ESTUDO REVELA NOVOS INDÍCIOS SOBRE RESSURREIÇÃO DE JESUS. (comentado)

Um grupo de arqueólogos e especialistas em assuntos religiosos apresentou em Nova York as conclusões de uma pesquisa que indica indícios da ressurreição de Jesus a partir de um túmulo localizado em Jerusalém há três décadas.

“Até agora me parecia impossível que tivessem aparecido túmulos desse tempo com provas confiáveis da ressurreição de Jesus ou com imagens do profeta Jonas, mas essas evidências são claras”, afirmou na terça-feira à agência de notícias Efe o professor James Tabor, diretor do departamento de estudos religiosos da Universidade da Carolina do Norte, um dos responsáveis pela pesquisa.

O túmulo em questão foi descoberto em 1981 durante as obras de construção de um prédio no bairro de Talpiot, situado a menos de quatro quilômetros da Cidade Antiga de Jerusalém.

Um ano antes, no mesmo lugar, havia um túmulo que muitos acreditam ser de Jesus e sua família.

Ao lado do professor de Arqueologia Rami Arav, da Universidade de Nebraska, e do cineasta canadense de origem judaica Simcha Jacobovici, Tabor conseguiu uma permissão da Autoridade de Antiguidades de Israel para estudar o local desde que não houvesse participação humana. Para atender ao pedido, usaram-se câmeras de alta tecnologia.

 .

IMAGEM DE PEIXE

Em uma das ossadas encontradas, que os especialistas situam em torno do ano 60 d.C., é possível ver a imagem de um grande peixe com uma figura humana na boca. Segundo os pesquisadores, seria uma representação que evoca a passagem bíblica do profeta Jonas.

A pesquisa também descobriu uma inscrição grega que faz referência à ressurreição de Jesus, detalhou à Efe o professor Tabor, que acrescentou que essa prova pode ter sido realizada “por alguns dos primeiros seguidores de Jesus”.

“Nossa equipe se aproximou do túmulo com certa incredulidade, mas os indícios que encontramos são tão evidentes que nos obrigaram a revisar todas as nossas presunções anteriores”, acrescentou o especialista, que acaba de publicar um livro com todas as conclusões de sua pesquisa, “The Jesus Discovery”.

O professor reconhece que suas conclusões são “controversas” e que vão causar certo repúdio entre os “fundamentalistas religiosos”, enquanto outros acadêmicos seguirão duvidando das evidências arqueológicas da cristandade.

Anteriormente, essa mesma equipe de pesquisadores participou do documentário “O Túmulo Secreto de Jesus”, produzido pelo cineasta James Cameron.

Na obra, os arqueólogos encontraram dez caixões que asseguram pertencer a Jesus e sua família, incluindo a Virgem Maria, Maria Madalena e um suposto filho de Jesus.

Segundo o documentário, as ossadas encontradas supostamente apresentavam inscrições correspondentes às identidades de Jesus e sua família, o que acaba reforçando a versão apresentada no livro “O Código da Vinci”, de Dan Brown, o mesmo que indica que Jesus foi casado com Maria Madalena e que ambos teriam tido um filho juntos

Fonte: Folha

.

Resenha do autor

A reportagem poderia ter vindo com um título bem mais legítimo; Jesus Cristo é tão humano quanto você. Quem analisou os achados arqueológicos acima foi James Cameron, autor do documentário O Túmulo Secreto de Jesus.

Mais evidencias apontam para um Jesus humano, com virtudes e defeitos assim como eu ou você.

Há alguns anos certas linhas de pensamento sugeriram que Jesus era casado com Maria Magdalena como ousou Dan Brown em seu livro. Outras sugeriram que Maria Magdalena era somente uma financiadora de barcos de pesca na cidade de Magdala e financiava as pregações filosóficas de Cristo.

A presença do suposto túmulo de Jesus Cristo que deveria ser uma evidencia crucial de seu papel como messiah, como filho do homem executando o maior de seus milagres parece ter ficado unicamente no mérito da mitologia local.

Dan Brown conhecia todos esses fatos históricos e usando a imaginação dos fanáticos da teoria da conspiração criou uma historia bastante interessante misturando ficção e história. Mas o que isso tem a ver com a verdadeira identidade de cristo?

Existe uma “teoria” de que a linhagem de Cristo se perpetuou ao longo dos anos após sua morte e reapareceu na França. Alias, há documentos na França que atestam isso embora sejam bem contestados e por isso serão tratados com falsos aqui.

A lenda diz que todos os membros da dinastia Merovíngia seriam descendentes de Cristo. Essa é a farsa dos fanáticos por teorias de conspiração.

Vejamos os fatos. Brown usou essa lenda para criar seu livro a personagem Sophie Neveu, uma personagem francesa.

O nome Sophie ou Sofia tem uma implicação direta no fato histórico da sociedade dos cavaleiros templários conhecido como Ordem dos Pobres Cavaleiros de Cristo e do Templo de Salomão.

Eles protegiam um segredo que não se sabe até hoje qual era. Alguns diziam que os templários adoravam a cabeça de João Batista, e esse era o Santo Graal do cristianismo. A versão de Dan Brown é o sangue real que corre nas veias de Sophia, resultado direto da linhagem de Jesus Cristo, usando a mitologia merovíngia. A outra proposta mais interessante revela que os templários adoravam uma estatua satânica de Baphomet.

Baphomet que é apontado como o símbolo de satanismo e ocultismo envolvendo o pentagrama invertido tem uma simbologia tipicamente cristã.

A palavra Baph, estaria ligada ao deus Baal, Pho estaria ligado ao deus Moloch e Met, advindo de um deus dos egípcios, Set.

Mas a palavra Baphomet esta ligado ao cristianismo agnóstico, aquela vertente cristã que mostra um Jesus humano. Por trás do cristianismo existe também uma numerologia que não é assumida pelos seus seguidores. É evidente que isso ocorre, o numero sete tem peso grande nos elementos históricos do cristianismo por exemplo. Apesar de críticos os cristãos carregam a tradição numerológica igual ás religiões pagãs do passado.

Assim como a gematria e as palavras cabalísticas o nome Baphomet traduzida para o grego significa Sophia, que corresponde a Sabedoria.

O termo filosofia corresponde literariamente ao amor pela sabedoria. O rei Salomão pediu sabedoria a Deus para reinar e os cristãos gnósticos buscam a sabedoria através da conquista do divino interior, na conexão com deus através da alma.

Para os cristãos agnósticos Jesus era um homem sábio, espirituoso, porém tão humano quanto eu ou você e seus ensinamentos tinham um peso teológico na conquista da saberia pelo gnosticismo, a sabedoria vindo do seu interior. O corpo era apenas uma prisão que impedia o espírito de alcançar a plenitude da sabedoria, que so seria alcançada após a morte. Por essa razão os gnósticos vêm Judas como o único apóstolo que conheceu verdadeiramente o ensinamento de Jesus, ajudando-o a libertar seu espírito entregando Jesus a condenação. Para o gnóstico Judas era um herói e não um traidor.

No final das contas tanto faz o segredo que os templários guardavam, pois a simbologia cristã revela claramente o que ele significa. O segredo não era a linhagem sanguínea de Cristo, ou seu relacionamento com Maria Magdalena, se é que realmente houve, embora isso fique evidente acima. Não importa se Baphomet significa o batismo em sabedoria.

O que importa é o papel teológico que Jesus apresenta, sendo o que ele sempre foi, tão humano quanto eu ou você, e unicamente isto.

.

Scritto da Rossetti

Palavra chave: Netnature, Rossetti, Jesus, Ressurreição, Templários, Sabedoria, Gnosticismo.
Anúncios

11 thoughts on “ESTUDO REVELA NOVOS INDÍCIOS SOBRE RESSURREIÇÃO DE JESUS. (comentado)

  1. Jesus foi 100% humano sim, mas também 100% divino.
    Na época de Jesus, já havia outros Jesus, e muito mais depois de Cristo – O Messias Filho de Deus – ter feito todas aquelas obras, sinais e maravilhas; era natural as mães porem esse nome.
    Então este túmulo de Jesus, pode ser de qualquer Jesus.

    É muito bom que aconteça isso. Esses pesados ataques à Palavra tipo: os mitos, invenções e fofocas de Dan Brown que se mostra outro grande charlatão.
    Isto é mais uma profecia se cumprindo! …o descrédito pela Escritura! ao ouvir e aceitar esses embusteiros.

    • Vamos aos dados da arqueologia bíblica.Nessa tumba havia dez ossarios e 6 deles com nomes em aramaico, todos foram decifrados.
      Yeshua filho de Yosé (jesus), havia o de Maria. Ate ai poderia ser qualquer um. Mas havia também Mateus que pertencia a linhagem de Maria, havia Yoset que era irmão de jesus, Mariamne que era o tratamento dado a Maria em grego ja que em Magdala falava-se tanto o grego quanto o aramaico, Simão e por fim Tiago.
      O que foi feito? Cruzou-se os nomes e calculou-se as probabilidades pelos nomes, divide-se por mil pela quantidade de tumbas que datam exatamente dois mil anos, ou seja até 70 d.c que era o período onde se escreviam os nomes das pessoas nos ossarios e descartou-se ainda o nome de Matias porque ele era pertencente a arvore de maria.
      A chance de não ser a tumba de Jesus é uma entre 30 mil.
      Se fosse somente Jesus e Maria poderia ser de qualquer família, mas os nomes dos outros parentes refinam os dados.
      O DNA mitocondrial entre Mariamne e Yushua mostrou que eles não eram da mesma família e era costume enterrar o conjuge na mesma tumba, portanto fortes evidencias de que eram casados. Ainda há o ossário de uma criança com a inscriçao aramaica de Judáh filho de Yushua.
      Vejamos; 6 nomes de 10 em uma tumba. Cruze esses dados com a família de cristo, José, Maria, Yoset, Juda, Salomé, Mirian, Simão, Tiago, todos irmão de Jesus e mais a sua suposta esposa Maria Magdalena.

      Quando Jesus foi crucificado o que ele disse a Maria madalena? Esta em João 19 – 26 “Ora Jesus, vendo ali sua mãe, e que o discípulo a quem ele amava estava presente, disse a sua mãe: Mulher, eis aí o teu filho” Eis o seu filho, que bela inscrição, ou confissão.

      Desculpe Cicero, muitas coincidências, demais por sinal, mas não espero que voce considere isso uma possibilidade, voce esta encoberto pela fé, e ela por si só desqualifica qualquer evidencia material, física ou até mesmo a verdade.

      Dan Brown nao é um charlatão, ele deixa bem claro que seus livros são de Ficção. Tem muito mais conhecimento histórico do que eu e voce. Assim como é ficção acreditar que a nova ordem mundial é uma imposição satanica, ou que os illuminti querem trazer o anti-cristo.
      Dan Borwn conheçe a simbologia e as caracteristicas teologicas do cristianismo e usou-as para montar uma estórinha de condão e ganhou milhões com isso. Diga-se de passagem que não foi muito diferente do que os pastores fazem.
      Não chamaria de fofocas, diria que são evidencias do outro lado da moeda e cada vez mais os evagenlhos apócrifos parecem mais reais e até mais edificantes sob o ponto de vista espiritual, pois não se apresentam tão radicais já que o cristão gnóstico tratava as escrituras com um teor metafórico bem mais forte do que as verdades absolutas do cristianismo que reinou até hoje.
      É uma pena pois o presente cristianismo carrega uma mancha negra em sua historia e o cristianismo agnóstico nunca poderá re-surgir pois todos os livros que retratam a real história de jesus foram queimados. O que vemos hoje é essas baboseiras de Neo-paganismo e Neo-Cátaros ressurgindo.
      Só para terminar, o IAA (instituto de antiguidades de Jerusalém) impediu os arqueólogos de estudar o ossário de Judá pois não querem provas que mostrem que ele era filho de Jesus.
      Ah que ponto chegamos…

      Se fé continuaria sendo forte mesmo sabendo que jesus é como eu o voce, com virtudes e defeitos? De saber que jesus tinha relacionamentos sexuais, filhos, beijava? Encare isso como um teste a sua fé, sera que o que não mata engorda?

  2. O artigo da Folha é incerto e duvidoso, pois apenas esses arqueólogos asseguram, …não há consenso de todos que trabalham nesta área específica.

    Na obra, os arqueólogos encontraram dez caixões que asseguram pertencer a Jesus e sua família, incluindo a Virgem Maria, Maria Madalena e um suposto filho de Jesus.

    Nenhuma das duas Marias poderia ser o mitocondrial de Cristo, pois Ele era de origem divina.
    A Bíblia não diz que Mirian e Salomé eram irmãs de Jesus. Salomé era irmã de Maria – mãe de Jesus.

    Em João 19 – 26 diz claramente que era sua mãe Maria; e não a Maria Madalena e o discípulo (não filho) amado era João, que passou a ser filho adotivo de Maria provavelmente já viúva.

    Daria pra confiar uns 10% de tudo que Dan Brown alega, pois prefere pesquisar em fontes extra-bíblicas duvidosas – os apócrifos. Por isso são apócrifos (não inspirados) já analisados seriamente pelos pais da Igreja.

    Alguns apócrifos estão apenas na bíblia católica, e muitos ficaram fora.
    O que determina sua canonicidade (inspiração) é:
    1. O Cristianismo veio do MONOTEíSMO judaico e não de centenas de deuses/lendas como poderias alegar. O AT. confirma o NT. e vice-versa.
    2. Se não fosse provado que um livro era de autoridade de um APÓSTOLO, ou com perfil profético era logo descartado.
    3. Houve certos livros que estavam na iminência de serem incluidos no cânon, mas não tinham suporte de autoridade de um apóstolo ou cunho profético.
    4. Vários séculos se passaram antes de haver conhecimento de todos os livros canônicos pelos concilios de Hipona(393) e Cartago(397).

    Alguns livros que mais tarde foram incluidos no cânon tiveram que aguardar um tempo considerável antes de obter reconhecimento. Foi um processo gradual, assim como a ciência se desenvolve gradualmente ainda hoje.

    É uma pena pois o presente cristianismo carrega uma mancha negra em sua historia e o cristianismo agnóstico nunca poderá re-surgir pois todos os livros que retratam a real história de jesus foram queimados

    Não é o cristianismo que carrega uma mancha negra, mas homens mancharam o cristianismo de forma negra com ações contrárias à Palavra.
    E quem disse? por que? e como provar? que o cristianismo gnóstico (não pode ser Agnóstico) teria a real história de Jesus??

    • As evidencias estão ai, O DNA mitocondrial mostrou que não há relação parental entre Yeshua e Mariamne, portanto foram enterrados como cônjuges. Entre Maria e Yeshua certamente tem pois são mãe e filho.
      em joão faz referencia a Juda sim, razão pela qual em seu ossário esta escrito em aramaico “Juda filho de Yeshua”.
      A reportagem da folha é superficial, mas o documentário registra tudo, pela arqueologia bíblica.

      Ações contrárias a palavra, como as que voce disse no comentário anterior, de que pela palavra podemos julgar o outro “pela Palavra podemos julgar qualquer pessoa” ou então quando voce diz “Até pastores corruptos podem pregar a verdade da Palavra
      voce esta pensando igualzinho as pessoas que criaram essa manja negra sobre o cristianismo. Replicando e replicando…igualzinho!!!

  3. O DNA mitocondrial …Entre Maria e Yeshua certamente tem pois são mãe e filho.

    Errado. As pesquisas não mostraram isso, qual a prova que teria?

    “Juda filho de Yeshua”

    A passagem de João nem cita esse Juda, e diz claramente “vendo ali sua mãe“, “disse a sua mãe“: Ora, Maria Madalegna não era mãe de Jesus.

    Ações contrárias a palavra, como as que voce disse no comentário anterior, de que pela palavra podemos julgar o outro

    Não só as pessoas; mas os eventos também; entre o que esses caras dizem e o que a Bíblia diz, …ainda prefiro aceitar a Bíblia, …como a Palavra de Deus.

    • Exatamente, ele se refere a maria madalena, que segundo os ossários é mãe de Judá, filho de Jesus. É isso que o DNA mitocondrial mostrou e corroborou a passagem de joão. Não foi feito ainda o DNA mitocondrial entre Jesus e Maria, sua mãe, mas certamente não haverá polimorfismos pois sabemos que Maria é mãe de Jesus e ela é quem doa as mitocôndrias.

      Parabens, vc é seguidor da biblia e tem a capacidade de julgar parabéns, mas eu nào sou seguidor e mesmo se fosse, a homosexualidade ou os pecados dos outros são problemas que eles devem resolver com Deus e não com meros mortais que se acham no direito de julgar as pessoas e os eventos. Voce esta replicando a mesma mentalidade imbecil que matou milhões na idade das trevas.

      Não julgueis, pois, para não serdes julgados; porque com o juízo que julgardes os outros, sereis julgados; e com a medida com que medirdes, vos medirão também a vós. (Mateus, VII: 1-2).

      Voce é tão pecador quanto eu, e vamos juntos queimar no inferno segundo seu julgamento!!!

      • Pergunto:

        Como saber que realmente era o túmulo do Jesus de Nazaré (e não de Jerusalém onde acharam) e o de Maria e o de Madalena e os outros e do seu suposto filho que nem sequer foi examinado?
        Essas suposições, alegações, achismos e teorias mirabolantes já estava profetizado que haveria; só vindo a confirmar cada vez mais a veracidade das Escrituras.
        E vídeo por vídeo temos o do prof. e arqueólogo Rodrigo Silva refutando em vários pontos o de Cameron: http://www.youtube.com/watch?v=wOCVIe1hsdo

        Sim, pela Palavra posso ser julgado, e sei que não sou perfeito nem santo; pois o céu é lugar de pecadores perdoados e não super-santos crentes.
        A Palavra nos garante que somos filhos de Deus aos que recebem a Jesus Jo 1:12, e confirmando o seu Espírito com nosso espírito, Rm 8:16. Logo, livres da condenação eterna.

      • Talpiot é cerca de 3 quilômetros de Jerusalém. Qual a chance de existir outro Jesus com uma mãe chamada maria um pai chamado de Jose um irmão chamado Yosef, Simão e Thiago? Com mais uma maria madalena e um Judá. A chance de estar errado é 1 em 30 mil.

        Achismo? Olha ai as evidencias, veja voce mesmo, evidencias físicas, arqueológicas, a mesma arqueologia Bíblia que confirma os eventos que supostamente corroboram as passagens bíblicas apontam para o contrário. porque agora ela é rejeitada? Porque o aceitação é circunstancial?

        Bom, sou pecador então de qualquer forma eu vou para o céu. Só que julgar é errado!!! O livro que voce segue mostra isso. Alias, m,e lembra muito a passagem hinduista de Bhagavad gita em Karmayoga “Mesmo a violência realizada no cumprimento do dever, com um estado de espírito apropriado, é sem pecado”. Por menos que isso criou-se Jihad.

      • Então fica assim; vc crê no Cameron que eu vi uma boa parte dos 10 vídeos dele; mas que muitos pesquisadores, arqueólogos rejeitam como mostrado no único vídeo do Rodrigo, que vc nem deve ter visto.

        O túmulo achado perto de Jerusalém era de família de classe média-alta e Jesus sabe-se era de família pobre. E era costume enterrar os mortos em suas cidades de origem. Logo, Jesus deveria estar enterrado em Nazaré! se estivesse morto.

        Pecado não entra no céu. Mas o Novo Test. nos mostra como entrar no céu, libertos do pecado.

      • Eu não creio em Cameron, não torne Cameron um religioso, eu aposto minhas fichas na explicação dele!!!! Conheço o Dr.Rodrigo Silva, já conheço a reputação dele na arqueologia bíblica, tendencioso e pastores refutando evidências físicas, rsrsrs
        O que ele tenta fazer é desconfigurar os achados dos arqueólogos. Alias, ele explica só o nome de Jesus e Mariamne. Desculpe mas adventistas não tem muita credibilidade quando se trata desses assuntos.
        Ah, e no final a IAA tentou esconder a tumba… muito estranho.

  4. Não Ariovaldo, estão falando do corpo de cristo, após a crucificação. O DNA vem da mãe, do pai não é possível cientificamente porque o DNA analisado é o mitocondrial e quem doa as mitoncodrias é a mãe. E sob o ponto de vista religioso Jesus é filho de Maria com o espirito santo.
    O que se prova é que o ossário que se refere a Jesus tem de fato Maria como mãe.
    Não se fala em coletar Dna de Deus ou fantasma. Estamos falando dos supostos ossos de Jesus e do seu filho Judá que tem o DNA da Mariamne ou Maria Magdalena.
    A ciência sabe que 75% do universo é feito de matéria escura e o resto é matéria convencional. A unica partícula da física que consegue ultrapassar barreiras materiais são os neutrinos que vulgarmente são chamados de partículas fantasmas pois passam entre os espaços entre átomos. Mas ela não tem correlação alguma com as supostas aparições de espíritos ou matéria fluídica ou periespiritos porque se realmente fossem seriam detectados a todo momento.
    Se realmente existem espíritos, matéria fluídica elas nã são feitas de partículas atômicas ou subatômicas. elas se encaixam no plano mistico e por essa razão e tantas outras o espiritismo se encontra no mesmo patamar do criacionismo, o de pseudo-ciência.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s