POR QUE DUVIDAM DA EVOLUÇÃO? (comentado)

Será que é tão ofensivo ter um ancestral em comum com outros primatas, como os chimpanzés?

Ao menos nos EUA, a evidência é indiscutível. Em uma pesquisa do grupo Gallup na véspera do aniversário de 200 anos do nascimento de Charles Darwin, no dia 12 de fevereiro de 2009, apenas 39% dos americanos responderam que “acreditam na teoria da evolução”.

Não há dados semelhantes no Brasil, mas imagino que os números sejam semelhantes ou piores.

A mesma pesquisa relaciona o resultado com o nível educacional dos respondentes. Apenas 21% das pessoas com ensino médio completo ou menos acreditam na evolução. O número sobe para 53% nos graduados e 74% em quem tem pós-graduação.

Outra variável investigada foi a relação do resultado com frequência à igreja. Dos que acreditam em evolução, 24% vão a igreja semanalmente, 30% ao menos uma vez por mês e 55% nunca vão. Quanto mais crente, maior a desconfiança em relação à teoria de Darwin.

Por outro lado, a evidência em favor da evolução também é indiscutível. Ela está no registro fóssil, datado usando a emissão de partículas de núcleos atômicos radioativos. Rochas de erupções vulcânicas (ígneas) enterradas perto de um fóssil contêm material radioativo. O mais comum é o urânio-235, que decai em chumbo-207.

Analisando a razão entre o urânio-235 e o chumbo-207 numa amostra de rocha ígnea e sabendo a frequência com que o urânio emite partículas (em 704 milhões de anos, a quantidade de urânio numa amostra cai pela metade), cientistas obtêm uma medida bastante precisa da idade do fóssil. Por exemplo, os dinossauros desapareceram há 65 milhões de anos.

A evidência em favor da evolução aparece também na resistência que bactérias podem desenvolver contra antibióticos. Quanto mais se usam antibióticos, maior a chance de que mutações gerem bactérias resistentes. Esse tipo de adaptação por pressão seletiva pode ser investigado no laboratório, sujeitando populações de bactérias a certas drogas e monitorando modificações no seu código genético.

Posto isso, pergunto-me por que a evolução causa tanto problema para tanta gente. Será que é tão ofensivo assim termos tido um ancestral em comum com outros primatas, como os chimpanzés?

A nossa descendência é ainda muito mais dramática: se formos mais para o passado, todos os animais que existem descenderam de um único ancestral, o Último Ancestral Universal Comum (na sigla Luca, em inglês), que provavelmente era um ser unicelular.

Essa desconfiança do conhecimento científico é muito estranha, dada a nossa dependência dele no século 21. (De onde vêm os antibióticos e iPhones?) O problema parece estar ligado ao Deus-dos-Vãos, a noção de que quanto mais aprendemos sobre o mundo, menos Deus é necessário. Os que interpretam a Bíblia literalmente veem nisso uma perda de rumo. Se Deus não criou Adão e Eva e se não nos tornamos mortais após a “queda do Paraíso”, como lidar com a morte?

Uma teologia que insiste em contrapor a fé ao conhecimento científico só leva a um maior obscurantismo. Mesmo que não acredite em Deus, imagino que existam outras formas de encontrar Deus ou outros caminhos em busca de uma espiritualidade maior na vida.

 

MARCELO GLEISER é professor de física teórica no Dartmouth College, em Hanover (EUA), e autor de “Criação Imperfeita”. Facebook: http://goo.gl/93dHI

Fonte: Folha/UOL

.

Resenha do autor

Duvidam da evolução porque ela trabalha numa escala de tempo imperceptível ao homem, ou seja, através de várias gerações. Portanto segundo os céticos não há evidencias empíricas de sua ocorrência.

Obviamente que é um argumento extremamente fajuto, a polícia consegue desvendar casos de assassinato sem que tenha visto o criminoso ou o crime em si. A descrição da evolução segue a mesma lógica, só porque não é perceptível a olho nu não significa que não ocorra.

A razão sempre é oprimida diante da fé, elas só se casam completamente quando a razão sustenta a fé, caso contrário é vista como loucura e desdém.

O que seria do homem cristão se fosse um parente próximo dos chimpanzés? O que seria de uma religião extremamente antropocêntrica ter seguidores comparados a meros animais? Um absurdo teológico, satânico!

Não há problema algum, talvez seria um privilégio, mas para o homem centro do universo isso é estupidamente inconcebível.

Duvidam e não aceitam a evolução por luxuria, por status, prestígio divino. Quando um sistema numericamente expressivo entra em conflito com outro ele sempre rebaixa a minoria. É simplesmente fácil sentar e apontar os defeitos dos outros, isso reflete um sistema puramente opressivo e egoísta.

O sábio não é aquela que duvida do alheio, ou de tudo mas sim aquele que consegue fazer uma auto reflexão, duvidar de si, de encontrar contradições estando sempre em conflito consigo. Covarde é aquele que abduz uma verdade absoluta e nunca a questiona, pois é sempre mais confortável olhar para o próximo. Duvidar de sistemas materialistas é fácil, até eu duvido de sistemas biológicos e físicos.

Eu gostaria de ver um religioso questionar as suas bases religiosas, históricas, as suas convicções e balançar os pilares de sua comunhão com Deus para ver se elas se sustentam ou caem como as colunas de Sansão.

A covardia esta justamente no ato de não questionar com medo de destruir aquilo que lhe sustenta a vida, mesmo que aquilo seja puramente ilusório. Se realmente existe fé, ela deve resistir até aos questionamentos de nossas próprias crenças, resistir as nossas duvidas caso contrário é meramente um devaneio.

Scritto da Rossetti

Palavra chave: Netnature, Rossetti, evolução, fé, ciência, religião.

6 thoughts on “POR QUE DUVIDAM DA EVOLUÇÃO? (comentado)

  1. Em casa onde falta pão, todos gritam e ninguém tem razão.

    Discutem-se duas correntes, a criacionista de um Deus Criador e Fazedor de tudo, e a outra, de uma Natureza Criadora e Fazedora de tudo, por obra e graça de um acaso fortuito e “natural”.

    Tudo que nos cerca mostra que nem uma nem outra opção é sequer razoável, AS COISAS NEM ACONTECEM POR ACASO E MUITO MENOS POR OBRA DE UM DEUS.
    O texto que o autor pensa estar esclarecendo alguma coisa, mostra uma forma estatística das pessoas se posicionarem, como pesquisa política, mais fajuta do que simplesmente não se fazer nada, como fato comum é que todas são pagas. O cidadão simplesmente é “encurralado” para tomar uma decisão.

    Existe um fato na evolução das espécies que é inquestionável, e os evolucionistas burramente, sequer usam esse fato. É QUE AS ESPÉCIES SE ALINHAM NA FORMA DE UMA EVOLUÇÃO, A TAL ÁRVORE DA VIDA, EXATAMENTE SEMELHANTE À TABELA PERIÓDICA DOS ELEMENTOS. Esse é o fato, que nenhum cristão, muçulmano, budista, etc. podem se opor, e que considero ser a TEORIA DA EVOLUÇÃO, no entanto, se aferram a um mero palpite de Darwin sobre a tal “SELEÇÃO NATURAL”, porque “parece” que assim acontece. É A MESMA COISA DO GEOCENTRISMO QUE ARITÓTELES DEU O PALPITE PORQUE AS COISAS CAEM PARA A TERRA, E PARECIA QUE ELA FOSSE O CENTRO por isso. Durou apenas 2 mil anos para cair um palpite tão infnatil!!

    A questão é lambança de que essa “organização” aconteceu por obra de um Deus Infintio ou por obra de um “nada” tão infinito quanto, e que nem a torcida de lá como a de cá podem concluir absolutamente nada. Nunca se vai provar que Deus faça isso ou aquilo, e também nunca se vai provar de que o “nada” possa fazer o mesmo, e no entanto, ambas correntes se aferram nessa discussão imbecil, inútil e supérflua.
    Vamos dizer que a posição mais razoável frente a uma ignorância, É SIMPLESMENTE ADMITIR IGNORÂNCIA, constata-se um fato, E NÃO SE SABE A ORIGEM, simplesmente se diz “não sei” é uma posição de fato sábia, e honesta.

    Aí surgem questionamentos vazios e sem base, como: elo de ligação, tempo de mutação, exemplares fósseis, etc. etc., que apenas mostram o grau de ignorância e não entendimento algum. Vamos dar uma olhada nessas burrices.

    O que significa elo de ligação? Nem uma nem outra corrente sabem explicar, PELO SIMPLES MOTIVO DE QUE NÃO É POSSÍVEL ENCONTRAR ELO, EXCETO A SEMELHANÇA ENTRE UMA ESPÉCIE E OUTRA, e isso numa linhagem. Comparar uma planta com uma formiga ou um elefante, e procurar “elos” entre eles, é tarefa de idiotas. Contudo, já se sabe QUE OS RESPECTIVOS DNAs CONTINUAM SENDO SEMELHANTES. Então, os tais elos são meras lambanças de disucssão estúpida. O elo entre as espécies é um mero projeto, exatamente como acontece também com os artefatos humanos, AGORA ENTENDER QUE PROJETO POSSA SER DE UM RELOJOEIRO CEGO, É ESTUPIDEZ DEMAIS.

    O tempo de “evolução” é outra lambança que a própria ciência mostra com a mais absoluta clareza. A vida surgiu na Terra praticamente junto com ela e com grande variedade de especies, perto de 4 bilhões de anos, PORTANDO, NÃO HOUVE EVOLUÇÃO ALGUMA PARA A VIDA SURGIR AQUI, começou tudo junto. As catástrofes que praticamente destruiram a vida na Terra foram instantâneas e o ressurgimento de nova vida também aconteceu de forma análoga, é claro que se está falando do relógio astronômico e não do relógio da esquina da rua. A espécie que nos é mais familiar que é a nossa própria, surgiu quase que de repente por volta de 150 mil anos (a dificuldade não é da data, MAS DOS RECURSOS QUE TEMOS PARA DATAR PRECISAMENTE), e a sequência dos hominídeos para o atual homo-sapiens é apenas “presumida” pelas pesquisas que forma artisticamente algo que não temos como provar, a menos que acreditar num artista que faz um desenho, SEJA PROVA DO QUE QUER QUE SEJA. Crenças não se discutem. Um fato real e provado é que o HOMEM MODERNO ADÂMICO OU AGRÍCOLA SURGIDO POR VOLTA DE 10 MIL ANOS ATRÁS, É UMA ESPÉCIE DIFERENTE DO HOMO-SAPIENS QUE NOS ANTECEDEU, AINDA QUE USANDO EXATAMENTE O MESMO ORGANISMO BIOLÓGICO, QUE É NOSSO CORPO. Como os evolucionistas explicarm pela teoria, DUAS ESPÉCIES DIFERENTES USANDO O MESMO CORPO? A religião explicou fácil, DEUS ESTEVE AQUI, MOLDOU UM MODELO DE BARRO SOPROU VIDA FORMANDO ADÃO, E SUA COSTELA, FEZ EVA, está tudo explicado. Nem preciso detalhar a montanha de inverdades disso literalmente como verdade. E por acaso o homem moderno levou milhões de anos para surgir? SURGIU DE REPENDTE, E ISSO JÁ TEM REGISTROS HISTÓRICOS ALÉM DE PESQUISAS FÁCEIS E COMPLETAS. Quer dizer, essa história de milhões de anos para uma mutação é um balela para boi dormir. E o homem já está fazendo surgir outras espécies num simples estalar de dedos de experiências laboratoriais.

    Os exemplares fósseis de fato mostram SERES VIVOS QUE TENHAM ACONTECIDO NUMA DATA APROXIMADAMENTE ASSIM OU ASSADO, e “cientistas artistas” juntando pedaços de ossos (apenas ossos ou carcassas ossificadas, sequer outro tecido típico do ser-vivo), forma “modelos” de animais que teriam vividos nessas datas. NEM POR ACASO SE CONSEGUE ENCONTRAR QUALQUER FORMA DE VIDA QUE ACONTEÇA POR “SELEÇÃO NATURAL DE PORCARIA NENHUMA”, mas isso se torna “prova” não sei de quê! CRENÇAS NÃO SE DISCUTEM, Papai Noela existe para quem acredita nele.

    A questão simples e clara é que AS ESPECÍES COMO SE APRESENTAM, formam de fato uma sequência evolutiva pela observação, um critério altamente subjetivo porque nem Darwin e sequer ainda hoje, há um critério mais objetivo, como tinham os químicos quando fizeram a Tabela Periódica, o átomo, mas que em tudo se assemelha à Árvore da Vida, e ficarão muito mais parecidas quando se tiver o estudo do DNA mais avançado, que de fato possa ser o critério mais seguro de calssificação de qualquer ser vivo, como os átomos classificam os elementos. ESSES DOIS EVENTOS SÃO FATOS, o resto é mero palpite que se pode considerar num estágio assim ou assado do avanço da intelectualidade humana, evidentmente pela ciência.
    Do ponto de vista tecnológico, há várias razões que mostram nossa completa ignorância ao mesmo tempo que nossa soberbia absurda. O DNA que se está descobrindo, JÁ FUNCIONA NA TERRA DESDE QUE ELA SURGIU, por isso não é novidade alguma, exceto para nós humanos no nosso estágio de ignorantes. Além disso, cada vez fica mais evidente que a origem da vida na Terra é um “projeto inteligente”, cujo desenho está gravado na célua que contém o DNA. EXATAMENTE COMO QUALQUER ARTEFATO HUMANO É CONSTRUÍDO, tem-se uma idéia que é o projeto, FAZ-SE UM DESENHO, QUE SE TRANSFORMA NUM PROCESSO DE PRODUÇÃO, E DAÍ SAI UM “ORGANISMO” QUE ATÉ PODE SE TORNAR “VIVO” PELO PRÓPRIO HOMEM. E aí surge um guru ateu como R. Dawkins que diz que o artefato humano não é “vivo” porque não é feito de carne e osso como os demais! PODE TANTA BURRICE DOGMÁTICA? O que esse guru entende por “ser-vivo”? Um monte de carne e osso? E por acaso ferro, madeira, osso, carne etc. são feitos de matéira diferente dos elementos que conhecemos? CONFUNDEM-SE VIDA COM ORGANISMO MATERIAL, E ORGANISMO MATERIAL COM MATÉRIA. Darwin claramente confundiu SER-VIVO COM ORGANISMO QUE ESTÁ VIVO, e daí seu equívoco com SELEÇÃO NATURAL.

    Evidências claras como água, que se torna turva e suja por discussões idiotas e estúpidas.
    Agora pensar que algo possa ser um “projeto e um desenho” por acaso sem inteligência alguma atrás, É DE FATO A SOBERBIA DO BURRO COM UM TAPA NA CARA, não deve olhar para os lados, que é a função de qualquer dogma de fé, QUE TANTO EXISTE NO CIENTISTA COMO NO RELIGIOSO, quanto suficientemente fanáticos em suas crenças.

    Então, como alternativa às duas idiotices evolucionistas e criacionistas, A VIDA NA TERRA É UM PROJETO INTELIGENTE, E COMO PROJETO HÁ QUE TER UM PLANO, E SE HÁ UM PLANO TEM QUE SER DE ALGO OU ALGUÉM QUE TENHA CONDIÇÃO DE DECIDIR, portanto, NADA POR ACASO. É um projeto e plano exatamente como homem terá que fazer se um diz quiser habitar um satélite ou mesmo outro planeta. SE CAIR LÁ DO JETIO QUE É AQUI, VIRÁ PÓ RAPIDINHO. Em outras palavas, SE ÁLGUÉM VIVO QUISER HABITAR ALGUM LUGAR, TEM QUE TORNAR ESSE LUGAR HABITÁVEL, claro para qualquer menino de jardim de infância.
    A pergunta que faço evolucionistas e criacionistas é QUE SE NÃO É DEUS, mesmo possa ser inteligente, E NEM UM NADA, que não tem como ser inteligente, o projeto de vida É DE QUEM OU DE QUÊ?
    Essa pergunta óbvia não aparece em discussão alguma, e se nem há a pergunta, procurar a resposta seria mais idiota ainda.

    A PERGUNTA ESTÁ AI AO AUTOR DO TEXTO, Sr. ROSSETTI, talvez possa contestar or argumentos acima, inclusive a própria pergunta. MAS O FATO É QUE TANTO O EVOLUCIONISMO COMO O CRIACIONISMO NÃO RESISTEM PERGUNTAS INOCENTES ATÉ DE JARDIM DA INFÂNCIA.
    E fazemos estatísticas procurando opiniões, e até tiramos conclusões sobre elas!!

    arioba

    • Não entrarei no mérito da discussão extensa porque senão nossos comentários viram textos gigantesco, como se já não bastasse os meus… rsrs.
      Prefiro ir expondo as idéias nos textos subsequentes que ja tenho aqui a respeito desses temas e que traram mais reflexões.
      Não há nada de cruel em duvidar de Darwin ou do criacionismo. É perfeitamente natural, estamos defendendo posicionamentos distintos em um ponto em que a ciência e a religião se tocam. O caso é que temos uma mecânica de formação planetária, constantes físicas que podem ser vistas como ajustadas propositadamente, uma formações moleculares, diversas espécies, funcionamento de tecidos e orgãos em biologia. Isso tudo esta aqui, é fato, razão pelas quais aqui discutimos. Não há problema algum contestar as explicações darwinianas, voce não vai para o inferno por causa dessas contestações. Voce pode contestar também as argumentações cristãs feitas pelos criacionistas.
      Mas então qual é o seu posicionamento? Sob a concepção de um engenheiro que não concorda com evolução e criação qual sua explicação? Para discutir com tanto afinco arioba, creio que voce deva ter uma carta na manga, uma opinião a respeito de como chegamos a ponto em que estamos hoje. Compartilhe conosco.
      Se a evolução e os elos são ridículos e a idéia de um ser divino também é estupida eu o pergunto: Então como voce explicaria?

  2. Os evolucionistas mais uma vez mastigam pedrinhas de areia …

    a evidência em favor da evolução também é indiscutível …Rochas de erupções vulcânicas (ígneas) enterradas perto de um fóssil contêm material radioativo.

    O calor de um vulcão próximo da amostra ou processos de lixiviação, água que infiltra e penetra no solo, enfim os vários tipos de intempéries com infiltrações/contaminações de vários tipos nas camadas, inclusive radiação cósmica e solar alteram as datações de forma evidente nas rochas.

    Estudos mostram: “Na dataçao de rochas metamórficas e de rochas sedimentares, estes métodos apresentam algumas limitações. No caso das rochas sedimentares, um dos seus principais grupos (rochas detríticas) resulta de processos de meteorização de rochas pré-existentes, pelo que a sua dataçao radiométrica também apresenta evidentes limitações.”
    http://sites.google.com/site/geologiaebiologia/biologia-e-geologia-10%C2%BA/a-medida-do-tempo-e-a-idade-da-terra

    em favor da evolução aparece também na resistência que bactérias podem desenvolver contra antibióticos. Quanto mais se usam antibióticos, maior a chance de que mutações gerem bactérias resistentes. Esse tipo de adaptação por pressão seletiva …

    Mais uma vez a falácia das bactérias, quando o autor mesmo responde que no máximo gera resistência/adaptação aos antibióticos …e SÓ!
    Nada que confirme uma suposta macroevolução – mudanças estruturais morfológicas evidentes para um NOVO organismo!
    No mais bactérias, continuam… bactérias.

    Será que é tão ofensivo assim termos tido um ancestral em comum com outros primatas, como os chimpanzés?

    Não é ofensivo, é burrice mesmo do cara que fala isso!! O mito continua o mesmo!
    Alegam que homens e primatas tem o mesmo ancestral, e a “prova” seria o DNA 98% igual. Porém, não citam que nem 3% do genoma deles foram mapeados e sequenciados ainda e que o “lixo” genético, não é tão lixo assim, e está em estudo.
    Se eu tomar um copo de leite com 1% de estricnina será fatal.

    E há um abismo de diferenças entre homens e primatas: físico, intelectual, moral, espiritual e homens fazem carros, micros, foguetes, música, artes, engenharias, tem práticas sociais, religiosas, culturais, reflexivas, consciência etc…, mas primatas não.
    1000 macacos digitando por milhões de anos nunca farão “Hamlet”, nem mesmo um gibi.

    se formos mais para o passado, todos os animais que existem descenderam de um único ancestral, o Último Ancestral Universal Comum (na sigla Luca, em inglês), que provavelmente era um ser unicelular.

    Falar é muito fácil, pura especulação, eu quero ver provar isso.Do jeito que falam em ancestral comum deveriam haver trilhões de fósseis em transição por aí. Justamente se a evolução é lenta, gradual, cumulativa como pregam; haveriam claras mudanças transicionais anatômicas/estruturais em transformação entre as espécies.

    Até o famoso paleontólogo Stephen Gould diz que as espécies surgem de repente e completamente formadas, e funcionais (como vemos) e ainda:
    “A extrema raridade de formas transicionais persiste. As árvores evolutivas só tem dados nas pontas e nós de seus galhos; o resto é DEDUÇÃO, POR MAIS RAZOÁVEL que seja, NÃO evidência de fósseis” (Evolution’s Erratic Pace p.14).

    Crer que de um bichinho unicelular vieram toda a complexa e variada fauna e flora da natureza pra mim é totalmente ilógico, irracional, incoerente, insensato.
    A Bíblia me parece mais aceitável e lógica com um Criador Inteligente para a enorme e fina diversidade a nossa volta.

    • Bem, já discutimos varias vezes isso, esclareci várias dessas alegações em outros textos e não vou ficar rescrevendo.
      Mas se parece lógico e racional acreditar em um criador que em seis dias fez tudo, então começa a fazer sentido todas as estórias ilógicas, irracionais, incoerentes e insensatas da bíblia. Fica claro que o que te leva a crer nisto é a fé! Não ha nada de ciência nisto!
      Alias, porque fazemos ciência? Para que filosofia, senso comum? Para que tudo isso se as respostas de tudo está na bíblia!!!

  3. Qual a teoria a imagem apresenta e quais suas principais afirmações quanto a origem e as mundanças das especies ao longo do tempo?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s