PERDA DE MACACOS E AVES EM FLORESTAS TROPICAIS ELEVAM AS EMISSÕES DE CARBONO.

A caça excessiva afeta a dispersão de sementes e, portanto, a sobrevivência de árvores de madeira-dura, resultando em uma drástica redução no armazenamento de carbono natural da Terra, segundo estudo.

O muriqui-do-norte (Brachyteles hypoxanthus) criticamente ameaçado, escalando em copa na Mata Atlântica, Minas Gerais, no Brasil. Fotografia: Imagens de Luciano Candisani / Minden / Corbis

O muriqui-do-norte (Brachyteles hypoxanthus) criticamente ameaçado, escalando em copa na Mata Atlântica, Minas Gerais, no Brasil. Fotografia: Imagens de Luciano Candisani / Minden / Corbis

Grandes macacos comedores de frutas e aves em florestas tropicais foram revelados como surpreendentes campeões da mudança climática, cuja perda para a caça excessiva está aumentando as emissões de carbono. Isto é porque sua propagação de sementes desempenha um papel vital na sobrevivência de árvores enormes, madeira-dura.

As florestas tropicais armazenam 40% de todo o carbono na superfície da Terra e o corte de árvores é causa cerca de 15% dos gases de efeito estufa que impulsionam o aquecimento global.

As árvores de longa vida, grossas e arborizadas são especialmente estoques de carbono, mas têm sementes grandes que só podem ser dispersas por defecação por grandes animais. Essas criaturas grandes sofreram enormes perdas de caçadores de subsistência, o que significa que as árvores de madeira-dura estão sendo substituídas por árvores de coníferas, que têm sementes menores, mas armazenam menos carbono.

“Em grande parte dos trópicos, esses animais [grandes] estão praticamente desaparecidos, fora de áreas protegidas e às vezes até dentro de áreas protegidas”, disse o professor Carlos Peres, da Universidade de East Anglia, no Reino Unido, um dos membros das equipes internacionais por trás do novo estudo. “[Árvores de madeira-dura] exigem que esses grandes animais dispersem suas sementes. Isso é o que está sendo perdido”.

“Políticas para reduzir as emissões de carbono dos países tropicais têm se concentrado principalmente no desmatamento”, disse Peres. “Mas a nossa pesquisa mostra que um declínio em grandes populações de animais representa um sério risco para a manutenção do armazenamento de carbono na floresta tropical”.

A nova pesquisa foi conduzida por cientistas da Universidade Estadual de São Paulo e publicada em Science Advances. Concentrou-se na Mata Atlântica do Brasil, onde 95% de todas as árvores dependem de animais para dispersar as sementes e analisou as interações entre 800 espécies animais e 2.000 espécies arbóreas.

Encontrou perdas de animais grandes como macacos-aranha, antas e tucanos que conduz à perda de árvores folhosas. Estas são substituídas por árvores de coníferas, cujas sementes menores (menos de 12mm de comprimento) são espalhadas por marsupiais, morcegos e pássaros que não são alvo de caçadores. Os cientistas estimaram que 10-15% do carbono armazenado na floresta mista original é perdido.

Peres disse que os mesmos efeitos provavelmente se aplicariam a outras florestas tropicais, incluindo a Amazônia. “Este é um processo bastante universal”, disse ele. “Está acontecendo através dos trópicos, na África, no sudeste da Ásia, em toda parte há estas florestas ricas em espécies.”

Os cientistas concluíram: “Nosso resultado destaca a fragilidade do serviço de armazenamento de carbono em florestas tropicais sob as atuais condições de mudança global. Parar a contínua e acelerada perda de animais nas florestas tropicais não só salvará os grandes animais carismáticos e as plantas que eles dispersam, mas também terá efeitos nas mudanças climáticas, nos mercados de carbono e no reflorestamento”.

Em novembro, a primeira estimativa abrangente de espécies ameaçadas na floresta amazônica descobriu que mais de metade da miríade de espécies poderia estar se dirigindo para a extinção. Entre as espécies que devem sofrer quedas significativas, destacam-se a castanha-do-pará, o cacaueiro selvagem e as árvores de açaí, importantes fontes alimentares.

Fonte: The Guardian

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s