Filed under Genética

EVOLUÇÃO DE BACTÉRIAS RESISTENTES A ANTIBIÓTICOS – DUPLICAÇÃO, AMPLIFICAÇÃO E INOVAÇÃO GÊNICA.

As bactérias têm incomodado a vida daqueles que negam a teoria da evolução porque tem demonstrado processos de inovação e amplificação de informação referente a resistência a antibióticos e a origem de novas funções adaptativas. O primeiro e maior incômodo que as bactérias deram ao movimento anticiência denominado design inteligente foi o caso do flagelo … Continue lendo

SEU DNA NÃO É SUA CULTURA.

Uma lista de reprodução do Spotify adaptada ao seu DNA é o mais recente exemplo de marcas lucrando com a busca de identidade das pessoas. Testes de ancestralidade genética estão el alta no momento. Não procure mais no Spotify: o serviço de streaming de música – como serviço usado para preencher as tediosas jornadas de trabalho … Continue lendo

OS TEÓRICOS DEBATEM COMO A EVOLUÇÃO ‘NEUTRA’ É REALMENTE.

Por 50 anos, a teoria evolucionista enfatizou a importância das mutações neutras sobre as adaptativas no DNA. Dados genômicos reais desafiam essa suposição. Quando Charles Darwin articulou sua teoria da evolução pela seleção natural em “A origem das espécies”, de 1859, concentrou-se nas adaptações – as mudanças que permitem que os organismos sobrevivam em ambientes novos ou em … Continue lendo

ESTUDO DESAFIA A EVOLUÇÃO DO FOXP2 COMO GENE DE LINGUAGEM ESPECÍFICO HUMANO.

FOXP2, um gene envolvido em afetar a fala e a linguagem, é apresentado como um exemplo clássico de seleção positiva em uma característica específica do ser humano. Mas em um artigo publicado na revista Cell, os pesquisadores desafiam essa descoberta. Sua análise de dados genéticos de uma amostra diversa de pessoas modernas e Neandertais não viu nenhuma evidência … Continue lendo

DESCOBERTA: UMA NOVA FORMA DE DNA NAS NOSSAS CÉLULAS.

É DNA, mas não como nós sabemos. Pela primeira vez, pesquisadores australianos identificaram uma nova estrutura de DNA – chamada de i-motif – dentro das células. Um “nó” retorcido de DNA, o i-motif nunca foi visto diretamente dentro das células vivas. As novas descobertas, do Instituto Garvan de Pesquisa Médica, foram publicadas na revista Nature … Continue lendo

UM GANHADOR DO PRÊMIO NOBEL ARGUMENTA QUE PROIBIR BEBÊS COM CRISPR NÃO VAI FUNCIONAR.

Um registro poderia manter a edição de genes humanos acima de tudo, diz David Baltimore. Os cientistas estão debatendo vigorosamente como, e se, eles podem colocar o gênio da edição de genes humanos de volta na garrafa. Existe um amplo consenso de que atualmente é “irresponsável” fazer mudanças hereditárias nas células humanas. Os editores de genes, … Continue lendo

GENES DE FERRAMENTAS FUNDAMENTAIS.

Dada a variedade de olhos encontrados em todo o reino animal, os biólogos evolucionários pensaram que os olhos evoluíram de forma independente dúzias ou mesmo centenas de vezes.  Graças ao seqüenciamento de DNA e outras ferramentas moleculares, sabemos hoje que os olhos modernos são construídos a partir de muitos dos mesmos genes. Os antigos genes do … Continue lendo

GENETICISTAS PRESSIONAM POR UMA PROIBIÇÃO MUNDIAL DE 5 ANOS PARA BEBÊS COM GENE EDITADO.

Tentativas anteriores de desencorajar as experiências com uma linguagem um pouco mais suave não funcionaram. Dezoito pesquisadores, incluindo dois pioneiros da CRISPR, estão pedindo a proibição temporária da criação de bebês geneticamente modificados. “Pedimos uma moratória global em todos os usos clínicos da edição da linhagem germinativa humana – isto é, mudança do DNA hereditário (em espermatozóides, … Continue lendo

BIOÉTICA EM GENÉTICA.

A bioética pode representar uma coisa boa? Onde exatamente esta a linha entre pouquíssima e muita proteção para pacientes em aconselhamento genético, pesquisa e testes? As sociedades são responsáveis ​​pelo estabelecimento de regras e diretrizes para o uso da tecnologia genética, e esta é uma tarefa na qual os bioeticistas desempenham um papel importante. Na verdade, já … Continue lendo

CRISPR – A EDIÇÃO ENCONTRA A EPIGENÉTICA.

A partir do encontro entre a técnica de edição CRISPR e a epigenética – o estudo das modificações que afetam o funcionamento dos genes e não as letras que os compõem – vem a primeira demonstração de que é possível alterar as características físicas de um animal, corrigindo três doenças genéticas, sem alterar o DNA. … Continue lendo