PLUTÃO TEM UM BATIMENTO CARDÍACO DE NITROGÊNIO.

O nitrogênio no ‘coração’ glacial do planeta anão se torna vapor a cada dia e congela a cada noite.

O lobo esquerdo do coração de Plutão é chamado Sputnik Planitia, coberto por planícies sem crateras de nitrogênio congelado que vaporizam a cada dia. (NASA/JHUAPL/SwRI). 

Plutão tem uma espécie de batimento cardíaco, de acordo com um novo estudo da equipe New Horizons da NASA.

Todos os dias, a luz solar atinge a bacia do Sputnik Planitia – o lado esquerdo do coração – e o nitrogênio congelado vaporiza. À noite, a temperatura de Plutão cai e o nitrogênio vaporizado condensa de volta ao gelo. O ciclo se repete a cada dia plutoniano, com cerca de seis dias e meio de duração na Terra, e alimenta os ventos que moldaram a paisagem do planeta anão, de acordo com o estudo publicado no Journal of Geophysical Research.

“Antes de New Horizons, todos pensavam que Plutão era como um netball – completamente monótono, quase sem diversidade”, diz o astrofísico e cientista planetário da NASA Tanguy Bertrand em um comunicado. “Mas é completamente diferente. Tem muitas paisagens diferentes e estamos tentando entender o que está acontecendo lá”.

A humanidade teve sua melhor visão de Plutão em 2015, quando a sonda New Horizons da NASA enviou imagens de crateras, geleiras, planícies e dunas. As fotografias mostravam a paisagem de Plutão cercada pela névoa fina de sua atmosfera principalmente de nitrogênio.

As características suaves da bacia do Sputnik Planitia, com 3,2 quilômetros de profundidade, chamaram a atenção dos cientistas planetários em julho. A região está coberta de “vastas planícies sem crateras que têm uma história para contar”, disse Jeffrey Moore, co-investigador da New Horizons, a Scott Neuman, da NPR , em 2015. “Ainda preciso me lembrar de respirar fundo. A geologia é apenas surpreendente”.

No novo estudo, os pesquisadores descobriram a história da região. Eles usaram um modelo de previsão do tempo para testar como o “batimento cardíaco” do Sputnik Planitia afeta os ventos da névoa de Plutão, que é cerca de 100.000 vezes mais fina que a atmosfera da Terra.

Eles descobriram que duas milhas e meia acima do solo, os ventos sopram para oeste, na direção oposta à rotação de Plutão. O único outro objeto no sistema solar que pode fazer a mesma coisa é a lua de Netuno, Tritão. O modelo climático também mostrou uma forte corrente de ar próximo ao nível do solo, no lado oeste da bacia do Sputnik Planitia, onde penhascos altos na borda da bacia prendem o ar.

“É exatamente o tipo de coisa que se deve à topografia ou às especificidades do cenário”, diz no comunicado a cientista planetária Candice Hansen-Koharcheck, que não participou do novo estudo. “Estou impressionado que os modelos de Plutão tenham avançado a tal ponto que você pode falar sobre o clima regional”.

A maneira incomum pela qual a atmosfera flui poderia ter influenciado a formação desigual de características geológicas como o Bladed Terrain de Plutão e a Cthulhu Macula em forma de baleia, diz o artigo. O vento pode ter transportado mais calor e partículas de neblina para uma região do que para outra, causando as estrias e dunas escuras que a New Horizon avistou em 2015.

O batimento cardíaco de nitrogênio da bacia do Sputnik Planitia parece tão importante para os padrões climáticos de Plutão quanto o oceano para o da Terra, afirma Bertrand no comunicado. De acordo com seus modelos climáticos, fornece perturbação suficiente à atmosfera para manter o ar rarefeito e modelar a paisagem.

“A atmosfera de Plutão nos oferece um novo laboratório para explorar como as atmosferas se comportam em geral”, disse Bertrand a Leah Crane, da New Scientist.

Fonte: Smithsonian Magazine

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s