianças), cujas sociedades estão condenadas a desaparecer. Para além do incentivo à procriação pelas autoridades religiosas, esta realidade comporta outros factores, tais como a sensação de dever em procriar e perpetuar a raça, bem como a partilha de crenças que facilitam a inserção dos fiéis numa comunidade, aceitando tarefas comuns e regras de comportamento. Esta habilidade para trabalhar e viver em conjunto aumenta ainda mais as chances de sobrevivência das crianças. Todos estes argumentos entram em contradição com as opiniões dos biólogos evolucionistas (como Richard Dawkins, autor de O Gene Egoísta), que afirmam que a religião é como um vírus que infecta as pessoas.

Fonte: http://www.maxima.xl.pt/ModaArtigoSimples/tabid/306/itemId/2296/Default.aspx

 .

Resenha do autor

Essa é mais uma daquelas reportagens absurdas sem fundamentos científicos algum. O primeiro ponto a considerar é olhar a fonte de onde veio a informação (maxima.xl.pt/ModaArtigoSimples).

O que tem a ver a moda com a questão evolutiva e mais a ateia. Uma segunda questão a ser considerada e que invalída a reportagem é que ela não tem título, basta clicar no link e verificar você mesmo (o título dessa reportagem neste site foi criado por mim já que o site original não oferece titulo algum).

Uma outra questão que agora sim tem um fundamento cientifico é que se isso fosse verdade a população da Alemanha já não existiria mais, a Republica Tcheca não mais teria filhos, assim como na Islândia onde também há uma infinidade de países na qual o número de ateus, céticos e agnósticos passam de 70% da população, chegando as vezes a 90% da população. Diga-se de passagem que são países com o IDH mais alto do mundo.

CLIQUE PARA AMPLIAR. O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é uma medida comparativa usada para classificar os países pelo seu grau de desenvolvimento humano. Mostra quanto cada pais gastou do seu PIB para fazer a manutenção da qualidade de vida da nação. Os países com menor IDH são com maior grau de religiosidade (as vezes alcançando  fundamentalismo), como os países da América do Sul, África e Oriente Médio. Os EUA são altamente religiosos e com o IDH alto, o que o torna uma exceção por questões históricas que podem ser explicadas em uma outra ocasião. Veja a lista completa em: http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI2105698-EI306,00-Veja+a+lista+completa+de+paises+por+IDH.html

Aqui é fundamental separar a questão geográfica e obviamente evolutiva que trazem luz a tamanho sensacionalismo.

É de se supor que se esses locais fossem isolados do resto do mundo (e a taxa continuasse a cair) isso poderia ser cogitado. As populações do mundo (graças a uma infinidade de processo e recentemente com a globalização e desenvolvimento tecnológico) trocam genes e portanto informações genéticas. Portanto a questão da morte dos ateus pela questão de não ter filhos é esdrúxula. Pessoas mudam de pais, ateus se casam com religiosos. Eu namoro uma católica com parentes budistas e espíritas e vivo em uma família evangélica. Viva a diversidade!!!

A taxa de natalidade não vem diminuindo pelo alto ou baixo índice de religiosidade. Qual a correlação entre religiosidade ou sua falta com a diminuição da taxa de natalidade?

Ninguém consegue explicar, porque não há. A taxa de natalidade vem diminuindo por razões geográficas e varia em cada nação estudada.

Outro exemplo clássico que somente quem conhece verdadeiramente a questão evolutiva consegue desmascarar. Por trás dessa reportagem sensacionalista existe uma falácia biológica chamada seleção de grupo.

Se os ateus (portanto da espécie humana) estão morrendo porque não tem filhos, então teoricamente a humanidade poderia estar perdendo genes que seria preciosos aos deístas e teístas. Isso vai contra a variabilidade genética que confere adaptação.

É como matar judeus dizendo “estamos limpando a humanidade” ou “a morte dos ateus esta limpando os genes da humanidade e a tendência é que o mundo se torne cada vez mais religioso”. Desconcertando a questão genética e obviamente a questão da globalização. Se há baixa natalidade por ateus quem sai perdendo é a espécie humana e não os ateus.

Trabalhar com genética de populações é algo complicado e eu sugiro que antes das pessoas lançarem qualquer artigos sobre ela, que verifiquem a procedência e a confiabilidade de tal autor perante o ambiente acadêmico. Caso contrário vamos continuar acreditando em coisas baseadas em senso comum e mascaradas com a ciência como a homeopatia, cristalomância, criacionismo e todas essas pseudo-ciências e besteiras que vemos no mercado com a finalidade de engambelar os leigos.

Scritto da Rossetti

Palavras chave: Rossetti, Netnature, Natalidade, Pseudo-Ciência, Textos Manipulados.

One thought on “UM EXEMPLO DE CONCEPÇÃO ERRADA SOBRE EVOLUÇAO E ATEÍSMO.

  1. PQP… Graças a “deus” sou ATEU… Não é possível que qualquer pessoa que seja religiosa mas que tenha um nível médio de conhecimento tenha acreditado em algo tão esdruxulo.
    Chega de religiões manipulando as pessoas!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s