SAIR COM AMIGOS DEIXA CHIMPANZÉS MENOS ESTRESSADOS.

Todos nós precisamos de alguém para nos apoiar.

(Eric Kilby via Flickr)

(Eric Kilby via Flickr)

Seja tomar um copo de vinho após o trabalho ou assistir a um filme, passar tempo com amigos e entes queridos, muitas vezes uma das melhores curas para o estresse. Mas não somos os únicos que encontram conforto em nossos laços sociais: os chimpanzés também se voltam para seus amigos e companheiros, quando precisam de ajuda para relaxar – e isso poderia aliviar mais do que seu estado mental, relata Eva Botkin-Kowacki para The Christian Science Monitor.

Os chimpanzés estão entre os bichos mais sociais do mundo, com sua vida cotidiana governada por teias complexas de amizades e laços familiares. Embora possam ser extremamente territoriais – com interações perigosas entre grupos para ambos os lados, uma vez que defendem um domínio – eles também têm um lado mais suave.

“Acreditamos que os seres humanos são muito especiais porque eles podem fazer essas relações interessantes entre si durar ao longo dos anos”, Roman Wittig, um primatologista no Instituto Max Planck para a Antropologia Evolutiva, diz Botkin-Kowacki. “Isso não é nada que seja tipicamente humano. O sentimento de boa amizade, de laços fortes é algo que os chimpanzés também podem sentir”.

Durante situações estressantes, quer se trate de patrulhar o território ou de enfrentar grupos rivais, os hormônios do estresse inundam a maioria dos corpos dos chimpanzés. Isso pode torná-los mais conscientes de seus arredores e ajudá-los a tomar decisões rápidas sobre se devem lutar ou fugir, disse Ben Garrod para a The Conversation. Wittig e seus colegas descobriram que os níveis de hormônios de estresse em chimpanzés que passam tempo com “parceiros de ligação” rapidamente retornam ao normal depois de situações estressantes. Ainda mais surpreendente, essas relações também parecem mitigar os efeitos do estresse crônico diário. Eles publicaram suas descobertas na revista Nature Communications.

“Os primatas sofrem de estresse social porque vivem em grandes grupos ligados”, afirmou Robin Dunbar, pesquisador da Universidade de Oxford, que não estava envolvido no estudo, para a Penny Sarchet, da New Scientist. “Eles não podem sair facilmente. As amizades são a solução para este problema, porque criam alianças de proteção”.

Ainda não está claro o impacto da proximidade da amizade nos hormônios dos chimpanzés – como se os chimpanzés com amizades particularmente próximas experimentam maiores quedas nos hormônios do estresse do que aqueles com relações cordiais. Contudo, este estudo sugere que as relações têm efeitos fisiológicos semelhantes para os chimpanzés, tal como acontece com os seres humanos. Sabendo que os chimpanzés têm um tempo curto para relaxar com os seus amigos depois de um dia difícil pode ajudar a investigação futura para medir o quão calmante essas relações podem ser.

Fonte: Smithsonian Magazine

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s