COMO A EVOLUÇÃO EQUIPOU NOSSAS MÃOS COM CINCO DEDOS.

Alguma vez você já se perguntou por que nossas mãos têm exatamente cinco dedos? A equipe do Dr. Marie Kmita certamente se perguntou. Os pesquisadores do Institut de Recherches Cliniques de Montréal e Université de Montréal descobriu uma parte deste mistério, e a sua notável descoberta foi publicada na revista Nature.

Alguma vez você já se perguntou por que as nossas mãos têm exatamente cinco dedos? Nova pesquisa tem sido cavando ao redor para descobrir o porquê. Crédito: © Photka / Fotolia

Alguma vez você já se perguntou por que as nossas mãos têm exatamente cinco dedos? Nova pesquisa tem rodeado a questão para descobrir o porquê. Crédito: © Photka / Fotolia

Uma questão evolucionária

Sabemos há vários anos que os membros de vertebrados, incluindo os nossos braços e pernas, resultam de barbatanas de peixe. A evolução que conduziu ao aparecimento de membros, e em particular o aparecimento de dedos em vertebrados, reflete uma mudança no plano do corpo associado com uma mudança de habitat, a transição de um ambiente aquático a um ambiente terrestre. Como essa evolução ocorreu é uma questão fascinante que vai todo pelo caminho de volta do trabalho de Charles Darwin.

Pesquisadores em Chicago, Dr. Neil Shubin e sua equipe, demonstraram que dois genes – hoxa13 e hoxd13 – são responsáveis pela formação de raios da nadadeira em nossos dedos. “Este resultado é muito emocionante, porque estabelece claramente uma ligação molecular entre raios da nadadeira e os dedos”, disse Yacine Kherdjemil, um estudante de doutorado no laboratório de Marie Kmita e primeiro autor do artigo publicado na revista Nature.

No entanto, a transição a partir da nadadeira e o membro não foi realizada durante a noite. O registro fóssil indica que os nossos antepassados eram polidactílicos, o que significa que eles tiveram mais de cinco dedos, o que levanta outra questão-chave. Quais mecanismos levaram a evolução a favor pentadactilia (cinco dedos) entre as espécies atuais?

Uma observação, em particular, chamou a atenção da equipe do Dr. Kmita: “Durante o desenvolvimento, em ratos e seres humanos, os genes hoxa11 e hoxa13 são ativados em domínios separados do broto do membro, enquanto que em peixes, estes genes são ativados em sobreposição de domínios do desenvolvimento das nadadeiras”, disse Marie Kmita, diretora do Institut de Recherches cliniques de Montréal dO Genética e unidade de investigação Desenvolvimento e professora associada na pesquisa do Departamento de Medicina da Universidade de Montreal.

Na tentativa de compreender o significado desta diferença, Yacine Kherdjemil demonstrou que, reproduzindo a regulação do tipo do peixe para o gene hoxa11 em ratos, eles  desenvolvem até sete dígitos por pata, ou seja, um retorno ao estado ancestral. A equipe do Dr. Marie Kmita também descobriu a seqüência de DNA responsável pela transição entre a regulação dos peixes e do tipo do rato para o gene hoxa11. “Isso sugere que esta grande mudança morfológica não ocorreu através da aquisição de novos genes, mas simplesmente modificando suas atividades”, acrescentou o Dr. Marie Kmita.

Do ponto de vista clínico, esta descoberta reforça a noção de que as má-formações durante o desenvolvimento fetal não são apenas devido a mutações nos genes e podem vir de mutações em sequências de DNA conhecidas como sequências regulatórias. “No momento, limitações técnicas não permitem identificar este tipo de mutação diretamente em pacientes, daí a importância da pesquisa básica utilizando modelos animais”, disse Marie Kmita.

Journal Referência:
1. Yacine Kherdjemil, Robert L. Lalonde, Rushikesh Sheth, Annie Dumouchel, Gemma de Martino, Kyriel M. Pineault, Deneen M. Wellik, H. Scott Stadler, Marie-Andrée Akimenko, Marie Kmita.Evolution of Hoxa11 regulation in vertebrates is linked to the pentadactyl state.Nature, 2016; DOI: 10.1038/nature19813

Fonte: Science Daily

Anúncios

20 thoughts on “COMO A EVOLUÇÃO EQUIPOU NOSSAS MÃOS COM CINCO DEDOS.

  1. Maneira complicada de simplesmente ver as coisas como são. Alguém pode dizer por que o automóvel em geral, tem 4 rodas? E o trem um monte delas, e cada uma diferente da outra? PORQUE A INTELIGÊNCIA DO HOMEM QUE AS PROJETOU E CONSTRUIU ENCONTROU A FORMA MELHOR DE SEREM “ÚTEIS” PARA SI MESMO. A dificuldade de entender porque o homem é “projetado” do jeito que é, é porque os evolucionistas “acreditam” que é a própria natureza que faz isso, e por “seleção natural”, um contra senso: SELEÇÃO JÁ NÃO É NATURAL. Mas crenças, não se discutem. arioba

    • O quão esclarecedora e reveladora são as suas primeiras palavras “Maneira complicada de simplesmente ver as coisas como são”: esclarecedora pois permite supor, com altíssimo grau de confiança, que se expressa dessa forma pois não entende 1/3 do que foi dito. Reveladora pois evidencia o quanto aqueles que fazem ataques e criticas infundadas às pesquisas cientificas, como a sua, na esmagadora maioria das vezes, simplesmente não as entendem, ou as entendem muito pouco, de forma insuficiente para ataca-las e, claro, também para compreender onde seus ataques falham miseravelmente (e além de não compreenderem, na maioria das vezes, não desejam compreender, não buscam honestamente tentar entender). Não poderia deixar de ser assim, afinal, ataques sem fundamentos sempre vem das lacunas preenchidas com ignorância.
      A analogia ilógica utilizada por você reforça o quão ralo é seu pensamento critico e conhecimento cientifico, além do bom senso.
      Seu comentário escancara, ainda, um dos maiores problema do pensamento religioso: o desejo de que dois ou três versos tirados de algum lugar seja suficiente como resposta para absolutamente tudo o que há a nossa volta, ignorando as enormes incoerências e ausência de evidências.
      A conformidade em relação à ignorância é uma das coisas mais estarrecedoras nos religiosos.

      • Fala muito e explica pouco. SEM AS MÃOS COMO SÃO E SEM A POSIÇÃO ERECTA O QUE ADIANTARIA O HOMEM TER UM CÉREBRO DE DOIS KILOS? As mãos são como são para que se possa usar o cérebro mais evoluido do homem, e isso é por “seleção natural” amigo? SE ACREDITA, NÃO DISCUTO CRENÇAS, mas explique. arioba

    • “Fala muito e explica pouco. SEM AS MÃOS COMO SÃO E SEM A POSIÇÃO ERECTA O QUE ADIANTARIA O HOMEM TER UM CÉREBRO DE DOIS KILOS? As mãos são como são para que se possa usar o cérebro mais evoluido do homem, e isso é por “seleção natural” amigo? SE ACREDITA, NÃO DISCUTO CRENÇAS, mas explique. arioba”

      Olá arioba. O comentário acima é seu. Mas é Sério? Isso é tudo que tem pra dizer sobre minhas colocações anteriores? Claramente você pegou um desvio para não passar por transtornos…
      Uma reflexão sobre os desdobramentos daquilo que você afirma acima (as aspas são propositais para afastar más interpretações, muitas vezes intencionais, que alguém sempre esta disposto a fazer. Ao mesmo tempo ajudam a evidenciar as implicações da ideia que você esta propondo):
      Me parece que com “O QUE ADIANTARIA…UM CÉREBRO DE DOIS KILOS…”, você quer dizer um cérebro “moderno e evoluído” como o dos humanos atuais (que em média têm cérebro de 1,5 kg e não 2 kg), embora seja consenso que peso ou tamanho não implique complexidade nem potencial de processamento de informações como você parece afirmar (imagine o peso e tamanho do cérebro de uma baleia) – honestamente não espero a compreensão destes fatos (e de outros encontrados ao longo do texto) de alguém que utiliza o argumento acima marcado, que buscarei refutar aqui. Bem, o “evoluído” você usou mesmo. Também me parece que suas colocações não estão se limitando, apesar de usa-los no comentário, ao cérebro, às mãos e a postura ereta do ser humano, e sim a todo o organismo deste. Afinal, assim como você afirma que não adiantaria muito um cérebro “moderno e evoluído” sem ter as mãos e a posição ereta como elas são hoje, “modernas e evoluídas” (seja lá o que você quer dizer com isso. Acho que esta caindo em uma espécie de antropocentrismo – algo típico de criacionistas), também não “adiantaria” ter esses três pontos “modernos e evoluídos” sem ter, digamos, pés, pernas, quadris, sistemas digestório, respiratório, imunológico, etc. “modernos e evoluídos”, para acompanhar o conjunto. Também é bem provável, embora não tenha deixado claro, que essa alternativa ao processo evolutivo por seleção natural, defendida por você, que teria dado origem à fisiologia, anatomia, etc. do corpo humano, seja a velha e má conhecida origem divina – ou DI, se deseja ser mais furtivo e menos honesto intelectualmente. Então, temos aqui um perfeito exemplo de criacionista: afirma que todo o organismo humano é de uma complexidade e evolução tamanha que só pode ter sido projetado por algo superior.

      Seu (bizarro e equivocado) argumento esta em considerar que a evolução por seleção natural (mas, seletivamente, não a origem divina) produzirá, inevitavelmente, combinações de cérebros com “alto grau” de “modernidade e complexidade” (cérebro de “dois kilos”) e, ao mesmo tempo, mãos e posição ereta (e todo o resto do organismo?) com “baixos graus” de “modernidade e complexidade” no mesmo organismo vivo, fazendo com que, desta forma, o cérebro avançado não possa ser utilizado com plena capacidade, limitando e diminuindo sua ação. Como a evolução, vai sempre produzir organismos com essa falha, com essa discrepância entre uma área em seu corpo inteiramente “evoluída” e outra área inteiramente arcaica, tão não evoluída a ponto de ser não só inútil mas também atrapalhar a área evoluída (“…O QUE ADIANTARIA…”), a existência de cérebros, membros superiores, posição ereta e, por fim, todo o corpo “complexo e evoluído”, provariam uma origem humana por algo diferente e contrário do processo evolutivo. Geralmente essa outra origem, diferente e contraria à seleção natural, é por uma divindade superior, que normalmente ganha status de perfeita, onisciente, onipresente e onipotente (este parece ser seu caso): “As mãos são como são para que se possa usar o cérebro mais evoluído do homem…”

      Bem, se isso é real, se somos projetados intencionalmente, com cada parte do corpo projetada conscientemente para encaixar e funcionar de tal forma a não haver problemas em nosso corpo, então devemos esperar que nós, humanos, sejamos um organismo não só complexo e evoluído, mas de fato completos e perfeitos por si só, que não enfrentam problemas em relação à sua própria anatomia e fisiologia. Afinal, seriamos frutos de um processo não cumulativo, não gradual, não cego e não dependente do ambiente natural disponível, e sim idênticos ao desenho da prancheta do designer que, uma vez perfeito, não pode errar. Afinal, qual seria o sentido de dizer que “ele até erra, mas erra menos que a evolução”?
      Tenho a impressão que elucidei seu argumento melhor do que você e, talvez, agora já tenha percebido o quão estupido ele é, ou, se o estupido for você, deve ter ficado com ainda mais orgulho dele (seu argumento)… Foi por isso que em meu comentário anterior afirmei sobre você “A analogia ilógica utilizada por você reforça o quão ralo é seu pensamento critico e conhecimento cientifico, além do bom senso”, novamente esse trecho lhe cabe perfeitamente.

      Agora, antes de mais nada, gostaria de lhe chamar a atenção para algo que, apesar de estar em nosso cotidiano, parece que não percebeu: o imenso número de aparelhos, tecnologias, construções, processos cirúrgicos, etc., que possuem o objetivo único de corrigir diversas dificuldades e limitações que se apresentam a nossa espécie, das mais simples às mais complexas. Uma chave de fenda faz aquilo que nossas mãos e dedos não são capazes de fazer, ou ao menos fazem muito melhor. Uma moto ou carro, faz aquilo que nossas pernas não fariam, ou fariam com dificuldade e investimento alto de tempo e energia (às vezes tornando o processo inviável). Roupas, sapatos, luvas e capacetes nos mantém aquecidos e protegidos do ambiente externo, e sem eles as chances de padecer se elevam extraordinariamente. Vacinas e medicamentos nos ajudam a evitar e repreender as investidas de organismos invasores que se aproveitam das inúmeras brechas de nosso sistema imune. Óculos, lentes, binóculos corrigem, ampliam e melhoram nossa visão. Aparelhos de ouvido, protetores de ouvido e fones de ouvido fazem o mesmo com o sentido da audição. Próteses, pinos, placas corrigem imperfeições anatômicas. Ar condicionado e aquecedores nos dão melhores condições para enfrentar as temperaturas que são impostas a nós. Cirurgias diversas, entre elas do coração, da coluna e do cérebro (sim, coluna e cérebro!) podem ser realizadas para corrigirem diversos problemas que podem surgir durante o desenvolvimento fetal, na fase adulta ou na velhice do ser humano. Todos nós podemos desenvolver vários deste e outros problemas ao longo de nossas vidas.
      Todos estes medicamentos, instrumentos, ferramentas, aparelhos e procedimentos que salvam e prolongam nossa vida nem sempre existiram, e foram difíceis de serem pensados e produzidos. Surgiram ao longo de milhares de anos, e foram (e são) impulsionadas pela percepção de problemas, dificuldades e limitações que nós, humanos, temos de nosso próprio corpo.
      Então já deve ter ficado claro: não é só perfeitamente possivel, mas normal e esperado que a seleção natural produza um cérebro e membros altamente complexos e ainda assim haja diversas ações que são impossibilitadas e/ou dificultosas para este organismo realizar porque, apesar de poderem ser complexos e altamente desenvolvidos, de forma alguma são perfeitos, e sempre contém limitações diversas, inclusive limitações criadas por aquilo que você considera exemplo de produção divina perfeita, por exemplo, andarmos em posição ereta: de fato, vários de nossos problemas de coluna atuais são uma consequência direta da mudança de postura que ocorreu em nossos ancestrais, mudanças estas essenciais para tornarmos bípedes. Além disso, nosso corpo não pode ser tido como modelo de “avanço ultimo”, cada organismo vivo possui o melhor corpo que poderia possuir, pois passou por milhões ou até bilhões de anos em processo de adaptação.
      Mas, podemos abordar mais um ponto sobre essa questão: a resposta da pergunta que fez em seu comentário é um belo “adiantaria muito sim”: se qualquer organismo pudesse contar, como recurso principal, com um sistema nervoso complexo que oferecesse com bom desempenho no processamento de informações, fazendo-o ser capaz de analisar e compreender bem o ambiente em que se encontra, isso seria de uma utilidade imensa, e lhe adiantaria muito! E se possuíssemos o cérebro que temos e uma mão “menos evoluída”, ela seria também muito importante e útil para a sobrevivência: a importância do polegar opositor é inegável, sem ele o manuseio de instrumentos e ferramentas, especialidade característica de nossa especie, seria impossível. Entretanto, em sua ausência, uma mão com quatro dedos ainda seria de estrema importância, e muito melhor do que uma com três, que por sua vez, é melhor que não ter nenhuma. Além disso, como vimos, um cérebro evoluído pode, justamente por ser evoluído, encontrar soluções para as dificuldades de ter uma mão não apta a uma determinada tarefa, embora, certamente, se a mão possui uma determinada fisiologia, anatomia e mecânica de funcionamento, é porque ela é útil neste formato para a maior parte das atividades que o organismo que a carrega realiza no ambiente em que ele se desenvolveu, porque ela também se desenvolveu ali, juntamente com todo o organismo, permitindo-o assim sobreviver e reproduzir-se com um sucesso, no minimo, razoável. A seleção natural é um dos mecanismos que geram a evolução, um processo gradual no qual todo o organismo é afetado continuamente. Não escolhe a dedo o órgão ou membro que deseja afetar e não possui intencionalidade nem consciência de sua ação, ela simplesmente ocorre em determinadas condições. Certamente ela pode gerar órgãos e membros com alto grau de especialização, no sentido de ser continuamente aperfeiçoado pela evolução para um determinado trabalho, como os olhos de uma águia, ou o bico de um tucano, as presas de uma onça, etc. Entretanto, isso não significa que o resto do organismo não esta sofrendo também evolução, o órgão que se tornou especialista também esta ligado de forma inerente ao organismo como um todo. Nossa mão é excelente para manusear objetos diversos, e nosso cérebro possui todos os programas que são necessários para controla-la. Tudo isso surgiu não de um pulo, mas de forma gradual.

      A evolução por seleção natural é suportada por inúmeras evidências provenientes de diferentes campos cientifico. Mas investir mais nas explicações abordando a evolução e seus mecanismo básicos em uma resposta para você, provavelmente será um desperdício de tempo neste momento. Recomendo fortemente leituras sobre essa área fascinante.

      Estes simples fatos já demonstram que sua proposta de humano de complexidade e evolução perfeita e intencional é tão ridícula que não merecia sequer ser rebatida. Comentários como o seu estão por toda parte, e isso é incrivelmente estarrecedor. Estão tão cheios de erros de lógica, falácias, incompreensões, e distorções cientificas que quando me proponho a responde-los fico vários e vários minutos somente decidindo exatamente por onde vou começar. E olha que estamos falando de um comentário de cinco linhas!

      Infelizmente, dificilmente um criacionista (como parece ser seu caso) se importa com a apresentação de evidências que comprovem fatos, ou com argumentos bem embasados em pequisas, ou até argumentos que se utilizem da lógica. Ignorando as evidencias, a lógica, argumentos embasados, o criacionista facilmente desmonta todos os meu argumentos acima. É fácil pois, como a religião é uma obra de ficção, uma fantasia, quando se encontra nela uma incoerência, um erro, uma inconsistência, basta que se fantasie um pouco mais, até que seja possivel maquiar o problema de forma a torna-lo invisível diante dos seus próprios olhos, que só enxergam o superficial. Por vezes, o próprio ato de fantasiar para encobrir um buraco gera mais perguntas do que respostas e, na verdade, a própria fantasia recém lançada já sai difícil de engolir. Mas isso pouco importa pra quem quer profundamente acreditar. Farei um exemplo para você agora, e até lhe darei mais de uma alternativa para escolher a que melhor agradar: (1)”tínhamos um corpo perfeito sim!, acontece que quando Eva comeu do fruto que estava proibido de ser comido, automaticamente, ganhamos nosso defeitos para todo o sempre!” Bem, surgem diversos problemas como, adão e eva não é só uma representação não literal da criação, como afirmam os teólogos (ao menos os mais esclarecidos), como havia uma arvore “amaldiçoada/proibida” bem no meio do paraíso?, e satanás andando tranquilo dentro do santuário? (o próprio satanás já é um problema né?: um anjo caído que não gosta de deus, mas também deseja punir as pessoas que também não gostam ou desobedecem ele???), a onisciência de deus já anunciando a quebra da regra fica como?, a mulher como sendo aquela que come primeiro do fruto e convence o homem a comer também – o que é explicado pela cultura misoginia do grupo que escreveu (e reescreveu) o texto, e, ao mesmo tempo, esse texto criou e ampliou a misoginia no mundo. Mas, para todos esses novos problemas, basta que, novamente, se fantasie mais um pouquinho, e assim por diante. (2)”Como eu mesmo citei, nós temos um cérebro capaz de construir inúmeras coisas que podem suprir as necessidades e dificuldades de nosso corpo, então, de certa forma, realmente temos um corpo que não passa necessidade, pois para as necessidades que surgem, inventamos algo que as supre!” Claro, sofremos horrores até a descoberta da penicilina e tantos outros medicamentos, procedimentos, instrumentos, etc. que nos ajudaram, e, da mesma forma, ainda não temos a cura pro câncer e tantas outras doenças e problemas, mas isso são detalhes.

      Como disse anteriormente: “Seu comentário escancara, ainda, um dos maiores problema do pensamento religioso: o desejo de que dois ou três versos tirados de algum lugar seja suficiente como resposta para absolutamente tudo o que há a nossa volta, ignorando as enormes incoerências e ausência de evidências.
      A conformidade em relação à ignorância é uma das coisas mais estarrecedoras nos religiosos.”

      Sem duvida há tantos problemas nessa forma de se tentar explicar porque as coisas são como são e ainda manter a integridade das crenças religiosas, que somente com muito esforço ou ignorância se consegue (claro, o esforçado também tem sua parcela de ignorância). Esse esforço e essa ignorância, me parece, impulsionam as pessoas que tentam desesperadamente igualar ciência e crença religiosa de diversas formas: as vezes tentando convencer outra pessoa de que o sistema religioso é o mesmo que o método cientifico, como ocorre com o DI, e outras vezes tentando dizer que a ciência também é uma forma de crença, como você, arioba, e tantos outros. Vocês deviam se decidir, pois assim um esta boicotando o outro. Desejam uma igualação aqueles que se esforçam para acreditar, pois esse esforço deve gerar um incomodo bem grande – e deve dar um alivio quando se acredita que se conseguiu. Quanto à ignorância, ela só faz o de sempre, reproduz o que ouve.

      • Sr. Cesar acho que poderíamos levar nossa discussão para nossos respectivos e.mails, porque acho que estamos confundindo nossas ideias. Meu e.mail é “arioba06@homail.com”. Mas respondendo principalmente ao site, esclareço o seguinte.
        Temos que distinguir um “simples organismo material” do “respectivo ser-vivo”, que até hoje não temos uma definição pelo menos “consensual”, não de uma “igrejinha de crentes” seja de criacionistas ou evolucionistas. Isso responde o que o sr. acha que eu seja criacionista.
        Quanto à questão das mãos, temos que distinguir um “organismo” que tanto pode ser matéria “orgânica ou não” (ambas são compostas de elementos, em muitos casos, os mesmos – ex. plástico e carne), de “ser-vivo” que até hoje não temos uma definição pelo menos consesual, QUE RESPONDA TANTO AOS CRENTES EVOLUCIONISTAS COMO CRIACIONISTAS, e com isso lhe respondo que nem seu evolucionista nem criacionista, AMBOS DE FENDEM SUAS RESPECTIVAS CRENÇAS, que contesto igualmente.
        Quanto à questão das mãos, temos que diferenciar “organismo material”, pouco importa sua matéria, que seja lá qual for é composta dos elementos que conhecemos e evidenciamos (vc sabe qual a matéria de um OVNI? E não há evidências do mesmo?). O que defendo é que os organismos são todos feitos de matéria cuja origem é sempre a mesma, pouco importa se a matéria é “orgãnica ou não”. E mais ainda, que para funcionarem na Terra (ninguém ainda constatou “Vida” em outras partes, até porque também não definiu o que seja Vida), SEGUEM AS MESMAS LEIS QUE CHAMAMOS “NATURAIS”, os crentes religiosos de “leis de Deus”. Nossos artefatos que são organismos, para funcionarem, também precisam atender a essas leis, e por isso “parecem” cópias dos “organismos vivos”, e são mesmo, não por coincidência, MAS PORQUE PRECISAM ATENDER ÀS MESMAS LEIS. E leis “por seleção natural”, meu amigo, é muita crença. Lei exige “inteligência para fazê-la e inteligência para cumpri-la ou não”.
        As mãos são órgãos do “corpo humano” que entendemos como “membros”, da mesma forma que a pá carregadeira tem suas “mãos e pernas”. A questão na “evolução do organismo”, não ocorre por “mero acaso da natureza”, mas porque a “inteligência que projeta um órgão” é que de fato evolui. E sua pergunta de ‘quem é essa inteligência’, é a mesma coisa que perguntar “quem é o piloto do OVNI? Que importância saber, importa que um OVNI seria um absurdo pensar que fosse algo “natural”, e não inteligente, simples como é. Saber quem é, é questão de conhecimento. Alguém pode dizer como será a ciência daqui a 100 mil anos? E o DNA já funciona na Terra há 4 bilhões?
        No organismo as mãos são apenas um “membro” dele, sem a posição erecta, sem o cérebro (computador) adequado etc. etc. TERIAM ALGUM VALOR? Se vc puser uma “mão no jacaré”, ele vai deixar de ser “jacaré”?
        Como vê, temos que nos posicionar de forma pelo menos similar, par continuarmos nossa discussão, senão é como duas pessoas em posições diferentes, e olhando para a mesma nuvem e um vendo um elefante e outro uma bicicleta, a discussão se tornar se a nuvem é um elefante ou não. arioba

  2. “Alguém pode dizer por que o automóvel em geral, tem 4 rodas?”
    – R: Porque o numero 4 é cabalístico e magico…(para perguntas idiotas, respostas imbecis!!)

    “E o trem um monte delas, e cada uma diferente da outra?”
    – R: precisaríamos medir todas para fazer essa afirmação não é mesmo??

    “PORQUE A INTELIGÊNCIA DO HOMEM QUE AS PROJETOU E CONSTRUIU ENCONTROU A FORMA MELHOR DE SEREM “ÚTEIS” PARA SI MESMO.”
    – R: Exatamente, e isso tudo graças a conhecimentos científicos adquiridos…(não com estorinhas infantis ou crenças em magica)

    “A dificuldade de entender porque o homem é “projetado” do jeito que é”
    – R: Comparar seres vivos com maquinas é a coisa mais estupida, ilógica e insensata que uma pessoa pode fazer em se tratando de seleção natural cumulativa em evolução!!
    Voltemos lááááá no seu questionamento sobre seleção natural e espécies…SERES VIVOS se reproduzem, e graças a variabilidade genética e mutações, eles se adaptam e se modificam com o tempo…as maquinas, NÃO senhor Arioba!!
    Portanto sua comparação, nesse caso, é uma falácia tosca e sem logica!!

    “é porque os evolucionistas “acreditam” que é a própria natureza que faz isso, e por “seleção natural”
    – R: Seleção natural…que é algo que você não entende lhufas, e acha que sua opinião SEM O MINIMO EMBASAMENTO tem mais relevância do que artigos científicos publicados…(não, não tem)

    “um contra senso: SELEÇÃO JÁ NÃO É NATURAL.”
    – R: PROVE!! (você consegue, ou é apenas achismo através de falácias vazias como vem fazendo nos comentários?)
    Artigo da Scientific American:
    http://www2.uol.com.br/sciam/artigos/a_lingua_de_darwin.html
    Leia e procure entender (se puder), mas talvez pra você a Scientific American, um dos mais respeitados periódicos científicos do mundo possa estar errado, e suaas afirmações sem uma única evidencia, as corretas…será??? (junto a SA, temos a Nature, Science, PLOs, SciElo, Fapesp, entre outras…AFIRMANDO as mesmas coisas! Complô mundial??)

    “Mas crenças, não se discutem. arioba”
    – R: Exatamente…por isso uns acreditam em cobras falantes…outros que seres humanos são espíritos em evolução…outros em pratos de farofa em esquina tem poderes…e uns acreditam que os homens foram “projetados”, sem mostrar quem ou o que é o projetista.
    Já a ciência não Sr. Arioba, ela tem seu método cientifico, que pede EVIDENCIAS, que pede TESTES com REPRODUTIBILIDADE, que tem sua COMPARAÇAO ENTRE PARES, e antes de TODAS ESSAS, a ciência OBRIGA que seja FALSEAVEL, portanto, não…ela não da margem para crenças infantis, tolas, e achismos como você propaga.

    Obscurantismos como o seu precisam (e DEVEM) ser combatidos!!

  3. Ah! Não dá margem para crenças de jeito nenhum. Que método científico mostra que peixe saiu da água e foi viver em terra? Que pequenos roedores se transformaram em elefantes? Que a primeira mulher não foi filha de um homem e o pior, nem de uma mulher, claro. Que o espaço pode se curvar? Que o espaço era absoluto e agora é relativo? E você vem dizer que não acredita em cobras falantes? Você acredita em muito mais bizarrice.
    Meu amigo, não fique repetindo chavões, que você aprendeu em escolas dominadas por ateus de meia tigela, que só sabem repetir chavões assim como você. Aprenda a exercer seu próprio raciocínio e elimine esses vampiros de sua mente.
    Esses berços de sabedoria que você citou aí, como Nature, Science, etc, são constituidos por profissionais pagos por uma casta dominante burguesa totalmente atéia, e que tem por objetivo afastar as pessoas da Igreja, pois a Igreja é perigosa para eles, ela tem universidades que formam alunos com conhecimento científico, filosófico e teológico, e não são contaminados por esse lixo que se espalha nas redes sociais. Como você mesmo disse, é um Complô Mundial sim, mas ele já existe desde os tempos em que se consolidou a burguesia, que tem como maior inimigo, exatamente a Igreja Católica.
    Já que você falou em crenças e magia, saiba que antes da Igreja Católica, toda a ciência se baseava exatamente em crenças, magias, alquimia e esoterismo. As primeiras universidades foram fundadas e custeadas pela Igreja Católica, em plena Idade Média, período que te enfiaram goela abaixo que foi a idade das trevas, e que na verdade foi quando apareceram os primeiros grandes cientistas.
    E se você adquiriu algum conhecimento durante toda a sua vida, pode ter certeza,
    foi graças a Igreja.
    Não cuspa no prato que você comeu.
    Veja o que a escola fez com você. Você não tem conhecimento suficiente, nem para debater com um pastor evangélico. Eles conhecem, um pouco de ciência, muito de psicologia e filosofia e muito da Bíblia, contra você, que não conhece nada de ciência, nada de psicologia e filosofia, e nada da Bíblia.
    Portanto não apresente suas asneiras, achando que é o rei da sabedoria. Você vai passar vergonha.

    Saudações Eclesiásticas.

    • Sr. Salomão, as mesmas respostas ao Arioba servem para o senhor…obscurantismo e ignorância como as que vocês despejam sem a mínima logica ou sensatez tem sim que ser combatidas.

      Sua frase: “Aprenda a exercer seu próprio raciocínio e elimine esses vampiros de sua mente.”
      – R: Tome ela ao pé da letra, largue os ensinamentos do pastor da sua igreja que não passa de um ‘vampiro’ atrás dos seus 10%!! 🙂

    • Salomão….deixa eu ver se entendi, o mundo acadêmico e dominando por uma conspiração ateísta: as publicações de pesquisas de que evidenciam não só a evolução biológica, mas qualquer pesquisa que vá contra o livro sagrado do rei da sabedoria são uma conspiração ateísta para comandar o mundo? É isto que voce esta dizendo? Que o objetivo da ciência é desmoralizar e tomar o mundi das garras da santa religião e entregar ele nas mãos da diabólica ciência ateísta?
      Hummmm, Entendi!

      Meu caro, o fato das primeiras Universidades terem sido promovidas na Idade Média não indica absolutamente nada sobre a ciência ser fruto da igreja católica. Esta fazendo pressuposições incoerentes que falham absolutamente aos olhos da história da ciência! Devo-lhe lembrar que a ciência surgiu no contexto Renascentista, que tinha como base a busca da pesquisa e do saber fundados no pensamento grego e árabe – que culminou posteriormente no iluminismo.
      Neste meio tempo, toda pesquisa cientifica que tinha desdobramentos filosóficos que eventualmente alcançavam patamares que a igreja considerava herege eram punidos com a morte, em nome de Deus graças ao Tribunal do Santo Oficio. A ciência era estimulada pela igreja, mas como os cientistas eram filosofos, os desdobramentos levavam a ideias que os tornavam hereges, como foi o caso do Giordano Bruno.
      Sim, as Universidades surgiram de monastérios estimulados pela Igreja católica, a ciência foi promovida pela igreja, mas…. não, a Igreja não estruturou o método científico ou o modus operandi da ciência; e se voce acredita realmente que a ciência é fruto da Igreja católica, lembre-se que o movimento que surgiu depois foi da ciência (como criação) se voltando contra o suposto “criador” (a religião). A ciência ocidental surgiu em uma Europa medieval católica, mas as bases eram gregas e arabes. Arabes que ja produziam ciência a parte do empirismo desde os anos 700 com produções na zoologia, botanica, mecanica, ótica, medicina, farmacologia e filosofia aristotélica. Sera que a ciência não seria então árabe? Depende da perspectiva que se observa.
      Talvez por isto voce negue a ciência hoje, por ve-la como desgarrada e “corrompida” por não estar mais sob a tutela das mãos de ferro da Igreja católica medieval escolástica.

      Portanto, a ignorância esta em negar os avanços que a genética tem produzido, não só nas questões evolutivas, mas de saúde pública, na luta contra síndromes genéticas e canceres. Voce não pode aceitar a validade da genética na questão da saúde e negar o mesmo componente genético que válida a evolução. A genética que mostra a herança de um gene com predisposição a um cancer é a mesma genética que mostra a descendência com modificação. A ignorância esta neste ponto, negar um fato; isto é obscurantismo e a promover a intolerância (que é uma forma de burrice). E não, as pessoas que aceitam a teoria da evolução como um fato cientificamente confirmado não precisam negar a Deus, e tão pouco fazer da evolução uma religião com santos erguidos, ou estatuas de Darwin. Acho que voce precisa superar este profundo amargor que tem sobre a ciência e Darwin.
      O ideal dos pastores pode ser, de fato, os 10%, mas o da igreja católica é o Vaticano, que é também gira em torno de tributos e finanças obscuros. Mas pelo menos alguns papas já se manifestaram em favor da teoria da evolução!
      Cuidado com o que voce coloca como exemplo… talvez o legado que a ciência seja deixar conhecimento, e isto não tem preço!

      • Olá Rossetti,
        Eu acho melhor responder por etapas.

        ”o livro sagrado do rei da sabedoria”
        Sugiro “A origem das espécies”, onde autor não explica a origem daquilo que ele mesmo afirma não existir.

        “Que o objetivo da ciência é desmoralizar e tomar o mundo das garras da santa religião e entregar ele nas mãos da diabólica ciência ateísta?
        Hummmm, Entendi!”
        Não. Esse não é, e nem pode ser o objetivo da ciência. Mas você mesmo, já se respondeu,” ciência entregar na mão da ciência”, você já admitiu duas ciências. Se é que pode se chamar, ciência ateísta de ciência.

        “ o fato das primeiras Universidades terem sido promovidas na Idade Média não indica absolutamente nada sobre a ciência ser fruto da igreja católica.”
        Eu não disse que a ciência é fruto da Igreja Católica, eu disse que antes, ela fluía nos princípios de crenças antigas, alquimia, magia, esoterismo, e nem por isso, deveriam ser descartados.

        “as Universidades surgiram de monastérios estimulados pela Igreja católica, a ciência foi promovida pela igreja, mas…. não, a Igreja não estruturou o método científico ou o modus operandi da ciência; “
        Estruturou sim. O pai do Método Científico foi Descartes, que estudou em escolas da Igreja Católica, como a escola dos jesuítas, e a Universidade de Poitiers, na França.

        “toda pesquisa cientifica que tinha desdobramentos filosóficos que eventualmente alcançavam patamares que a igreja considerava herege eram punidos com a morte, em nome de Deus graças ao Tribunal do Santo Oficio”
        Aí está outra coisa que a maioria dos ateus, só conhece pelas imagens de vultos encapuzados com tochas de fogo na mão, queimando pessoas em fogueiras, o Santo Ofício. Por que você não fala sobre aqueles que foram queimados na Inglaterra, por onde o Santo Ofício, nem passou perto?
        Santo Ofício = Santa Inquisiçao
        INQUISIÇÃO: averiguação metódica e rigorosa;
        inquirição.hist.rel tribunal eclesiástico instituído pela Igreja católica no começo do sXIII com o fim de investigar e julgar sumariamente pretensos hereges e feiticeiros, acusados de crimes contra a fé católica; Santo Ofício [Os condenados eram enviados ao Estado, para serem sentenciados.]
        Heresia e feitiçaria eram considerados pecado contra a Igreja Católica, sendo assim o Santo Ofício, somente julgava pecadores, ou seja, só julgava católicos. Não obstante, eles também representavam um perigo para o estado. Os cientistas deram muita sorte de terem sido julgados pela Inquisição, pois na sua fase inicial, ela nem foi instaurada para esse fim, e sim para combater a violência com que os cátaros (seita cristã com princípios considerados hereges) estavam sendo tratados pelo estado. Como foi eficaz, e havia uma harmonia entre o estado e a Igreja, ela passou a julgar todos os hereges (só hereges) daí para frente, indo até ao Século XIX, e absolveu ( não matou) milhares de pessoas, inclusive cientistas, que se fossem julgados pelo estado, aí meu amigo, teriam sido deletados como nos áureos tempos de Calígula, Tibério, Cláudio e Nero, e você nem saberia hoje, quem foi Giordano Bruno, kepler, Galileu e etc.

        Como os cientistas eram filosofos, os desdobramentos levavam a ideias que os tornavam hereges, como foi o caso do Giordano Bruno.”
        Giordano Bruno não era cientista. Mas foi um grande sábio. Foi ele quem disse: “só os espíritos mais fracos é que pensam com a multidão por ser ela multidão”. A verdade não é modificada pelas opiniões do vulgo, nem pela confirmação da maioria”. Será que a carapuça serviu? Você viu que ele pensava exatamente como eu? O inquérito de Bruno durou 8 anos,. Ele poderia pedir perdão e depois continuar seus estudos por conta própria às escondidas, como outros fizeram. Ele teve todas as chances de continuar vivo e não arredou pé. Realmente, foi uma grande perda para a humanidade.

        “a ciência surgiu no contexto Renascentista, que tinha como base a busca da pesquisa e do saber fundados no pensamento grego e árabe – que culminou posteriormente no iluminismo. Arabes que ja produziam ciência a parte do empirismo desde os anos 700 com produções na zoologia, botanica, mecanica, ótica, medicina, farmacologia e filosofia aristotélica. Sera que a ciência não seria então árabe? “Depende da perspectiva que se observa.
        Já que depende da perspectiva que se observa, à 3000 AC já existia OS VEDAS, e à 2000 AC, as Tábuas e Argila de Níneve, bem antes de seus árabes, onde estão descritos princípios e métodos utilizados até hoje na medicina.

        “Talvez por isto voce negue a ciência hoje, por ve-la como desgarrada e “corrompida” por não estar mais sob a tutela das mãos de ferro da Igreja católica medieval escolástica.”

        Ela não está toda corrompida, graças a Deus. Por que será que 1 bilhão de muçulmanos não sabem nem por onde passou Darwin? Não são somente eles, que não rezam, pela cartilha desse ateísmo reinante. Temos muitos cientistas, médicos, engenheiros, economistas, advogados e etc. que são católicos, evangélicos ou espíritas. A mídia sim, essa foi tomada por grupos poderosos, com interesses políticos e econômicos, que se utilizam da Ciência, para combater o Cristianismo, financiando a divulgação incessante de teorias contrárias aos princípios cristãos, e que nunca foram e nem podem ser provadas, como é o caso da Teoria da Evolução, Relatividade, Big Ben, bóson de Higgs, espaço curvo, gene mutante, entre outras.
        Quanto á ciência na Igreja Medieval, é melhor você saber mais, sobre;
        – A filosofia na conversão dos Bárbaros, o financiamento da Astronomia, a importância da Universidade de Bolonha para o Renascimento, Os cientistas jesuítas, os legados de São Mesrob, São Cirilo, Metódio, Roger Bacon, Jordanus Nemorarius, Nicolau Copérnico, Bartolomeu de Gusmão, Papa Gregório XIII, Jean Buridan, Pacioli e mais uma infinidade.
        Talvez seria melhor se a ciência nessa época, estivesse à serviço de grandes benfeitores, como, Maquiavel, Hitler, Stalin, Mussolini, Karl Marx, Mao Tse Thung, Hiroito, Fidel, Cheguevara, Batista, Juarez e etc. Mas nós não vivemos essa época, então só podemos especular.

        “Voce não pode aceitar a validade da genética na questão da saúde e negar o mesmo componente genético que válida a evolução. A genética que mostra a herança de um gene com predisposição a um cancer é a mesma genética que mostra a descendência com modificação. A ignorância esta neste ponto, negar um fato”
        Não é questão de aceitar. Eu não acredito nisso. O que eles fazem, é verificar se na família do paciente tem casos de câncer. É o mesmo que fazem com o diabetes. Se você tem a doença na família, então comece a se prevenir, não precisa detectar gene mutante, porque não vai resolver nada. Agora isso não tem nada a ver com evolução. Não existe descendência modificada, com cruzamentos de indivíduos da mesma espécie. Os filhos são sempre da mesma espécie dos pais. Como é que vai modificar a descendência? Eu seria, não só ignorante, mas também idiota, se considerasse isso, um fato.

        pessoas que aceitam a teoria da evolução como um fato cientificamente confirmado”
        Aqui se encaixa perfeitamente, o pensamento de Giordano Bruno.

        “O ideal dos pastores pode ser, de fato, os 10%, mas o da igreja católica é o Vaticano, que é também gira em torno de tributos e finanças obscuros”
        A Igreja tem muitos erros, assim como a ciência. Mas os erros da igreja devem ser divulgados e os da Ciência não. Dizer que o ideal da Igreja é o Vaticano, não faz nenhum sentido. O Estado do Vaticano somente cuida da parte formal da Igreja, constituição, contabilidade, assinaturas, movimentação de valores, viagens, segurança e etc. É o mesmo que dizer, que o seu ideal é o seu CPF.
        A casta atéia dominante sim, tem um ideal. Manter seus seguidores o mais próximo do analfabetismo, como é no Brasil hoje, ou então estacionados numa JANELA DE OVERTON. Você sabe o que é JANELA DE OVERTON?

        “ talvez o legado da ciência seja deixar conhecimento, e isto não tem preço!”
        Concordo em número, gênero e grau. Ufa! Pelo menos uma, você acertou!

        Desculpe as brincadeiras!

        Saudações Eclesiásticas!

      • “Sugiro “A origem das espécies”, onde autor não explica a origem daquilo que ele mesmo afirma não existir.”
        Discordo, Darwin explicou claramente o principio da seleção natural como mecanismo da descendência com modificações.
        Por esta razão, o “Origem das espécies” é o livro com maior relevância no ambiente acadêmico. E desde a época de darwin mais de 300 mil artigos tem justificado tal teoria.
        http://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/42225/a+origem+das+especies+de+charles+darwin+e+eleito+livro+academico+mais+influente+da+historia.shtml

        Genética não se acredita: as leis de Mendel não estão a mercê do que gostaríamos que fosse verdade, ou do que acreditamos. Variações genotípicas afetam fenótipos, e portanto, sua chance de sobrevivência. Cada descendência, ou cada geração é diferente da geração anterior ainda que sejam da mesma espécie, até o ponto em que variedades levam populações a caminhos genotípicos e fenotípicos distintos. Se voce assume que há câncer (neste caso, uma variação genotípica que leva a um descontrole do processo de divisão celular), como voce fez, assume que seu filho pode – ou não – ter um alelo que o torna predisposto, tal qual variações em genes de povos africanos que os tornam incapazes de desenvolver a malaria, ainda que sejam da mesma espécie. em regiões da Africa genes que impedem o desenvolvimento da malaria estão presentes em 98% da população.
        O fato de filhos serem da mesma espécies dos pais não torna a espécie fixa, é só observar o genoma. Dentro de uma espécie há variedades genéticas e tudo depende da genética, do fluxo de alelos e genes nelas, e como eles são selecionados em ambientes distintos. Acredito que seja ignorância e idiotice considerar a fixidez das espécies na era da genética e da biologia molecular.

        e “… não, as pessoas que aceitam a teoria da evolução como um fato cientificamente confirmado não precisam negar a Deus”
        Pois é, Giordano Bruno não negou a existência de Deus, mas ainda sim foi condenado. Infelizmente, hoje as pessoas acreditam que aceitar a teoria da evolução, uma constatação básica e pilar da biologia, é negar a Deus. Note que digo aceitar uma constatação e não acreditar. O status de teoria para evolução, gravidade ou termodinâmica é o mesmo. Não se acredita em gravidade, aceita-se os fatos.

        Outro ponto: não assumi absolutamente nada sobre duas ciências.
        Apenas assumi que para a ciência, não há qualquer necessidade de enfiar Deus em suas conclusões e que a ciência não tem como objetivo comprovar ou destruir Deus. Sendo assim, não há uma ciência ateísta, apenas ciência e Deus não é uma hipótese, e nem testável a luz do método. Não sei onde voce viu eu assumir duas ciências mas peço que leia novamente o comentário!
        Talvez não tenha compreendido-o.

        “alquimia, magia, esoterismo, e nem por isso, deveriam ser descartados.”
        Não devem ser descartados como elementos que fizeram parte da história da ciência (e da humanidade), mas como comprovação científica, descartável porque nada do componente esotérico ou alquímico se fez justificável a luz do método. Mesmo Boyle, que era alquimico e cristão (defendendo a leitura dos resultados científicos como evidências de uma criação divina) rejeitou a alquimia e fundou as bases da química pelo método. Da mesma forma, a leitura literal da bíblia, em que se buscou evidências geológicas de dilúvio, criação da terra em 6 mil anos, ou a origem da espécie humana a partir de um casal primeiro também carece de evidências experimentais ou não é testável sob a luz do método, ficando a critério da crença e não da ciência. Se isto conduz a uma crença ou descrença em relação a existência do Deus do cristianismo, fica a carga do debate filosófico.

        “não, a Igreja não estruturou o método científico ou o modus operandi da ciência; “Estruturou sim.”
        Não estruturou não! Reduzir a ciência a um conteúdo da Igreja católica medieval é uma forma de desapropriação intelectual. Este pensamento ignora o fato de que a ciência surgiu no Renascimento, e que tal movimento foi uma busca pelas bases gregas e árabes. Os árabes já produziam conhecimento em química, farmacologia, zoologia, botânica, matemática, mecânica, filosofia e ótica entre os anos 732 e 1250 (no califado Abássida), muitos antes de Descartes. A própria ideia de dualismo mente-cérebro de Descartes foi desenhada previamente por Avicena na alegoria do “homem voador. Uma descrição de método científico já era feita por Abu Ali al-Hasan em 965.
        Sendo assim, a ciência produzida na Idade media pela igreja católica era chamada de “filosofia natural”, e suas bases eram árabes e gregas. Lembrando que os árabes produziram conhecimento com base em saberes vindos da China, Índia e Pérsia, com quem tiveram relações comerciais.
        O Renascimento também foi marcado por profundas reestruturações políticas, expansão territorial maritmica e claro, pelo componente teológico católico e até mesmo protestante.
        Presumir que a ciência “filosofia natural se estruturou pela igreja católica em vez de “em uma” Europa católica é um erro. Há componentes católicos claros, e incentivo da igreja a pesquisa, a produção de conhecimento, mas a ciência como conhecemos hoje, vinda da filosofia natural é fruto de camadas de produção intelectual de milênios de conquistas humanas, nem mesmo chamada de ciência e confere diferentes estados de historias da ciência com metodologias sendo reestruturadas que chegaram até o mais recente – Popper e Khun.

        Como eu disse “Como os cientistas eram filósofos, os desdobramentos levavam a ideias que os tornavam hereges, como foi o caso do Giordano Bruno.”
        De fato,ele nao era um cientista, mas como ele mesmo disse em sua carta preambular dedicada a Cabala de Pégaso (1585) ao imaginário bispo de Casamarciano:

        “Não sei se sois um teólogo, um filósofo, ou um cabalista – mas o que sei seguramente é que sois tudo isto … Por isto, aqui tendes – cabala, teologia e filosofia; quero eu dizer, uma cabala de filosofia teológica, uma filosofia de teologia cabalística, uma teologia de cabala filosófica”.

        Para ele sua obra era u conjunto das três. Lembrando que em filosofia entrava o uso do componente heliocêntrico. Claro, sua condenação veio pelo caráter místico que ele absorveu, especialmente do hermetismo (tabua de esmeralda e corpus hermeticum) e as condenações paralelas ao propor outros mundos habitados etc e tal. O desdobramento de suas ideias, inclusive da teologia culminaram na sua sentença, considerando também que por ter uma vida eclesiastica estava sob a tutela da Igreja.

        Não diria que o Brasil vive numa casta ateia dentro da ciência. Diria que há ateus bons e ignorantes, e os extremados pecam pelo envenenamento ideológico, como já tive o desprazer de conversar (certo e errado em vários pontos).
        No geral, diria que é o contrário: temos uma frente religiosa unificada e bem organizada (especialmente na política) tentando subverter o que é ciência seguindo uma série de tentativas para fazer o que certas regiões dos EUA fazem, inserir o conteúdo literal da leitura de gênesis como uma disciplina científica.

        Não acertei em nada: acertar pressupõe que voce esta certo e pelo seu critério eu acertei.
        Tivemos apenas um momento em que concordamos em algo!!!

        Saudações!!!

  4. Obscurantismo e ignorância, só podem ser combatidos com sabedoria, com burrice não. O que você quer da vida? Transformar crentes em ateus? E para que? Para ter um mundo melhor para você e seus filhos? Para um dia você venerar a estátua de Darwin? Para um dia você ser imortal aqui na Terra ou em Marte? Eu francamente não vejo muita perspectiva para conseguir isto. Você precisa ter um ideal, e lutar por ele, sua vida terrena é muito curta, não fique perdendo tempo seguindo esses vampiros de mente. Procure estudar mais, adquira sabedoria e acredite piamente naquilo que você defende. Deixe um legado bom para a humanidade. Seja exemplo para seus filhos.
    Os pastores pelo menos têm um ideal, os 10%.
    Mas eu sou católico.

    • “Obscurantismo e ignorância, só podem ser combatidos com sabedoria, com burrice não.”
      – R: Exatamente, e é por isso que temos o método cientifico, é ele quem proporciona as teorias cientificas que vocês crentes negam por conta de crenças mitológicas.

      “O que você quer da vida?”
      – Viver.

      “Transformar crentes em ateus? ”
      – R: Nem uma preocupação com isso…ao contrario de vocês crentes que precisam ficar batendo na porta dos outros para tentar convencer alguém que a ‘sua crença’ é que é a verdadeira, pois a dos outros são ‘falsas’!

      “E para que? Para ter um mundo melhor para você e seus filhos?”
      – R: Com certeza o mundo seria melhor sem as suas crenças mitológicas…veja o caso do oriente médio, por exemplo…em perpetua ‘guerra santa’!

      “Para um dia você venerar a estátua de Darwin?”
      – R: Não temos a necessidade que vocês crentes tem de ‘venerar alguma coisa’.
      Darwin tem todo o conhecimento mundial por suas descobertas cientificas, assim como Newton, Einstein, etc.

      “Para um dia você ser imortal aqui na Terra ou em Marte?”
      – R: Imortal? Não…isso não existe Salomão.

      “Eu francamente não vejo muita perspectiva para conseguir isto.”
      – R: Nem eu, quem acredita em uma fantasia de imortalidade são os crentes.

      “Você precisa ter um ideal, e lutar por ele, sua vida terrena é muito curta”
      – R: Pode ‘PROVAR a existência de alguma ‘vida’ além dessa aqui na Terra? (mão…não pode, então sinto muito, não passa de uma muleta psicológica)

      “não fique perdendo tempo seguindo esses vampiros de mente.”
      – R: Sugiro você a fazer o mesmo…negar teorias cientificas por conta de crenças religiosas é coisa de alguém que segue opiniões de ‘vampiros de mentes’.

      “Procure estudar mais, adquira sabedoria e acredite piamente naquilo que você defende”
      – R: Então por que você combate um conhecimento cientifico como a teoria da evolução?? Falta de estudos?? Bom…você poderia seguir seu próprio conselho não é mesmo…estude mais!

      “Seja exemplo para seus filhos.”
      – R: Eu já sou…e ele tem a vida dele!

      “Os pastores pelo menos têm um ideal, os 10%.”
      – R: Além de disseminar crenças infantis, ódio entre outras crenças religiosas que não seja a dele, e alguns ainda disseminam desconhecimento por não entenderem teorias cientificas!!

      “Mas eu sou católico.”
      – R: Então dê ouvidos ao Papa, o líder de sua religião…ele aceita e apoia a teoria da evolução e a teoria do big bang!

  5. “método cientifico, é ele quem proporciona as teorias cientificas que vocês crentes negam por conta de crenças mitológicas”

    “O espaço absoluto de Newton era uma crença ou uma teoria?

    “O que você quer da vida?” “Viver.”

    Ah! Mas isso, os religiosos também querem. E aí, qual a vantagem? Só porque você pode ir no domingo, ao zoológico, dar pipoca aos macacos? Ou ir para o boteco beber com os amigos? Não é todo mundo que gosta disso. Eu por exemplo, prefiro tocar sanfona, e me sinto muito feliz com isso, pois era meu sonho desde menino.

    vocês crentes que precisam ficar batendo na porta dos outros para tentar convencer alguém que a ‘sua crença’ é que é a verdadeira

    Foi Cristo quem pediu isso.O

    • ““O espaço absoluto de Newton era uma crença ou uma teoria?”
      – R: Nem uma coisa nem outra. Teorias CIENTIFICAS são algo totalmente diferentes de teoria no modo coloquial utilizado no dia a dia, portanto, seu questionamento é ridículo.

      “Ah! Mas isso, os religiosos também querem. E aí, qual a vantagem?”
      – R: E o que que eu tenho com isso? Você me perguntou o que eu quero da minha vida…eu disse: “VIVER!”
      Não me interessa o que religiosos fazem com a vida deles…o que mais me impressiona, é eles acharem que irão ter ‘vantagens’ por conta dessa ‘escolha’.
      Já parou pra pensar que a ‘escolha certa’ pode ser OUTRA RELIGIAO?? Hindu, Umbanda, Muçulmana, etc…??
      Por isso eu sou ateu.

      “Só porque você pode ir no domingo, ao zoológico, dar pipoca aos macacos?”
      – R: Cada um faz o que quiser no domingo…alguns preferem colocar farofa com pipoca e acender umas velas em uma esquina…e aí, estão errados??
      Eu escolhi não seguir nenhuma dessas crenças porque TODAS elas carecem de evidencias, portanto, posso fazer o que eu quiser com meu domingo…não preciso baixar a cabeça para seres invisíveis ou lugares mágicos.

      “Ou ir para o boteco beber com os amigos? Não é todo mundo que gosta disso.”
      – R: E qual o problema?? Conheço diversos cristãos que fazem isso…e daí?

      “Eu por exemplo, prefiro tocar sanfona, e me sinto muito feliz com isso, pois era meu sonho desde menino.”
      – R: Já eu toco guitarra, e nem por isso fico negando teorias cientificas por conta de crenças religiosas, pessoas que fazem isso caem na ignorância.

      “Foi Cristo quem pediu isso.O”
      – R: Cristo também disse que o escravo deve obedecer seu dono sem questionar, ou seja, ele NUNCA proibiu ou foi contra a escravidão…e então, você é a favor da escravidão?

      • Eu comecei a responder, e fui interrompido, e somente hoje estou retornando.
        Você já fez suas ponderações em algumas questões mas pode responder de novo se quiser.

        “método cientifico, é ele quem proporciona as teorias cientificas que vocês crentes negam por conta de crenças mitológicas”
        O espaço absoluto de Newton era uma crença mitológica ou uma teoria científica?

        “O que você quer da vida?” “Viver.”
        Ah! Mas isso, os religiosos também querem. E aí, qual a vantagem? Só porque você pode ir no domingo, ao zoológico, dar pipoca aos macacos? Ou ir para o boteco beber com os amigos? Não é todo mundo que gosta disso. Eu por exemplo, prefiro tocar sanfona, e me sinto muito feliz com isso, pois era meu sonho desde menino.

        “vocês crentes que precisam ficar batendo na porta dos outros para tentar convencer alguém que a ‘sua crença’ é que é a verdadeira”
        O cristão não bate na porta, para tentar convencer ninguém, ele apenas diz a palavra de Deus, e abençoa a todos como Cristo fazia. Nós passamos a vida copiando modelos para nós. Você mesmo já de ter copiado, Raul Seixas, John Travolta, Michael Jackson, Cazuza e etc. No que diz respeito a crenças, o Cristão copia Cristo. Ateus, copiam,… quem mesmo?

        O mundo seria melhor sem as suas crenças mitológicas…veja o caso do oriente médio, por exemplo…em perpetua ‘guerra santa’!”
        Você podia ter citado também o Rio de Janeiro. Mas não importa. O que importa mesmo é que o mundo seria melhor nas mãos de grandes benfeitores, tais como, Stalin, Hitler, Mao Tse Thung, Fidel, Cheguevara, Elias Maluco, Fernandinho Beira Mar e etc. pessoas desprovidas de crenças mitológicas.

        “Darwin tem todo o conhecimento mundial por suas descobertas cientificas, assim como Newton, Einstein, etc”
        Vou citar o que dizia Giordano Bruno: “A verdade não é modificada pelas opiniões do vulgo, nem pela confirmação da maioria” . Ele foi queimado pela Inquisição. Não foi assim que você aprendeu? Por isso eu citei que foi ele quem falou, não fui eu.

        “fantasia de imortalidade”
        Use a filosofia. Se você diz que o corpo morreu, você está dizendo que a matéria morreu. E na verdade, matéria não morre. Então o corpo não morre também. Ele só pode ser transformado. Quanto ao espírito, ele não pode ser morto, pois na verdade, ele não existe, não é mesmo? Não tem fantasia nenhuma. Tudo que existe, é imortal.

        “Pode mostrar prova da existência de alguma ‘vida’ além dessa aqui na Terra? (mão…não pode, então sinto muito, não passa de uma muleta psicológica)”
        Você já respondeu para mim? Calma! A prova que você exige, é do mesmo molde que foi usada no espaço absoluto de Newton, ou no átomo espacial? E que você acreditou? Não, não posso mesmo, sou uma muleta psicológica. Mas posso direcioná-lo á um terreiro de umbanda, e chegando lá, você desafia o mentor do terreiro, à evocar uma alma perdida e incorporá-la em você. Aí sim, você defenderá sua tese, com glória e louvor.

        “negar teorias cientificas por conta de crenças religiosas é coisa de alguém que segue opiniões de ‘vampiros de mentes’.
        Você gostou da minha expressão “vampiros de mente”, não é? É, fui eu mesmo que inventei. Quando você citar ela em algum lugar, lembre-se também de citar o autor. Nós dois podemos ganhar muito dinheiro jogando esse chavão nas redes sociais, do jeito que o povo é burro, isso alastra igual chuchu na cerca, como aquela estória daquela menina que estava no Canadá. Você se lembra disso? Ah! Voltando ao assunto. Esta eu já respondi no início do texto, depois você confirma.

        “Então por que você combate um conhecimento cientifico como a teoria da evolução?? Falta de estudos?? Bom…você poderia seguir seu próprio conselho não é mesmo…estude mais!”
        Você não prestou atenção. Como eu vou combater uma teoria, sem conhecê-la? Eu disse que, além de estudar mais e adquirir sabedoria, é preciso acreditar naquilo que você defende. Eu não acredito na teoria da evolução, e nem a considero um conhecimento científico. Você sabe onde Darwin se inspirou, para levar adiante essa teoria? Se não sabe, é você que tem que estudar mais.

        “Seja exemplo para seus filhos.”
        – R: Eu já sou…e ele tem a vida dele!”
        Coitado!

        “Além de disseminar crenças infantis, ódio entre outras crenças religiosas que não seja a dele, e alguns ainda disseminam desconhecimento por não entenderem teorias cientificas!!”
        Gostei da expressão “disseminam desconhecimento”, legal, vou usá-la daqui pra frente. Então disseminando o desconhecimento, Rato que virou rinoceronte, não seria uma crença infantil? Creio que não, nem criança de 2 anos vai acreditar nisso.

        “Então dê ouvidos ao Papa, o líder de sua religião…ele aceita e apoia a teoria da evolução e a teoria do big bang!”
        Eu admiro muito o Papa Francisco. Mas nessa área ele é totalmente leigo. Ele foi jogador de basket, técnico de química industrial, é filósofo, teólogo, torcedor do San Lourenzo e é o Papa. Ele não sabe, nem por onde passou o livro “Origem das Espécies”. O que ele sabe dessa Teoria, deve ser o mesmo que você. Aquele velho e cansativo chavão aprendido no colégio: “O homem não veio do macaco, e sim, tiveram um ancestral em comum”. Desavisado que é, mal sabe que o ancestral comum, é um macaco também. O que ele fala sobre esse assunto, para mim, entra num ouvido e sai no outro. Agora Big bang, é brincadeira né? Que diferença faz para mim o papa acreditar em Big Bang ou não? Eu considero o Big Bang uma piada de mau gosto, só para inglês rir.
        Seus afetos já estão fazendo outra piada melhor que a do Big Bang, está no site GALILEU:
        “Pesquisadores descobriram o SDSS J0100+2802, um quasar que contém um buraco negro com uma massa de 12 bilhões de sóis e que seria 900 milhões de anos mais jovem do que o Big Bang. O problema é que buracos negros demoram bastante até acumular massa – e 900 milhões de anos não seria tempo suficiente para que este se formasse. Será que ele é mais antigo do que o período estimado do Big Bang?”

        Você sabe o que é um quasar? Procure saber, antes de acreditar nessa também. Eu não posso fazer nada por você, mas Deus pode.

        Saudações Eclesiásticas.

  6. Salomão, ficou longo, mas acho que você merece ser respondido, já que ignorância e obscurantismo devem ser combatidos sempre!

    “Você mesmo já de ter copiado, Raul Seixas, John Travolta, Michael Jackson, Cazuza e etc.”
    – R: E nem por isso fico negando teorias cientificas por medo de que minhas crenças nesses artistas caiam por terra…

    “No que diz respeito a crenças, o Cristão copia Cristo. Ateus, copiam,… quem mesmo? ”
    – R: Que bom sermos livres não é, não precisamos copiar ninguém!!

    “O que importa mesmo é que o mundo seria melhor nas mãos de grandes benfeitores, tais como, Stalin, Hitler, Mao Tse Thung, Fidel, Cheguevara, Elias Maluco, Fernandinho Beira Mar e etc. pessoas desprovidas de crenças mitológicas.”
    – R: Você deveria ler mais e estudar antes de escrever bobagens desse tipo…Hitler e Fidel eram cristãos, assim como Elias Maluco e Fernandino Beira Mar!! Alias, faz o seguinte…vá até QUALQUER presidio e faça uma pesquisa pra saber quantos cristãos e quantos ateus você encontra lá dentro!! Que tal?
    Aprenda…pare de ler sites criacionistas, isso é uma desinformação para você!

    “Vou citar o que dizia Giordano Bruno: “A verdade não é modificada pelas opiniões do vulgo, nem pela confirmação da maioria””
    – R: Exatamente, e é por isso que as teorias cientificas se sustentam em EVIDENCIAS e não por ‘opiniões’!!

    “Ele foi queimado pela Inquisição. Não foi assim que você aprendeu?”
    – R: Você esqueceu de dizer onde surgiu e ‘quem’ comandava a inquisição!! Hehehehe (hipocrisia?)

    “Use a filosofia. Se você diz que o corpo morreu, você está dizendo que a matéria morreu.”
    – R: Errado…não é porque um ‘corpo morre’ que a sua matéria irá ‘morrer’ também!
    A matéria NÃO MORRE! (sua analogia a respeito esta totalmente errada e confusa!)
    Já disse…deixe de ler sites criacionistas, eles só lhe trazem ignorância.

    “Quanto ao espírito, ele não pode ser morto, pois na verdade, ele não existe, não é mesmo?”
    – R: Parabéns…é a única coisa sensata de todo seu comentário!! rsrs…

    “Não, não posso mesmo, sou uma muleta psicológica. Mas posso direcioná-lo á um terreiro de umbanda, e chegando lá, você desafia o mentor do terreiro, à evocar uma alma perdida e incorporá-la em você. Aí sim, você defenderá sua tese, com glória e louvor.”
    – R: Já fiz isso (mais de uma vez), e sabe o que aconteceu?? NADA…rsrs…É o que geralmente acontece quando você ‘desafia’ divindades e seres imaginários…não acontece NADA…

    “Eu não acredito na teoria da evolução, e nem a considero um conhecimento científico.”
    – R: Lembra do que disse Giordano Bruno?? (viu como você é hipócrita? rsrs…) Opiniões não são validas em ciências…A ciência pede que tenha evidencias, e que essas sejam testadas…
    Você acreditar ou não na teoria da gravitação universal não fará com que você saia voando por aí, assim como você ‘não acreditar’ na teoria da evolução fará com que exames de DNA sejam invalidados…
    Logo, isso não passa de ignorância da sua parte.

    “Eu não acredito na teoria da evolução, e nem a considero um conhecimento científico. Você sabe onde Darwin se inspirou, para levar adiante essa teoria? Se não sabe, é você que tem que estudar mais.”
    – R: Bom, eu sei…mas, pelos seus comentários postados, com certeza você não!!
    Alias, só para constar, se não fosse Darwin, hoje você estaria esperneando e destilando sua ignorância contra a teoria de Alfred R. Wallace!!
    E veja, ele chegou ao mesmo resultado INDEPENDENTEMENTE de Darwin!!

    “Coitado! ”
    – R: Bem, veja pelo lado bom, meu filho não nega teorias cientificas por conta de crenças em cobras falantes e gente feita de barro…rsrs…(e ele tem a crença religiosa dele…mas não é ignorante como você!!)

    “Então disseminando o desconhecimento, Rato que virou rinoceronte, não seria uma crença infantil?”
    – R: Como eu disse antes, sites criacionistas só levaram você para a ignorância, hipocrisia e deturpação…
    Um rato não ‘vira’ um rinoceronte…assim como um punhado de barro não vira um ser humano…rs…
    Evolução tem como base modificação através de variabilidade genética sob a influência da seleção natural. Simples!
    Porque você acha que se faz experimentos em animais? Se não houvesse “Evolução” tal coisa seria desperdício de tempo… afinal, um gato é um gato, um homem é um homem. E porque fazer testes em mamíferos? Porque não em lagartos? Aves? O certo não seria apenas em humanos?
    O ato de fazermos tal teste é fruto justamente do nosso conhecimento derivado da Teoria da Evolução das espécies, e o fato de dar preferência a mamíferos é porque nós SABEMOS que temos parentesco com tais seres.
    Tal experimento não seria feito sem a Teoria da Evolução, que é a BASE de toda área biológica, entre elas a medicina.

    “Eu admiro muito o Papa Francisco. Mas nessa área ele é totalmente leigo.”
    – R: Assim como você!! Então por que ficar bancando o hipócrita?

    “Ele não sabe, nem por onde passou o livro “Origem das Espécies”.”
    – R: Muito menos você!! rsrs…Mas veja que interessante, sem esse ‘livro’, não teríamos nossa biologia moderna!! Sem contar que a genética corrobora ‘esse livro’…ou vai negar o resultado de um exame de paternidade também?!?

    “O que ele sabe dessa Teoria, deve ser o mesmo que você.”
    – R: Provavelmente sim…e é por isso que somos pessoas esclarecidas e você não! 🙂

    “Aquele velho e cansativo chavão aprendido no colégio: “O homem não veio do macaco, e sim, tiveram um ancestral em comum”. ”
    – R: É o que o nosso conhecimento em genética e os fósseis apontam…e você pode espernear a vontade com toda sua ignorância no assunto que isso não irá mudar! 🙂

    “O que ele fala sobre esse assunto, para mim, entra num ouvido e sai no outro.”
    – R: E isso demonstra o quanto você é hipócrita e desonesto, afinal, o Papa é líder da sua igreja, um homem esclarecido…você deveria prestar mais atenção no que ele diz!! 🙂

    “Agora Big bang, é brincadeira né? Que diferença faz para mim o papa acreditar em Big Bang ou não?”
    – R: Segundo você mesmo, como diria Giordano Bruno, ‘OPINIÕES’…sua, do Papa, ou de qualquer um, não fazem diferença nenhuma, já que o que conta mesmo são as evidencias, e elas dão suporte para a teoria do Big Bang.
    A radiação cósmica de fundo, o afastamento das galáxias, e as ondas gravitacionais estão aí para desmentir você! 🙂

    “Eu considero o Big Bang uma piada de mau gosto, só para inglês rir.”
    – R: O que você considera não importa para a ciência…lembra de Giordano Bruno?? hehehehe…
    E você tem uma vantagem, os cientistas não lhe queimarão vivo!! hehehehe…

    “Seus afetos já estão fazendo outra piada melhor que a do Big Bang, está no site GALILEU:”
    – R: E veja que legal, fui verificar essa ‘fonte’…(lembre-se: Galileu, Superinteressante, Mundo estranho, etc…NÃO SÃO periódicos científicos, NÃO SÃO revisados por pares, e nem podem ser considerados publicações cientificas, portanto, cuidado com o que você lê!!)
    Mas, voltemos…veja como você agora demonstra claramente ser um hipócrita desonesto…você esqueceu de mencionar o final do texto da Galileu que você colocou no seu comentário!! Segue abaixo:
    – Tendo em vista os comentários pertinentes de leitores, devemos acrescentar algumas informações ao texto acima. A primeira é que, apesar dos cálculos indicados pelo texto estarem corretos e trazerem dúvidas sobre o Big Bang, eles NÃO PROVAM que o modelo está ultrapassado – há mais explicações possíveis para isso, como uma possível FALTA DE COMPREENSÃO sobre a formação de buracos negros. Sendo assim, o Big Bang continua sendo o modelo mais aceito pela comunidade científica, apesar de enfrentar resistência.
    Também devemos acrescentar que o autor do artigo original, no qual essa nota se baseia, NÃO É um especialista na área – Rick Rosner é um ROTEIRISTA. Mesmo assim, suas observações e cálculos condizem com estudos publicados tanto sobre o quasar quanto sobre metais pesados em galáxias antigas. Claro, suas observações são PASSÍVEIS DE QUESTIONAMENTOS.

    “Você sabe o que é um quasar? Procure saber, antes de acreditar nessa também.”
    – R: Não preciso ‘acreditar’ em um quasar quando temos telescópios que MOSTRAM a existência deles! Pense nisso…

    “Eu não posso fazer nada por você, mas Deus pode.”
    – R: Primeiro, ele precisaria existir…(talvez seja por isso que ele ‘não faz nada’, pense nisso também!)

    Bem Salomão…vou explicar ‘O SEU’ medo da teoria da evolução:
    A teoria da evolução mostra que seres humanos e os grandes símios possuem um ancestral em comum, e são primos (ou então, TODO NOSSO CONHECIMENTO sobre genética esta errado?!?)…se a evolução mostra isso, quer dizer que, Adão e Eva não existiram…e se não houve Adão e Eva, não houve um pecado original também…não havendo esse pecado original, não é necessário nenhum salvador para redimir esse ‘pecado’…não tendo essa necessidade, Jesus seria totalmente descartável, já que o motivo principal de sua vinda não aconteceu…e Jesus, sendo descarado, sua crença religiosa cai por terra!!

    Então, esse é o seu verdadeiro medo Salomão, e é compreensível, esse medo faz com que você pense e deturpe uma teoria que você desconhece…isso é o que a ignorância faz quando você leva seu livro sagrado ao pé da letra.

    Saudações cientificas! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s