OS INSETOS FORAM OS PRIMEIROS ANIMAIS A DESENVOLVER ASAS 400 MILHÕES DE ANOS ATRÁS

Foto de Alexander Wild. http://www.alexanderwild.com

Foto de Alexander Wild. http://www.alexanderwild.com

Um time internacional de mais de 100 pesquisadores publicou o primeiro mapa da evolução dos insetos. O entendimento de como os insetos são relacionados, o que até agora era desconhecido, descobre a sua verdadeira importância ecológica, econômica e médica. Os resultados, publicados em uma edição da revista Science, reconstrói a árvore filogenética dos insetos e responde perguntas antigas sobre a origem e a evolução da maioria das espécies da maior classe existente.

“Os insetos apareceram há 500 milhões de anos, assim como os primeiros ambientes terrestres”, diz Dr. David Yeates, diretor do Australian National Insect Collection. “E, bem como as plantas começaram a desenvolver-se na altura, há 400 milhões de anos, os insetos também desenvolveram asas”

Os resultados do surgimento das asas foi publicado por cientistas no 1KITE e foram essenciais para o entendimento de milhões de espécies de insetos atuais que se adaptaram e moldam o ambiente terrestre e tanto suportam quanto prejudicam a natureza.

“Quando você imagina um mapa gigante da evolução da vida na Terra, os insetos são, de longe, a maior parte da figura”, diz Dr. Michelle Trautwein, da California Academy of Sciences, que contribuiu para uma porção do estudo. “Nós não tínhamos tido uma imagem muito clara de como os insetos evoluíram – desde as origens da metamorfose até os primeiros insetos a voarem. A nova tecnologia de sequenciamento nos permitiu comparar uma grande quantidade de dados genéticos e, pela primeira vez, nós pudemos  preencher as lacunas. A ciência está nos deixando mais próximos  dos mistérios da evolução como nunca fez antes”

Sem título

Mais de 100 cientistas internacionais contribuiram para o estudo da evolução do marco. O conjunto de dados molecular enorme inclui 144 espécies de insetos cuidadosamente escolhidos, e reconstrói a árvore da vida do inseto. Foto por 1KITE (1K Insect transcriptoma Evolution). Clique aqui para uma fotografia maior.

Usando um conjunto de dados de 144 espécies cuidadosamente escolhidas, cientistas do 1KITE apresentaram estimativas confiáveis de dados da origem e das relações da maioria dos grupos de insetos. Eles mostraram que os insetos se originaram e ao mesmo tempo, as plantas terrestres mais jovens, há cerca de 480 milhões de anos. A sua análise sugere que os insetos e as plantas se desenvolveram no ambiente terrestre juntos, com os primeiros desenvolvido asas há 400 milhões de anos, mais cedo que qualquer outro animal e quase ao mesmo tempo que as plantas começaram a crescer para formar florestas.

A nova reconstrução da árvore da vida dos insetos só foi possível graças a uma cooperação de mais de 100 especialistas de biologia molecular, morfologia de insetos, paleontologia, taxonomia de insetos, evolução, bioinformática embriológica e ciências da computação. O consórcio foi liderado por Karl Kjer , da Rutgers University, Xin Zhou, da China National GeneBank e Bernhard Misof, do Zoological Research Museum Alexander Koenig.

Traduzido por Josikwylkson Costa Brito e adaptado de Entomology Today

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s